Switch Mode
Participe do nosso grupo no Telegram https://t.me/+hWBjSu3JuOE2NDQx

Shadow Slave – Capítulo  158

Invisível

Traduzido usando o ChatGPT



Após cerca de um mês morando no assentamento externo, Sunny acordou uma manhã com a sensação de não pertencer a lugar algum neste mundo. Esse sentimento familiar o perseguiu durante a maior parte de sua vida e havia retornado recentemente após ter desaparecido por algum tempo.

Com um suspiro, ele se levantou de sua estreita cama e invocou o Manto do Titereiro. A cabana de pedra já estava cheia de sons e vozes. O cheiro tentador do café da manhã enchia o ar.

Saindo de seu pequeno quarto, Sunny viu um grupo de ajudantes de Neph correndo de um lado para o outro, ocupados com várias tarefas. Alguns deles pararam para cumprimentá-lo, outros não. Ele não prestou atenção neles e saiu para lavar o rosto e olhar para o céu.

O céu cinza da Costa Esquecida parecia como sempre. Nada realmente mudava neste detestável inferno.

No caminho de volta, Sunny percebeu uma figura esquálida parada hesitante perto das portas da cabana. O jovem maltrapilho parecia muito familiar.

Recorrendo à sua memória, Sunny o identificou como o simpático, mas nervoso recepcionista do castelo. Suas roupas estavam muito menos limpas e arrumadas do que antes, e seu rosto havia ficado ainda mais magro.

O jovem claramente já tivera dias melhores.

‘O que ele está fazendo aqui?’

Chegando mais perto, Sunny chamou o jovem:

“Ah… Harper, certo? O que você está fazendo aqui?”

Harper estremeceu e então olhou para ele com olhos ansiosos:

“Ah… Sunless! É, uh… é tão bom te ver.”

Sunny encarou-o por um tempo e perguntou diretamente:

“Eles te expulsaram do castelo?”

O rosto de Harper caiu instantaneamente. Baixando o olhar, ele ficou em silêncio por alguns momentos e então disse baixinho:

“Eu não consegui mais pagar o tributo. Então… sim. Acho que sim.”

Então ele olhou para cima, hesitou e perguntou em voz fraca:

“Eu… Eu ouvi dizer que posso conseguir comida aqui?”

Sunny tentou dar-lhe um sorriso tranquilizador.

“Claro. Normalmente, distribuímos carne depois das caçadas. Mas se você estiver com fome agora, tenho certeza de que podemos fazer algo. Basta falar com… uh… uma garota de cabelo vermelho. Acho que ela está encarregada do café da manhã.”

Harper também sorriu, a fraca luz da esperança acendendo em seus olhos.

“Mesmo? Eles vão me dar uma refeição de graça?”

Sunny deu de ombros.

“Por que não? Temos comida suficiente agora. A maioria desses caras e garotas está sempre por aqui mesmo. Eles são como convidados que não vão em… ah, não importa. Eles ajudam por aqui, fazendo isso e aquilo, para expressar sua gratidão, eu acho. Se você se sentir culpado por comer de graça, peça a eles alguma tarefa. Pode não ser o Castelo Luminoso, mas você verá que a vida aqui também pode não ser tão ruim.”

Guiando o jovem magro para dentro, Sunny o direcionou para a cozinha e suspirou.

Até os moradores do castelo agora vinham à sua cabana. Se isso continuasse, ele teria que dividir seu quarto com algum estranho. Que piada.

Entrando no salão principal, ele percebeu Nephis e Caster perto da janela, discutindo a caçada que se aproximava. Naquela manhã, havia vários caçadores de outros grupos em volta deles. A coorte estava planejando uma grande caçada conjunta há algum tempo, e hoje era o dia.

‘Eles simplesmente… começaram sem mim?’

Escondendo seu descontentamento, Sunny se aproximou do grupo de caçadores e os cumprimentou. Caster sorriu para ele, enquanto Nephis apenas acenou com a cabeça. Os outros caçadores olharam para o recém-chegado e não lhe deram muita atenção.

‘Tolos. Se vocês soubessem quem está diante de vocês…’

Consolando-se com esses pensamentos infantis, Sunny ouviu a discussão. Um dos caçadores falava:

“…Ao sul do farol desmoronado é uma boa escolha, mas as criaturas Despertadas que vivem lá têm uma audição incrivelmente aguçada. Atacá-las em grande número não será fácil.”

No último mês, a cabana passou por uma transformação. Os remanescentes de móveis quebrados já haviam sido removidos e substituídos. Algumas das novas peças de mobília vieram das ruínas, outras foram feitas aqui mesmo pelos artesãos do assentamento externo. Havia peles de monstros e decorações penduradas nas paredes, dando ao espaço uma aparência limpa e apresentável.

Nos dias de hoje, a cabana parecia ser a sede de uma coorte de Despertados pequena, mas próspera. Havia até mesmo um grande mapa da Cidade Sombria em uma das paredes, com vários símbolos marcando todos os tipos de informações úteis.

Atualmente, o caçador apontava para um local específico no mapa:

“Este lugar aqui é muito mais promissor. Os Demônios de Sangue são conhecidos por habitar nessas áreas. Eles hibernam durante o dia, então se conseguirmos encontrar uma toca ou duas…”

Caster balançou a cabeça.

“A área que você está sugerindo fica muito próxima ao território daquelas estranhas estátuas vivas. Todos nós sabemos o quão formidáveis são essas criaturas bizarras. Ainda acho que ao sul do farol é melhor. Só precisamos pensar em uma maneira de enganar a audição dos monstros…”

De repente, encontrando algo em que pudesse ser útil, Sunny disse:

“Ah, eu tenho um sino que pode…”

No entanto, sua voz se perdeu no burburinho da conversa. Ninguém prestou atenção às suas palavras.

Constrangido, Sunny inspirou profundamente, esperou alguns segundos e falou novamente:

“Na verdade, podemos usar uma das minhas duas Memórias produtoras de som para…”

Mas bem naquele momento, Caster pareceu ter uma ideia brilhante. Todos o ouviram, dando as costas para Sunny. Era como se ele fosse completamente invisível.

‘Qual… qual é o maldito ponto disso?’

Sunny ficou ali por um minuto ou dois, sentindo-se constrangido, irritado e completamente estúpido. Então, simplesmente se virou e saiu.

Encontrando o caminho para o telhado da cabana, ele subiu no topo do segundo andar e sentou-se ali, observando solenemente o sol subir lentamente. Depois de um tempo, Sunny suspirou e fechou os olhos, deixando a sombra voltar para o prédio.

Como ele esperava, ninguém sequer notou sua ausência. Sem surpresa, ele enviou a sombra ao redor da cabana, observando todas as pessoas que estavam ocupadas fazendo os misteriosos planos de Neph acontecerem.

Todos pareciam cheios de energia, entusiasmo e um senso de pertencimento.

Por que ele era o único que não conseguia se encaixar?

Até aquele cara do castelo, Harper, já havia encontrado alguns amigos. No momento, ele estava ajudando a garota ruiva responsável pelo café da manhã a lavar a louça.

Sunny franziu a testa.

Algo… algo não estava certo com Harper. Ele não conseguia identificar o que era, mas o jovem magro parecia um pouco estranho, de alguma forma.

Esquecendo-se de seu mau humor, Sunny concentrou-se em observar o Adormecido tímido. Harper parecia fazer exatamente o que qualquer recém-chegado faria: ajudar as pessoas, aprender seus nomes e fazer perguntas sobre como as coisas funcionavam no grupo da Estrela da Mudança. Parecia que ele queria muito ficar na cabana e se tornar útil. O que era compreensível.

Mas algo estava errado.

As suspeitas de Sunny foram confirmadas quando, cerca de uma hora depois, Harper saiu da cabana e voltou para a favela. Com a sombra seguindo-o sorrateiramente por trás, o jovem magro garantiu que ninguém o visse e mergulhou rapidamente em um beco isolado. No fundo da escuridão daquele beco, um homem o esperava.

Sunny franziu a testa, reconhecendo um dos Guardas de alta patente do castelo.

‘Então é isso que está acontecendo.’

O Guarda, enquanto isso, encarou Harper e perguntou em um tom áspero e pouco amigável:

“Bem?”

Harper olhou para baixo, seu medo e ansiedade aparentes.

“Sim! Sim, ah, senhor. Eu fiz o que você me disse. Não foi muito difícil.”

O Guarda sorriu.

“Bom. Parece que você realmente quer voltar ao castelo.”

Harper olhou para cima, uma luz desesperada acendendo em seus olhos.

“Mesmo? Então… eu posso voltar? Mesmo que eu não tenha fragmentos para pagar o tributo?”

O sorriso desapareceu do rosto do Guarda.

“Você poderá retornar depois de reunir todas as informações que eu disse para você aprender. Se o fizer, eu mesmo o convidarei para entrar. Não precisa se preocupar com o tributo. Mas! Lembre-se: preciso saber tudo sobre os membros principais do grupo, incluindo a própria Santa Nephis. Seus Aspectos, suas Habilidades, seus Defeitos. Eu até quero saber com que mão eles se limpam. Entendeu?”

Harper empalideceu.

“Mas, senhor… coisas assim… não será fácil aprendê-las! Especialmente para um simples servo como eu.”

O Guarda franziu a testa.

“Você não disse que já conhecia dois membros do grupo? Foi por isso que te dei essa chance para começar. Você mentiu para mim, garoto?”

O jovem magro estremeceu.

“Não! Não, eu os conheço. Eu realmente falei com o batedor da Lady Estrela da Mudança. Ele… ele é um amigo meu.”

Um sorriso largo e ameaçador apareceu no rosto do Guarda.

“Então qual é o problema? Faça esse idiota falar. Ratos como ele te contarão tudo desde que você dê um pouco de atenção, acredite em mim. Estou disposto a apostar que esse parasita inútil está andando cheio de inveja e ilusões de grandeza. Finja respeitá-lo um pouco, e ele não vai conseguir calar a boca.”

‘Ai.’

Harper concordou, mas de repente hesitou. Depois de alguns momentos de silêncio, ele perguntou em voz tímida:

“Senhor… você não vai machucá-los, vai? Eles são… são boas pessoas.”

O Guarda encarou-o por um segundo ou dois e disse em um tom sombrio e zombeteiro:

“Por que você pergunta se já sabe a resposta?”

Ao ouvir essas palavras, Harper murchou. Seu rosto escureceu e ele baixou a cabeça, como se estivesse envergonhado de olhar diretamente.

…No entanto, ele não se opôs.

‘Aquele desgraçado! Espere só para ver…’

Sunny já planejava a surra que daria ao jovem covarde antes de expulsá-lo da cabana, mas naquele momento, uma voz o chamou.

Era Effie.

“Ei, bobão! Está dormindo? Desça, a caçada vai começar!”

Arrancado da perspectiva da sombra, Sunny lançou um olhar sombrio para a alta caçadora, chamou sua sombra de volta e suspirou.

‘Vou lidar com ele depois que voltarmos.’

…Mas quando ele retornou, Sunny não estava em condições de lidar com nada.


Considere fazer uma Doação e contribua para que o site permaneça ativo, acesse a Página de Doação.

Comentários

5 8 votos
Avalie!
Se Inscrever
Notificar de
guest
12 Comentários
Mais recente
Mais Antigo Mais votado
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Yasourtx
Visitante
Yasourtx
2 dias atrás

Lá quando o sunny entra naquele mundo interior dele diz que a figura da 2 pessoa humana que ele matou era esquelida e neste cap ele diz o mesmo para o harner. Gostei do cap principalmente quando o sunny vê que não é especial no grupo e não é reconhecido

Leitor
Visitante
Leitor
1 mês atrás

Ainda bem q nn dropei,pqp, nn falo mais mal dessa novel, perfeita, conectei com o mc demais veio slk

Gu yue fang yan
Membro
Gu yue fang yan
1 mês atrás
Resposta para  Leitor

Em partes…

GreyD
Membro
Grey
1 mês atrás

Ja sei oque vai rolar

IfosD
Membro
Ifos
1 mês atrás

que capitulo bom… eu consegui sentir exatamente o que o sunny sentiu. Todos que ja tiveram na pele dele vão entender como ele se sente e as atitudes que ele toma e personalidade que ele tem e a que finge ter quando ta com pessoas. Que personagem complexo e bom! Esses últimos caps foram um dos melhores que teve pra mim

GreyD
Membro
Grey
1 mês atrás
Resposta para  Ifos

Realmente

Gu yue fang yan
Membro
Gu yue fang yan
1 mês atrás
Resposta para  Ifos

Não sei aonde tu viu complexidade, pra mim parece normal, e devo dizer tbm q normalidade é a mesma coisa q mediocridade.

Última edição 1 mês atrás por Gu yue fang yan
Nonno
Membro
Nonno
8 meses atrás

Spoiler
ja da pra ver o q aconteceu com o harper kkk

obg pel ocap

Última edição 1 mês atrás por BanKai
CultivadorCelestial777D
Membro
CultivadorCelestial777
11 meses atrás

Se eu fosse o sunny, já teria vazado. Ser desprezado é horrível

suco de laranjaD
Membro
suco de laranja
11 meses atrás
Resposta para  CultivadorCelestial777

se sentir inferior é pessimo você acha que tudo o que você faz não tem sentido porque alguem fez melhor

Mon Was
Membro
Mon Was
9 meses atrás
Resposta para  CultivadorCelestial777

Eu também teria vazado, não vale mais a pena fazer parte desse grupo. E eu to achando que o Sunny vai matar o Harper, mas por não conseguir explicar o motivo vão atacar ele

Rauan
Membro
Rauan
9 meses atrás
Resposta para  Mon Was

Eu acho que o cara vai começar a perguntar muitas coisas pro sunny aí como o defeito dele e não mentir ele vai falar mais pra calar o cara ele o mata

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar