Switch Mode
Participe do nosso grupo no Telegram https://t.me/+hWBjSu3JuOE2NDQx

Shadow Slave – Capítulo  159

Revelação

Traduzido usando o ChatGPT



Apesar de todas as suas desconfianças e inquietações, Sunny nunca esperou que essa caçada fosse mudar tudo. Ele estava apenas passando pelos movimentos, um pouco tenso por causa da escala dessa operação conjunta, mas também estranhamente tranquilizado pelo grande número de caçadores ao seu redor.

O grupo de caça incomum deixou a área externa do assentamento ao meio-dia, rumo ao leste, em direção à enorme ruína de um farol desmoronado situado na borda da cidade. Eram quase vinte deles reunidos, todos cuidadosamente atravessando o labirinto mortal de ruas estreitas, com Effie atuando como a principal batedora e Sunny ajudando-a ao explorar à frente.

O plano era o mais direto e simples possível. No entanto, nada era realmente seguro na Cidade Sombria. Todos estavam preparados para o pior.

E, em breve, seus medos se tornaram realidade.

A meio caminho do destino, um som repentino fez Effie parar no lugar. Levantando o punho para sinalizar a todos que parassem, ela espiou pela névoa, com uma expressão sombria e ameaçadora no rosto. Sentindo que algo ruim estava prestes a acontecer, Sunny ordenou que sua sombra retornasse e se aproximou de Cassie. Sua mão estava pronta para segurar a empunhadura do Fragmento da Meia-Noite no ar.

Por alguns instantes, tudo ficou em silêncio. Então, as pupilas de Effie subitamente se dilataram.

“Dispersar!”

Assim que a palavra saiu de sua boca, os experientes caçadores se lançaram em diferentes direções. Sunny agarrou Cassie e jogou-se para o lado, arrastando-a consigo.

Então, algo grande e pesado caiu do alto sobre os paralelepípedos onde os Adormecidos estavam apenas um segundo antes. Felizmente, a maioria deles já estava em outro lugar devido ao aviso oportuno de Effie.

No entanto, algumas pessoas reagiram um pouco tarde. Seus gritos se perderam no som horrível de carne rasgando.

Sunny praguejou.

Sua sombra ainda estava longe, deixando-o sem escolha a não ser lutar sem sua ajuda. Ele girou, invocando o Fragmento da Meia-Noite… e congelou por uma fração de segundo, todo o sangue fugindo de seu rosto.

Ali no meio da rua, uma criatura enorme e alada estava parada sobre os paralelepípedos rachados, seu corpo pálido e penas negras manchadas pelo sangue dos caçadores infortunados. Seu bico aterrorizante estava aberto, revelando fileiras de afiados dentes em forma de agulha.

Um Mensageiro do Pináculo!

Enquanto Sunny observava, momentaneamente paralisado pelo medo, uma longa língua vermelha saía da boca da criatura para lamber o sangue do seu rosto.

‘Mexa-se!’

Sacudindo a paralisia, Sunny segurou sua espada e se preparou para lutar por sua vida.

… A dele e a de Cassie.

Depois disso, tudo aconteceu incrivelmente rápido, mas também pareceu uma eternidade. Os caçadores tinham uma escolha simples a fazer: separar-se em grupos menores e recuar para as ruínas, arriscando encontrar algo igualmente ou ainda mais aterrorizante, ou manter o terreno e tentar afastar a Besta Caída. Sem precisar discutir, todos escolheram a segunda opção.

Não importava quão perigoso, um inimigo familiar sempre era melhor do que o desconhecido.

‘Desconhecido…’

Os caçadores sobreviventes atacaram a abominação com tudo o que tinham. Embora suas Memórias não tivessem chance de romper a pele da terrível criatura, cada golpe ainda a machucava. Aqueles que tinham Habilidades de Aspecto capazes de causar dano direto as usaram imediatamente, esperando ao menos desorientar a besta.

Claro, nenhuma Habilidade de um Adormecido poderia ferir uma Besta Caída. No entanto, se seu ataque fosse feroz o suficiente, o Mensageiro poderia recuar para procurar presas mais fáceis.

Se isso apenas deixasse a abominação mais zangada, no entanto, a maioria deles iria morrer. Mais do que qualquer coisa, tentar resistir a criaturas desse nível era nada mais que um jogo de azar.

Por vários segundos, não estava claro para que lado a situação iria virar. O Mensageiro facilmente ignorou a chuva de ataques e desferiu um golpe com seu bico, perfurando um dos caçadores apesar do físico poderoso e da pesada armadura do homem. Outro quase foi dilacerado pelas garras aterrorizantes, mas no último segundo, Caster conseguiu puxar o jovem para longe graças à sua incrível velocidade.

Sunny esperou na retaguarda, protegendo Cassie e rezando para que sua sombra voltasse a tempo de lhe dar uma chance de causar dano à maldita criatura.

… Mas, no final, foi Effie quem desferiu o golpe decisivo.

Invocando sua arma, ela saltou para frente. Sunny podia ver seus músculos esguios e poderosos se movendo como cordas de aço sob a pele oliva. Como se transformando numa mola, todo o seu corpo se tencionou e depois explodiu com impulso. Havia força suficiente em seu ataque para dividir uma montanha ao meio.

Milagrosamente, a ponta de sua arma conseguiu romper a pele pálida no peito do Mensageiro e esfaquear profundamente, fazendo um jato de sangue jorrar. A criatura gritou e atacou a caçadora com suas patas poderosas.

Um grande escudo redondo apareceu na mão esquerda de Effie. Cravando as solas de suas sandálias no chão, ela se inclinou para frente e recebeu o golpe aterrorizante. As pedras sob seus pés racharam, mas a caçadora continuou de pé.

Cuspindo um bocado de sangue, ela sorriu loucamente e torceu sua arma, causando mais dano e dor ao Mensageiro.

Parecia que a Besta Caída não esperava encontrar tanta resistência feroz de um bando de formigas, quanto mais ser realmente ferida por elas. Soltando outro grito, agitou suas asas para enviar os Adormecidos voando para trás, pegou os caçadores mortos e saltou no ar.

Logo, a abominação se transformou em um ponto escuro no céu. Tudo o que restou foram poças de sangue, pedras quebradas e os gemidos dos humanos feridos.

De alguma forma, eles haviam sobrevivido… bem, a maioria deles.

Effie se endireitou, dispensou seu escudo e olhou para baixo.

“Droga. Acho que meu braço está quebrado!”

Com sangue escorrendo pelo queixo, a caçadora riu e se apoiou em sua arma, visivelmente exausta.

Sunny queria parabenizá-la por aquele golpe incrível, mas então, algo chamou sua atenção.

De repente frio, ele encarou a arma de Effie. Ele nunca a tinha visto lutar antes, então esta foi a primeira vez que Sunny viu qual Memória a caçadora usava na batalha.

Era uma lança. Uma lança antiga e bela forjada em bronze.

Algo se encaixou em sua mente, diferentes pedaços de informação se conectando.

E então, tudo explodiu.

… Ou pelo menos parecia assim.

Porque Sunny finalmente entendeu o futuro.


Considere fazer uma Doação e contribua para que o site permaneça ativo, acesse a Página de Doação.

Comentários

4.8 14 votos
Avalie!
Se Inscrever
Notificar de
guest
4 Comentários
Mais recente
Mais Antigo Mais votado
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Roberto Follmann
Membro
Roberto Follmann
4 meses atrás

Ué uma besta caida não tem a mesma força que um monstro desperto?
O MC ea nephis não mataram um eito desses bixo? Tão nerfando os humanos agora?

Última edição 4 meses atrás por Roberto Follmann
Beiceta
Membro
Beiceta
3 meses atrás
Resposta para  Roberto Follmann

De forma geral a classificação é mais impactante do que a classe da criatura.
A classe (besta, montro, demônio, diabo, tirano, terror e titã) é definida pela quantidade de núcleos q o bixo tem. Basicamente isso define a capacidade de energia e tb a inteligência e influência da criatura.
Isso indica q quanto mais evoluído, mais inteligente ele é e q pode liderar criaturas menos poderosas.
Já a classificação/categoria/rank (adormecida, desperta, caída, corrompida, grande, amaldiçoada e profana) está vinculada ao nível e abrangência da habilidade q possui. E uma habilidade muito poderosa/roubada se sobrepõe até sobre a capacidade de energia ou intelectual da criatura.
É um equilíbrio estranho de comparar.
Mas no seu exemplo o demônio carapaça tem uma habilidade “menor” porém ele é inteligente. E a habilidade dele que era a carapaça de metal somada a sua inteligência e determinação dado a influência da árvore tornaram ele uma criatura mais perigosa do q essa besta caída. Talvez ela tenha uma habilidade mais poderosa porém dado não ser inteligente ela pode ser muito mais fácil de lidar.
É complexo msm nesse nível mediano. Mas fica evidente q em criaturas mais poderosas a classificação/rank é mais relevante do q a classe. Pois começam a aparecer habilidades absurdas.
Em tese, uma besta profana seria mais perigosa do q um titã adormecido. Mas isso nem existe pois não tem como as duas atribuições serem tão discrepantes pois não teria como uma coisa suportar a outra (uma besta nao teria energia e inteligencia para lidar com uma habilidade profana). É só um exemplo. Mas é complexo, qual é a habilidade da criatura impacta muito.

Última edição 3 meses atrás por Beiceta
Gu yue fang yan
Membro
Gu yue fang yan
1 mês atrás
Resposta para  Beiceta

Em partes, pq o próprio protagonista é um tipo de titã adormecido.

Última edição 1 mês atrás por Gu yue fang yan
Nonno
Membro
Nonno
8 meses atrás

obg pelo cap

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar