Switch Mode
Participe do nosso grupo no Telegram https://t.me/+hWBjSu3JuOE2NDQx

Shadow Slave – Capítulo  195

Batalha Rolante

Traduzido usando o ChatGPT



Assim que o grupo foi cercado de todos os lados, Sunny, Cassie e Kai tiveram que se juntar à batalha de verdade.

Sunny não estava muito preocupado com a garota cega e o arqueiro porque eles eram protegidos tanto pela Santa de Pedra quanto pela Dançarina Silenciosa.

Sua Sombra era possivelmente o pior inimigo que os esqueletos sedentos de sangue poderiam enfrentar. Movendo-se com a precisão fria de uma máquina de batalha sem emoções, ela usava tanto sua espada quanto seu escudo para desviar e destruir qualquer inimigo que ousasse se aproximar deles pelos lados. A dança graciosa e devastadora que ela realizava era um verdadeiro espetáculo a ser visto.

A Dançarina Silenciosa ziguezagueava pelo ar, apoiando a Sombra e cobrindo qualquer brecha deixada na barreira de aço criada por ela. Se algo passasse pelas duas, Kai estava lá, usando a lâmina curva de sua falcata para esmagar os monstros mortos-vivos, quase como se os abatesse com um machado.

Ele estava de mãos dadas com Cassie, guiando a garota cega pelo labirinto escuro das catacumbas. No entanto, parecia que sua capacidade de se orientar no espaço havia melhorado consideravelmente nos últimos três meses, talvez devido à conexão que ela compartilhava com a espada voadora. Agora ela conseguia se mover rapidamente sem usar seu cajado de madeira como apoio, pelo menos.

Olhando para os dois, Sunny ficou um tanto melancólico. Tanto Kai quanto Cassie eram pessoas incrivelmente bonitas. De mãos dadas e cercados apenas por escuridão e monstros, com o jovem encantador segurando uma elegante espada, pareciam uma imagem da capa de um livro. Eles pareciam perfeitos juntos.

Sunny, por outro lado…

Bem, pelo menos ele tinha sua sombra para lhe fazer companhia. E a Pedra Comum…

No entanto, ele não teve muito tempo para se entregar à autopiedade. Porque seu papel era o segundo mais importante nessa furiosa batalha em movimento: segurar a retaguarda do grupo sozinho.

‘Deixe-me mostrar do que sou capaz…’

À medida que mais e mais esqueletos se levantavam do chão e atacavam o grupo por trás, Sunny teve que se esforçar de verdade.

No começo, ele só tinha que lutar contra um monstro morto-vivo de cada vez. Apesar de sua tremenda velocidade e força, as criaturas esqueléticas não eram tão difíceis de derrotar. Eles pareciam quase sem mente, sempre atacando da maneira mais direta possível. Claro, uma pessoa menos preparada teria sido destroçada por essas feras ferozes há muito tempo…

Mas Sunny não era mais o mesmo garoto fraco e inexperiente que havia sido sete meses atrás. Os angustiantes desafios da Costa Esquecida, bem como sua vontade obstinada e determinação sombria, também o transformaram em uma criatura temível.

Na verdade, em termos de pura ferocidade, os esqueletos não eram páreo para ele.

Envolvendo o Fragmento da Meia-Noite na sombra para cortar os ossos resistentes dos monstros mortos-vivos com mais facilidade, Sunny empregou cada pedaço de habilidade em batalha que aprendeu com seu treinamento com a Santa de Pedra para destruir seus inimigos.

Mesclando perfeitamente os movimentos firmes e inabaláveis que havia aprendido com a taciturna criatura de pedra ao estilo fluido ensinado por Nephis, ele rapidamente acabava com um esqueleto após o outro. Sua lâmina cortava, desferia golpes e atravessava monstro após monstro, enviando ossos quebrados voando e se espalhando pelo chão.

É claro que manter esse estado sem ficar para trás do grupo não era fácil. Sunny nunca havia praticado lutar enquanto fugia, especialmente não enquanto se movia para trás. No entanto, lembrando-se das palavras de Effie, ele sabia que ser separado do grupo e cercado significava morte e, assim, tomava cuidado para nunca se afastar muito de seus companheiros.

No começo, a situação era, se não fácil, pelo menos dentro do escopo de sua capacidade. Sunny até pensou que esta era uma excelente oportunidade para colocar em prática tudo o que havia aprendido na semana passada. Apesar de esta batalha ser completamente diferente da forma como ele havia caçado monstros antes, ele estava indo bem.

Nas ruas da Cidade Sombria, ele caçava à noite, sempre atacando o inimigo das sombras e visando terminar a luta com um único golpe. A iniciativa estava do seu lado e, assim, era ele quem ditava o ritmo do combate.

No entanto, agora, as coisas estavam completamente invertidas. Sunny era o alvo dos ataques, com inimigos surgindo repentinamente da escuridão e investindo contra ele. Na defensiva, ele tinha que reagir aos ataques inimigos em vez de ser aquele que atacava.

E ainda assim, ele estava lidando com isso. Ele havia antecipado que uma situação como essa inevitavelmente aconteceria e colocou flexibilidade suficiente em sua técnica para suportar qualquer tipo de perigo. Ele realmente estava colocando suas lições em prática, consolidando-as em seus músculos e ossos. Afinal, assim como Nephis havia dito, mil horas de treinamento não eram tão impactantes quanto uma luta real.

…Mas então, lentamente, as coisas começaram a mudar.

Depois de eliminar impiedosamente um punhado de abominações mortas-vivas, de repente, duas atacaram-no ao mesmo tempo. Sunny praguejou e desviou-se para o lado, evitando por pouco ter sua cabeça esmagada por um dos esqueletos. Sua espada bloqueou o golpe violento do outro, e, sendo empurrado alguns passos para trás pela força do impacto, ele lutou para manter o equilíbrio.

Não permitindo que os monstros continuassem seu ataque sem obstáculos, Sunny avançou e girou seu corpo. Chutando uma criatura no peito, usou-a para impulsionar-se em direção à outra e colocar todo aquele peso em um golpe devastador para baixo.

O esqueleto se desmanchou em um monte de ossos quebrados, e a borda do Fragmento da Meia-Noite raspou contra as pedras, fazendo faíscas voarem pelo ar. Sabendo que seu ímpeto era muito forte para parar agora, Sunny, em vez disso, foi com ele, rolou sobre o ombro e se levantou a tempo de enfrentar o ataque do monstro restante cara a cara.

Sua espada cortou um arco afiado, decepando ambos os braços do esqueleto. Sunny instantaneamente desviou da criatura morta-viva e desferiu um golpe horizontal baixo, quebrando suas pernas.

Certificando-se de que o monstro não se levantaria tão cedo ao perfurar seu crânio com a ponta do Fragmento da Meia-Noite, ele se apressou para alcançar o grupo.

Olhando brevemente para o resto de seus companheiros, ele se certificou de que eles ainda não estavam mortos e rapidamente se virou, pronto para enfrentar o próximo monstro.

Então, seu coração pulou uma batida.

‘Maldição!’

Três esqueletos avançavam em sua direção, com sorrisos ameaçadores congelados em seus rostos sem pele.


Considere fazer uma Doação e contribua para que o site permaneça ativo, acesse a Página de Doação.

Comentários

4.9 17 votos
Avalie!
Se Inscrever
Notificar de
guest
4 Comentários
Mais recente
Mais Antigo Mais votado
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
BL1ND4DOD
Membro
BL1ND4DO
1 mês atrás

Realmente, o sunny é solitário onde ele vai, espero q apareça alguém que realmente se importa com ele.

SandyD
Membro
Sandy
2 meses atrás

Parece que ngm liga pra existência do mc, isso já tá me deixando puto já

danilo
Membro
danilo
5 meses atrás

n teve um cap que eu nao senti pena do MC pqp

Nonno
Membro
Nonno
8 meses atrás

obg pel ocap

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar