Switch Mode
Participe do nosso grupo no Telegram https://t.me/+hWBjSu3JuOE2NDQx

Shadow Slave – Capítulo  35

Uma Sombra, Uma Estrela e Um Oráculo

Traduzido usando o ChatGPT



Céu cinza acima, lama preta abaixo, um mar infinito de vermelho no meio. Nesse cenário onírico, duas belas garotas caminhavam pelo labirinto.

Uma delas era delicada e frágil, com cabelos loiros e olhos sem rumo azul-celeste. Ela vestia uma túnica simples, com sandálias de couro nos pés e uma capa da cor das ondas do mar sobre os ombros.

A outra era alta e ágil. Ela tinha cabelos sedosos prateados e olhos cinzas claros. Suas roupas reveladoras eram cruamente feitas de algas marinhas pretas, deixando sua pele clara e forma atlética exposta. Ela estava calma, alerta e descalça.

Uma corda dourada conectava as duas garotas.

‘Uau. Que visão…’ Sunny pensou.

Ele repentinamente lamentou não ser um artista. A imagem implorava para ser transformada em uma pintura.

‘Espera… por que estou pensando nisso? Pessoas! Eu encontrei pessoas!’

Seu coração saltou um pouco. Se Nephis e Cassia estavam ali, então a luz laranja anterior, muito provavelmente, tinha algo a ver com elas. O que significava que elas sabiam como chegar à colina alta.

O que significava que Sunny não precisava ser esmagado até a morte pela maré alta!

‘Uh… então o que eu faço agora?’

Ele não era o melhor em se tornar agradável com outras pessoas. Na verdade, ele era o oposto polar — as pessoas normalmente o evitavam instintivamente. E isso em circunstâncias normais. Desta vez, no entanto, ele havia passado um total de quatro semanas garantindo que todos na Academia o odiassem…

‘Bom trabalho, Sunny!’

Ainda assim, ele era pelo menos útil. Nesta situação, um corpo adicional já era uma grande ajuda ao enfrentar monstros famintos. E ele não era apenas qualquer um: sua habilidade de explorar sozinho à frente valia muito. Certamente eles entenderiam isso… certo?

Com um suspiro pesado, Sunny entrou nas sombras e se apressou até a clareira. Ele a alcançou em um minuto ou algo assim, se escondendo e observando as duas garotas antes de tomar uma decisão final.

Ajudando-se com o bastão de madeira, a cega Cassia se aproximou lentamente do meio da clareira e estendeu a mão, encontrando Nephis e tocando seu ombro.

“Por que você parou?”

Nephis apoiou a garota cega e olhou para o céu.

“Está ficando tarde.”

Uma pausa desconfortável pairou entre as duas garotas. Depois de algum tempo, Cassia perguntou:

“Então você acha que devemos voltar?”

Nephis piscou e limpou a garganta.

“Sim.”

Sunny ficou um pouco divertido com a troca delas.

‘O que ela é, do tipo forte e silencioso?’

Então ele voltou para seu dilema e fez uma careta.

‘Como eu abordo elas? Droga, por que isso é tão difícil! Não é como se eu estivesse tentando chamá-las para sair. Quero dizer, uma delas… as duas? No que eu estou pensando?! Apenas vá e diga oi!’

Mas então, se ele aparecesse repentinamente das sombras…nada parecido com um espião… qual seria a probabilidade deles ficarem assustados e o atacarem antes de perceberem que ele não é um monstro?

Espera, por que eles fariam isso? Ah, dane-se!

Decidindo pela abordagem mais segura, Sunny ordenou que sua sombra abandonasse seu esconderijo e se movimentasse para um lugar onde Nephis pudesse vê-la claramente. Ele podia sentir claramente a sombra revirando os olhos enquanto obedecia à ordem.

Assim que a sombra começou a se mover, Nephis rapidamente moveu a mão para o lado. Imediatamente, uma longa espada apareceu em sua mão, cortando o ar enquanto assumia uma posição defensiva. Antes mesmo da sombra dar dois passos para fora de seu esconderijo, ela já havia sido perfurada pelos olhos cinzentos de Estrela da Mudança.

A sombra congelou. Parecia um pouco assustada.

Cassia deu um passo para trás.

“Neph? O que é isso?”

Nephis não respondeu imediatamente, observando cuidadosamente a sombra. Então ela simplesmente disse:

“Há uma sombra.”

O rosto de boneca de Cassia empalideceu.

“Uma sombra? Necrófagos?”

A garota alta inclinou um pouco a cabeça.

“Não. É a sombra de um humano.”

Isso claramente não era o que Cassia esperava ouvir. Com uma expressão de surpresa, ela perguntou:

“A sombra de um humano? O que… o que ela está fazendo?”

Nephis hesitou. Depois de um tempo, ela respondeu em um tom plano:

“…Ela está acenando para nós.”


Depois de um minuto inteiro de silêncio, Cassia finalmente encontrou as palavras para reagir.

“O quê?”

“Eu disse: ela está acenando…”

“Sim, eu sei! Quer dizer… por que ela está fazendo isso?”

Nephis abriu a boca, mas depois a fechou novamente.

“Eu não sei. Talvez seja uma distração para nos atrair para uma armadilha.”

Neste ponto, Sunny decidiu que era hora de falar. Ele inspirou profundamente, e então disse em um tom amigável:

“Na verdade, eu só enviei a sombra à frente para ter certeza de que vocês não vão me esfaquear com essa espada antes de perceberem que sou humano.”

Imediatamente, Nephis virou a cabeça, apontando exatamente onde Sunny estava se escondendo em uma mancha de sombras. Sua espada mudou ligeiramente de posição, mirando na nova ameaça.

“Se você é humano, por que está se escondendo nas sombras como um espião?”

‘Meu Deus! Eu não sou um espião!’

Sunny engasgou. Mas seu Defeito era impiedoso: ele precisava dar uma resposta, e uma verdadeira.

“Quero dizer, você é a Estrela da Mudança Nephis. Para ser sincero, estou um pouco com medo.”

Nephis não respondeu. Devido ao seu rosto difícil de ler, era quase impossível determinar se ela acreditava nele ou não. No entanto, ele incluiu seu Nome Verdadeiro em sua resposta por uma razão: se ele fosse algum monstro fingindo ser humano, não saberia.

Felizmente, Cassia era mais expressiva.

“Você é o garoto que sentou comigo na cafeteria?”

Sunny sorriu. Enquanto isso, Nephis olhou para a garota cega.

“Você o conhece?”

Cassia assentiu.

“Eu reconheço sua voz. Seu nome é Sunless. Ele estava em penúltimo lugar no ranking, logo acima de mim.”

A garota alta franziu a testa, como se tentasse lembrar. Então ela perguntou:

“O pervertido?”

O sorriso desapareceu do rosto de Sunny, substituído por exasperação.

‘Ah, vamos lá!’

Cassia hesitou e não respondeu.

“Ei! Eu não sou realmente um pervertido, sabe! Eu só… hã… disse algumas coisas. Para algumas garotas. Foi tudo um mal-entendido.”

Nephis ficou em silêncio por alguns segundos e, finalmente, dispensou sua espada.

“Ok. Você pode sair.”

Sunny saiu mancando das sombras, invocando sua própria espada. Ela fluiu até seus pés e se reanexou, visivelmente tremendo. O bastardo estava rindo dele…

Parando a alguns metros de distância de Nephis, ele levantou as mãos, mostrando que não tinha a intenção de prejudicar as garotas. Estrela da Mudança o olhou inquisitivamente.

“O que aconteceu com você?”

Ela se referia a sua manqueira, contusões e aparência amassada. Sunny suspirou.

“Carniceiro Carapaça.”

Nephis levantou uma sobrancelha:

“Você conseguiu escapar vivo?”

‘Claro que sim!’

Sunny endireitou subconscientemente as costas.

“Eu não escapei. Eu o matei.”

Para provar seu ponto, ele fez um gesto com sua mochila, cheia de carne deliciosa de monstro. Nephis o olhou novamente, reavaliando sua opinião sobre ele. Agora, havia indícios de aprovação em seus olhos.

Carniceiro Carapaça eram apenas bestas, mas ainda assim estavam despertas. Com a adição de sua poderosa constituição física e armadura natural, derrotá-los não era uma tarefa fácil para nenhum Adormecido, que todos tinham um núcleo adormecido. Quanto mais alguém que estava na parte inferior da lista de classificação.

Pensando bem, era até um pouco excepcional demais.

Sunny baixou os olhos.

“Eh… ele já estava ferido.”

Nephis deu de ombros.

“Um morto é um morto. Você fez bem.”

Depois disso, ela ficou em silêncio, como se não planejasse dizer mais nada. Sunny também não sabia o que dizer. Felizmente, Cassia veio em seu socorro.

“Você está seriamente ferido?”

Ele balançou a cabeça.

“Não, é só que minhas costelas e perna estão machucadas – eu ficarei bem em um dia ou dois. Minha armadura é bastante resistente.”

Ele não estava preocupado que elas pudessem ser tentadas a matá-lo para obter o Manto do Titereiro. Isso porque as Memórias eram destruídas no momento da morte de seu dono. Então, elas só poderiam ser transferidas voluntariamente por uma pessoa viva.

Bem, sempre havia a tortura e a chantagem. Mas ele duvidava que qualquer uma das duas belas garotas se rebaixasse a isso.

Sunny limpou a garganta.

“Antes de tropeçar no Carniceiro Carapaça, eu estava indo para a colina alta com o enorme pilar de coral no topo. Mas depois da luta, minha velocidade diminuiu. Agora estou preocupado em não chegar a tempo. Você talvez saiba o caminho?”

Cassia sorriu.

“Na verdade, passamos os últimos dias naquela colina. Estávamos prestes a voltar.”

Nephis não disse nada, olhando para o céu.

Sunny lambeu os lábios.

“Bem… posso ir com vocês?”

‘Elas não vão dizer ‘não’… certo?’

A garota cega virou a cabeça para sua companheira, uma pergunta clara escrita em seu rosto.

“Neph?”

Nephis baixou os olhos, olhando para Sunny. Depois de um tempo, ela disse:

“Não…”

‘O que?!…’

“…tem problema.”

Não tem problema.

‘Qual é o problema com você, princesa?! Você não pode falar mais rápido?!’

Sentindo seu coração batendo loucamente em seu peito, Sunny sorriu.

“Bem. Tudo bem…”


Considere fazer uma Doação e contribua para que o site permaneça ativo, acesse a Página de Doação.

Comentários

4.9 10 votos
Avalie!
Se Inscrever
Notificar de
guest
4 Comentários
Mais recente
Mais Antigo Mais votado
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
LokinD
Membro
Lokin
1 mês atrás

meteu um fake kkkkkkkk

Roberto alstenyo (Leitor_supremo)
Membro
Roberto alstenyo (Leitor_supremo)
2 meses atrás

Vai si fude mano

Sunny
Membro
Sunny
3 meses atrás

Kkkkk muito bom

danilo
Membro
danilo
5 meses atrás

kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar