Switch Mode
Participe do nosso grupo no Telegram https://t.me/+hWBjSu3JuOE2NDQx

Shadow Slave – Capítulo  439

Faça ou Morra

Atenção: Este conteúdo foi traduzido automaticamente por meio de Inteligência Artificial (I.A.). Embora a qualidade da tradução possa ser superior às traduções automáticas padrões, ainda é possível que haja falhas ou imprecisões na tradução. Por favor, tenha isso em mente ao ler este conteúdo.



Sunny encarou a escuridão com expressão incrédula e deu de ombros:

“Certo. Tanto faz. Prazer em conhecê-lo… Sua Alteza. Meu nome é Sunless, a propósito. Infelizmente, sem título.”

Silenciosamente, porém, ele pensou:

“…O jovem príncipe que o Dreamspawn levou embora?”

Sem suspeitar de suas desconfianças, Mordret hesitou e perguntou educadamente:

“Sunless? Que nome incomum.”

Sunny fez uma careta.

“Sim. Minha mãe tinha… pensando bem, esquece isso! Você vai me contar sobre a chama divina ou não?”

O Príncipe do Nada ficou em silêncio por um tempo e depois disse:

“Não há muito a dizer. O calor dessas chamas é absolutamente mortal. A menos que você tenha alguma maneira de voar, está em apuros. O que, suponho, você não tem… caso contrário, não estaria nessa situação, certo?”

“Bem… não dá para discutir com uma lógica sólida, suponho!”

Sunny suspirou.

“…Eu posso controlar a direção da queda, mas sim, não tenho um verdadeiro voo.”

Ele hesitou e acrescentou relutantemente:

“Pelo que vale, minha Habilidade do Aspecto me permite ficar incorpóreo e também teleportar curtas distâncias.”

Ele realmente não queria compartilhar os detalhes de seus poderes com o misterioso príncipe, mas atualmente não havia outra escolha. Mordret obviamente sabia mais sobre o Céu Abaixo do que Sunny, então seu conselho era vital.

O príncipe perdido pensou por alguns momentos e depois disse:

“Ficar incorpóreo ajudará contra ser cozido pelo calor, mas não o salvará da chama divina em si. No entanto, nem tudo está perdido. Mesmo que você não possa voar, você tem alguma mobilidade. Com um pouco de sorte, talvez consiga desviar das conflagrações.”

Sunny olhou para a escuridão com expressão ressentida.

“Isso eu já descobri por conta própria. Me diga algo que eu não saiba, gênio.”

O vazio riu.

“Tudo bem. Mas só porque você pediu gentilmente…”

Então, desapareceu.

O rosto de Sunny contraiu.

“Merda! Ele sumiu de novo!”

Mas um segundo depois, a voz de Mordret ressoou de repente na escuridão:

“Não, não. Ainda há tempo. Eu estava apenas pensando…”

Ele ficou em silêncio por alguns momentos e depois disse hesitante:

“Na verdade, há um caminho através da chama divina. Uma fenda vazia na tapeçaria das estrelas onde nada dela permanece. Se você encontrá-la, talvez consiga sobreviver.”

Embora fosse difícil controlar suas emoções nos últimos dias, Sunny tentava ao máximo reprimir a raiva deslocada e acalmar-se. Quando ele falou, sua voz soou quase calma:

“Por que você não me disse antes? Quão longe estou dessa fenda, então?”

Mordret suspirou.

“Como eu saberia? Não é como se eu soubesse exatamente onde você está. Além disso, eu nunca consegui encontrar a fenda por mim mesmo. O Céu Abaixo é vasto e mortal, afinal…”

‘…Então, ele também estava explorando esse abismo. Por quê? O que está lá fora, além das estrelas falsas?’

Sunny inclinou a cabeça e perguntou cautelosamente:

“Se você nunca encontrou, como sabe que está lá?”

O vazio permaneceu em silêncio por algum tempo. Depois de um tempo, quando Mordret falou novamente, sua voz soou distante e fraca:

“O Rompimento… deve estar em algum lugar perto do Rompimento. Eu acho…”

Com isso, Sunny sentiu que estava novamente sozinho na escuridão. Dessa vez, o misterioso príncipe havia realmente desaparecido.

Ele ficou imóvel por um tempo, olhando para o nada infinito do Céu Abaixo.

“Perto do Rompimento…”

A Corda do Destino também apontava para o Rompimento. Para algum lugar muito próximo ao seu centro. Se a fenda no campo aniquilador das chamas divinas tivesse alguma relação com o fio dourado, então Sunny tinha uma chance muito melhor de encontrar o caminho através das estrelas impiedosas do que Mordret jamais teve.

…Ele já tinha quase encontrado, na verdade.

Olhando para baixo, Sunny suspirou e fechou os olhos novamente, voltando à rotina interminável de circular a essência das sombras por seu corpo.


Dia após dia passava.

Quanto mais Sunny se aproximava das estrelas obliteradoras, mais calmo ele ficava. Agora que o perigo mortal estava se aproximando, sua mente não tinha tempo nem motivo para se destruir lentamente. A absoluta ausência de tudo que o vazio havia atacado, também, era muito menos vazia agora.

Não só estava cheia de ameaças, mas também de calor e luz.

E sombras…

Sunny havia dispensado os elementos de couro do Manto do Titereiro e desfez as amarras de sua vestimenta superior. Despido até a cintura, ele meditava na escuridão, a Serpente da Alma enrolada ao redor de seu corpo pálido e esguio.

Devido à dieta árdua de comer apenas a carne venenosa de um demônio morto, ele praticamente não tinha mais gordura. Sua pele parecia um pouco febril e estava esticada sobre seus músculos magros, criando uma visão esplêndida, porém um pouco perturbadora.

Seu braço quebrado já estava quase curado, então ele removeu a tala e passava algum tempo todos os dias fazendo exercícios simples para recuperar sua força anterior. No entanto, ele precisava ter cautela para não forçá-lo demais muito cedo.

O plano de como sobreviver ao campo de estrelas estava se formando lentamente em sua mente. Era certo que seria uma aposta de qualquer maneira, mas Sunny não iria desistir sem fazer tudo o que pudesse para sobreviver.

…Sua confiança foi um pouco reforçada pelo fato de que ele havia descoberto, muito provavelmente, a fenda sobre a qual Mordret lhe falara.

Seguindo a direção do Fio de Destino dourado que praticamente havia sido gravado em sua mente, Sunny estudou um aglomerado específico de estrelas durante uma semana inteira antes de finalmente notar algo que parecia ser uma pequena abertura, quase imperceptível, no vasto tecido de incontáveis luzes cintilantes.

Confiando em seu julgamento, ele convocou a Asa Sombria e a usou para empurrar o baú do tesouro na direção daquele aglomerado em particular. Felizmente, ele não estava muito longe dele… provavelmente porque desde o início de sua queda ele tinha como objetivo seguir o fio dourado.

À medida que mais alguns dias passavam e as estrelas cresciam ainda mais, Sunny ficava mais ou menos certo de que a pequena abertura estava realmente lá. Ela também havia crescido um pouco.

No entanto, o que ele não tinha certeza era de sua capacidade de alcançar a fenda sem ser incinerado pelo calor aniquilador da chama divina.

O campo de falsas estrelas era vasto, e a fenda era minúscula em comparação. Com a velocidade com que ele estava caindo, seria fácil demais passar direto por ela.

Mas que escolha ele tinha?

“Vencer ou morrer…”

Bem… quando as coisas já foram diferentes?


Considere fazer uma Doação e contribua para que o site permaneça ativo, acesse a Página de Doação.

Comentários

5 14 votos
Avalie!
Se Inscrever
Notificar de
guest
8 Comentários
Mais recente
Mais Antigo Mais votado
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
RotoghtD
Membro
Rotoght
5 meses atrás

Que enrolaçãooooo

Deus do caos
Visitante
Deus do caos
3 meses atrás
Resposta para  Rotoght

Pula ent porra e para de reclamar

SandyD
Membro
Sandy
2 meses atrás
Resposta para  Rotoght

Esse tipo de gente nunca vai conseguir aproveitar uma leitura, já ele é um primata sem interpretação que não entende que se as coisas acontecerem muito rápido a obra vai ficar rushada e a gente não iria conseguir se conectar com os sentimentos dos personagens, já que o autor não iria ter tempo pra desenvolver isso.☝️

Resumindo, ele é um cabaço do que caralho que provavelmente tá dizendo que tá enrolando mto pq pra ele obra boa é as que tem luta o tempo inteiro.🫵🤣

Yago
Membro
Yago
26 dias atrás
Resposta para  Sandy

Ele é do tipo fã boy de dragon ball, não tem história concreta, foca muito em luta e gritaria o tempo todo com poder tirado do além sem motivo. (Respeito ao Akira Toryama, mas os fã boy não).

Jao
Visitante
Jao
1 dia atrás
Resposta para  Yago

Entao nunca assistiu Dragon ball,Dragon tem história simples,mas muito boa,só o super que é só luta(no anime,no manga é bem melhor) a história do clássico,z é muito boa,se vc diz isso é pq nunca assistiu Dragon Ball direito

IfosD
Membro
Ifos
1 mês atrás
Resposta para  Rotoght

meu mano, pula então ou para de ler 440 capítulos e nn entendeu ainda o ritmo da obra? Eu tenho certeza que vai ter muito mais desses momentos ainda pra frente, e mesmo que eu nn goste de todos eles eu ainda sei que é necessário

GreyD
Membro
Grey
1 mês atrás
Resposta para  Ifos

Exatamente ifos

Nonno
Membro
Nonno
8 meses atrás

obg pelo cap

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar