Switch Mode
Participe do nosso grupo no Telegram https://t.me/+hWBjSu3JuOE2NDQx

Shadow Slave – Capítulo  1358

Correntes Bonitas

Traduzido usando o ChatGPT



Nada sobre a situação fazia sentido… Sunny e Nephis chegaram a um acordo provisório com o fato de que Cassie tinha substituído Crepúsculo de Fallen Grace, mas agora eles foram surpreendidos por mais uma revelação.

Sunny não sabia por que a garota cega estava acorrentada ainda, mas sua mente já estava em estado de prontidão para a batalha… apenas por precaução. Sem demonstrar emoções, ele lançou um breve olhar para os dois guardas surdos.

A espada e o cordão que eles empunhavam de repente pareciam muito mais sinistros. Se os guardas estavam lá para proteger a cidade de Cassie…

Então a espada estava lá para cortá-la, enquanto o cordão estava lá para estrangulá-la.

‘Quão fortes podem ser esses velhos Mestres?’

Sunny estava calculando mentalmente a maneira mais rápida de matar os guardas quando um pensamento repentino enviou um arrepio pela sua espinha.

Seu primeiro impulso tinha sido ditado pelo desejo profundamente enraizado de proteger Cassie… mas por que os guardas estavam lá, afinal?

Olhando para a bela mulher sentada no trono branco, usando algemas douradas, Sunny teve que se perguntar se deveria estar pensando em uma maneira de se proteger dela, em vez disso.

Ela suspirou.

“Vocês não precisam se preocupar. Eu não estou em perigo, nem represento perigo. É só que… bem, é uma longa história. Eu vou explicar. Mas primeiro…”

Levantando-se, Cassie sorriu e desceu do pódio.

“Deixe-me descer desse trono. É muito estranho olhar para vocês de cima.”

Ela se aproximou deles com passos leves. Sua figura delicada era acentuada pelo vibrante tecido vermelho do vestido arcaico, que contrastava fortemente com o mármore branco do grande salão. Seus movimentos eram rápidos e graciosos… antes que Sunny pudesse realmente decidir se deveria ficar em guarda ou não, Cassie já estava perto.

Ela ergueu as mãos acorrentadas…

E abraçou Nephis com força.

“Senti sua falta… sinto muita falta de vocês.”

Ela segurou Neph em um abraço por alguns momentos, então suspirou e a soltou. Um sorriso brilhante floresceu no rosto de Cassie. Virando-se para Sunny, ela hesitou um pouco e, em seguida, segurou gentilmente o braço dele com as duas mãos.

A corrente dourada tilintou silenciosamente.

“Estou tão feliz que você está aqui.”

Ele congelou e, em seguida, bateu desajeitadamente na mão dela.

‘O que, eu não ganho um abraço?’

Mas, por outro lado, esse não era o tipo de relacionamento que ele tinha com Cassie.

Que tipo de relacionamento eles tinham, afinal?

Sunny realmente não tinha certeza. Se ele tivesse que descrever com uma palavra, seria… complicado.

Ainda assim, ela parecia sinceramente feliz em vê-lo. Ele se sentia da mesma forma.

“Também estamos felizes em estar aqui. Mas… você se importaria de explicar o que está acontecendo? Começando com o motivo de você estar acorrentada, por favor.”

O sorriso de Cassie diminuiu um pouco. Ela hesitou por um momento, então assentiu e se virou.

“Claro. Mas não aqui… este salão é muito opressivo. Sigam-me.”

Depois de trocarem um olhar, Sunny e Nephis seguiram a garota cega para fora do grande salão e para as profundezas do templo branco. Os dois velhos guardas não pareciam preocupados com o fato de sua protegida estar se movendo livremente. Eles simplesmente caminhavam silenciosamente atrás deles, carregando a espada sinistra e o cordão de seda.

A presença era bastante sombria, mas Cassie parecia não se importar.

Juntos, os cinco entraram em uma grande escadaria, que os levou a uma menor. A garota cega estava navegando pelo interior labiríntico do templo com habilidade… o que não era tão surpreendente, considerando que ela deve ter passado um ano inteiro ali. Às vezes, ela tocava as paredes de mármore com a mão, mas na maioria das vezes ela simplesmente contava seus passos e se movia pela memória.

Eventualmente, eles subiram uma torre alta e emergiram em uma plataforma aberta. Havia um braseiro maciço em seu centro, com uma pira de chamas brancas subindo alto no céu carmesim… essa era a chama que eles tinham notado de longe, e que os guiou até Fallen Grace.

Cassie ficou parada em frente ao braseiro por alguns momentos, banhando-se em seu calor. Sua expressão ficou um pouco distante.

Depois de um tempo, ela disse baixinho:

“…Certo. Eu não preciso mais manter a chama.”

Virando-se com um sorriso, ela indicou uma pequena mesa que ficava perto da grade da plataforma.

“Por favor. Sentem-se. Vocês devem estar cansados depois de passar tanto tempo no Rio.”

A mesa estava cheia de frutas frescas, jarras de cristal com vinho e petiscos saborosos. Cassie não precisou pedir duas vezes, já que Sunny e Nephis estavam realmente cansados ​​após a longa jornada, com fome e com sede.

Logo, os três estavam sentados ao redor da mesa, desfrutando das iguarias.

Da altura da torre do templo, toda a Fallen Grace se revelava a eles, bem como a extensão ardente da água fluindo pintada em um milhão de tons de vermelho pelo crepúsculo.

Olhando para a visão surreal do rio vermelho interminável, Sunny não pôde deixar de notar o quão danificada e incompleta a cidade parecia. Era como se tivesse sido cortada ao meio, com muitas das ilhas-navios faltando ou ocupando uma posição na frota que claramente não era destinada a eles.

Dando um gole no vinho vermelho perfumado, Cassie suspirou e se virou para Fallen Grace também. Ela segurava o copo com as duas mãos, tendo cuidado para não deixar a corrente dourada atrapalhar.

Eventualmente, ela disse:

“…Eu entrei no Pesadelo há cerca de um ano. Foi muito desorientador, como vocês devem ter experimentado. Especialmente quando percebi que tinha assumido o lugar de Crepúsculo, a sibila de Fallen Grace. Crepúsculo… eu não sei quão poderosa ela era, exatamente, mas ela devia ser pelo menos uma Transcendente. Enquanto eu não sou.”

Sunny acenou sombriamente e acrescentou em voz baixa:

“A última sibila.”

A garota cega se virou para ele com um sorriso estranho e frágil.

“Sim. A última. Embora… eu não fosse assim no começo.”

Nephis franziu a testa, sentindo um tom sombrio na voz de Cassie.

“Não era assim? O que você quer dizer?”

Cassie permaneceu em silêncio por alguns momentos, seu rosto ficando sério. Então, ela disse:

“As sibilas eram oráculos uma vez. As revelações que recebiam vinham dos deuses. Mas então, os deuses ficaram em silêncio… e, uma após a outra, as sibilas se voltaram para outra fonte de conhecimento. O Estuário. Que revelações vocês acham que elas recebiam de lá?”


Considere fazer uma Doação e contribua para que o site permaneça ativo, acesse a Página de Doação.

Comentários

5 1 voto
Avalie!
Se Inscrever
Notificar de
guest
3 Comentários
Mais recente
Mais Antigo Mais votado
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Fã-Do-Kai
Membro
Fã-Do-Kai
1 dia atrás

A relação de Sunny e Cass é realmente complicado…
Bom, pelo menos sabemos que como uma boa mãe, Cássia tem sua filha favorita (Nephis), o outro é deixado como reserva (Sunless)

Wan
Visitante
Wan
8 dias atrás

A Cassie ainda vai aprontar outra com Sunny. Sei não viu, esse jeitinho dela 🤮

IfosD
Membro
Ifos
7 dias atrás
Resposta para  Wan

pprt

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar