Switch Mode
Participe do nosso grupo no Telegram https://t.me/+hWBjSu3JuOE2NDQx

Shadow Slave – Capítulo  181

Regras de Hospitalidade

Traduzido usando o ChatGPT



Effie observou a catedral por algum tempo e então olhou para Sunny com dúvida.

“Eu sei com certeza que nada sai vivo daquele templo. Tem certeza de que é aqui que você mora?”

Com um sorriso despreocupado, Sunny deu de ombros. O fato de Effie saber sobre o perigo escondido dentro da igreja em ruínas não o surpreendeu. Mesmo estando situada fora de seu território habitual de caça, ela tinha um vasto conhecimento da Cidade Sombria, parte de sua própria exploração e parte da troca de informações com outros caçadores.

Morto de cansaço e ansiando por retornar ao silêncio pacífico de sua casa, ele não perdeu tempo e contou a ela sobre o Cavaleiro Negro que guardava a catedral.

A caçadora indisciplinada coçou a nuca.

“Então… tem um Diabo Caído aí dentro? Ele é o colega de quarto sobre o qual você falava?”

Sunny assentiu.

“O desgraçado patrulha incessantemente o térreo e mata qualquer coisa que passar pelas portas. No entanto, se entrarmos pelo telhado e ficarmos escondidos, podemos chegar ao meu quarto sem nenhum problema. Além disso, nada nos incomodará quando estivermos lá, porque o desgraçado nunca passa por aquele caminho e destrói tudo que tenta.”

Effie ficou em silêncio por um tempo e depois sorriu.

“Então, basicamente você tem um diabo como mordomo. Muito esperto…”

Sunny riu baixinho.

‘Seria isso um elogio?’

“…para um pateta como você.”

‘Ah, aí está.’

Quando subiram até o telhado, houve um pequeno problema. Sunny não levou em consideração que o buraco nas telhas que ele usava para entrar na catedral, embora fosse largo o suficiente para seu corpo pequeno, seria apertado demais para a alta e robusta caçadora passar. Olhando para a estreita abertura entre as enormes placas de mármore escuro, Effie lançou-lhe um olhar sombrio.

No entanto, antes que Sunny pudesse elaborar um plano alternativo, ela simplesmente se abaixou, pegou uma das placas incrivelmente pesadas e a moveu para o lado. As palavras morreram em seus lábios.

‘F—forte. Muito forte. Me pergunto quem é mais forte, ela ou a Santa de Pedra.’

Sinceramente, ele não tinha certeza.

Antes de prosseguir, Sunny instruiu Effie sobre como levariam ela para dentro da câmara escondida e observou a caçadora relutantemente dispensar sua armadura de bronze. Com apenas uma curta túnica branca cobrindo sua bela pele de tom oliva e sua figura abundante, ela parecia muito… uh… atraente. Por um momento, seu descontentamento por ter alguém invadindo a tranquilidade isolada de seu esconderijo evaporou.

…Mas apenas por um momento.

“Não tenha ideias estranhas. Sua armadura é um risco muito grande. Não podemos nos permitir fazer barulho, só isso.”

Effie sorriu.

“Ideias estranhas? Por que você está falando de ter ideias estranhas de repente, hein Sunny?”

Ele rangeu os dentes, virou-se para esconder seu rosto corado e rastejou pelo buraco entre as telhas.

‘Maldita mulher!’

Assim que pousaram na viga de sustentação da catedral, Sunny guiou as mãos de Effie para se apoiarem em seus ombros. Embora o sol ainda estivesse alto no céu, não havia luz solar ao redor deles. Apenas o chão do antigo templo abaixo deles estava banhado por ela.

Mas mesmo assim, grandes áreas do salão principal estavam mergulhadas em sombras profundas.

Só que não era realmente sombra. Era escuridão. Não aquela nascida da ausência de luz, mas a verdadeira escuridão, que nem mesmo a sua visão podia penetrar. Sunny não sabia se ela tinha sido invocada pelo Cavaleiro Negro ou simplesmente o obedecia, mas foi assim que o desgraçado conseguiu se aproximar dele sem ser percebido quando se conheceram pela primeira vez.

De qualquer forma, ele tinha que guiar Effie pelas vigas da catedral. Um passo em falso, e eles cairiam até a morte.

‘Que incômodo.’

Sentindo-se um pouco constrangido por causa da proximidade de seus corpos, Sunny suspirou silenciosamente e deu um passo à frente. Era difícil se concentrar…

‘Ideias estranhas… quem está tendo ideias estranhas? Não sou eu!’

Alguns minutos depois, eles chegaram à varanda escondida atrás da estátua da deusa desconhecida. Apesar de nada fora do comum ter acontecido, Sunny estava bastante tenso.

Algo lhe dizia que esta seria uma semana realmente longa.

Assim que entraram em sua câmara escondida, Sunny informou a Effie que ela estava livre para criar luz e falar. Sem perder tempo, a caçadora indisciplinada invocou uma Memória radiante e olhou em volta com curiosidade.

O belo e espaçoso quarto que antes pertencia à sacerdotisa deste antigo templo foi subitamente inundado por uma luz suave. As gravuras intrincadas nas paredes criavam uma atmosfera de santidade e elegância. Aqui e ali, havia várias peças de mobiliário, a maioria feita de uma opulenta madeira clara, com algumas peças desencontradas que Sunny havia recolhido das ruínas.

Effie assobiou.

“Tenho que admitir, Sunny. Você realmente sabe como viver com estilo. Quem diria?”

Ele sorriu.

“Inveja?”

Ela suspirou.

“O importante é que mesmo que Gunlaug nos rastreie até aqui, nenhum de seus capangas seria capaz de entrar. Então, estamos realmente seguros.”

Ligeiramente desapontado, Sunny deu de ombros.

“Bem, sinta-se em casa. Depois te mostrarei a saída dos fundos e outras coisas.”

Com isso, ele lançou olhares furtivos e tentou rapidamente esconder algumas coisas à vista para deixar sua casa mais apresentável. Se soubesse que haveria um hóspede aqui, teria arrumado um pouco a bagunça com antecedência.

Não que Effie prestasse muita atenção. Ela andava por aí com curiosidade, estudando as gravuras nas paredes e os móveis antigos.

…Mas então, de repente, Sunny ouviu uma risada alta vindo de trás.

Virando-se, viu Effie parada na frente do guarda-roupa escondido atrás de um painel de pedra. O guarda-roupa estava aberto, exibindo as roupas deixadas pela sacerdotisa.

A caçadora olhou para ele com um sorriso estranho.

‘Por que… por que ela está me encarando?’

“O quê?”

Effie balançou a cabeça.

“Não, nada. É só que… você sabe, Sunny, quando te vi pela primeira vez, pensei — olha esse garoto pequeno! Ele é como um brinquedo! Você só quer vesti-lo como uma boneca e brincar com ele…”

Sunny piscou algumas vezes e, em seguida, franziu a testa com raiva.

“Quem você está chamando de pequeno? Eu não sou pequeno… de jeito nenhum, sua vara de feijão!”

Não dando atenção a ele, a caçadora olhou para o guarda-roupa e riu novamente.

Depois, segurando o riso, ela disse:

“Quem diria que você gosta de… brincar de outro tipo de jogo de vestir, hein?”

Demorou alguns segundos para Sunny perceber o que ela estava insinuando. Quando entendeu, ficou vermelho de indignação.

A audácia! A petulância! Como ela ousa!

“Do que você está falando?! Essas roupas não são minhas! A sacerdotisa que morava aqui antes as deixou!”

Effie concordou algumas vezes.

“Claro, claro. Você só aconteceu de ter um guarda-roupa cheio de vestidos bonitos. Por acidente…”

“É a verdade! Eu nunca minto!”

Ela olhou para ele com um sorriso largo.

“Mas é claro! Deve ser a verdade. Eu realmente acredito em você. Definitivamente.”

Sunny olhou para ela com a boca bem aberta, sem saber o que dizer.

Enquanto isso, Effie olhou em volta e bateu os cílios inocentemente.

“Mas, Sunny… temos outro problema.”

Rangendo os dentes de irritação, ele retrucou:

“Qual é?!”

Ela demorou alguns momentos e depois disse, provocando:

“Só tem uma cama. Ah, que dilema! O que devemos fazer?”

Sunny encarou-a por um longo tempo e, em seguida, cuspiu:

“Fique com a maldita cama! Eu vou dormir no chão!”

Com isso, ele se virou e tentou respirar fundo.

‘Por que eu concordei com isso?! Mulheres… malditas mulheres… elas são o verdadeiro terror!’

…De fato, esta seria uma semana muito longa.


Considere fazer uma Doação e contribua para que o site permaneça ativo, acesse a Página de Doação.

Comentários

4.9 15 votos
Avalie!
Se Inscrever
Notificar de
guest
9 Comentários
Mais recente
Mais Antigo Mais votado
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Likolt
Membro
Likolt
7 dias atrás

Dicord mode: on

treshart
Membro
treshart
1 mês atrás

sunny incel

ArielD
Membro
Ariel
3 meses atrás

Medo de mulheres

Beiceta
Membro
Beiceta
3 meses atrás

Passa o piru nela Sunny! Vcs aí, jovens e saudáveis nesse fim de mundo.
Seria como um anão comendo uma panicat. Oq não seria inédito.

ᴍᴇᴜ ᴏᴠᴏD
Membro
ᴍᴇᴜ ᴏᴠᴏ
6 meses atrás

Sonic red pilado?

Saefel
Membro
Saefel
7 meses atrás

Misoginia mode: On

Nonno
Membro
Nonno
8 meses atrás

obg pelo cap

Frost
Visitante
Frost
8 meses atrás

Uma máquina

Mon Was
Membro
Mon Was
9 meses atrás

Sunny misógino kkkk

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar