Switch Mode
Participe do nosso grupo no Telegram https://t.me/+hWBjSu3JuOE2NDQx

Shadow Slave – Capítulo  51

Centurião Carapaça

Traduzido usando o ChatGPT



Os monstros possuíam alguma inteligência rudimentar, no entanto, não podiam ser comparados aos humanos. Em essência, eles ainda eram predadores que agiam principalmente por instinto. Sua astúcia era de natureza bestial e não era difícil de superar. Isso deu aos três Adormecidos a chance de aproveitar sua vantagem.

Depois de finalizar o plano, eles fizeram alguns preparativos.

Enquanto Estrela da Mudança se preparava, Sunny havia recuperado os fragmentos de alma dos oito carniceiros mortos. Depois de entregá-los à garota de cabelos prateados, ele observou enquanto ela os levava ao peito e os esmagava em seu punho um após o outro, absorvendo a essência de cada fragmento em seu núcleo de alma. Após alguns minutos, quando as mudanças causadas pela absorção terminaram, Nephis abriu os olhos e inalou lentamente.

Para um Adormecido, consumir os fragmentos de oito bestas despertas era equivalente a matar dezesseis criaturas dormentes. Embora não fosse enorme, ainda era um aumento significativo na habilidade física. Seu corpo havia se tornado mais forte, mais rápido, aprimorado em todos os aspectos.

Eles precisariam de cada pedaço dessa força para sobreviver.

Por causa de quão sintonizada Nephis estava com sua fisicalidade, acostumar-se com seus novos limites não demorou muito. Muito em breve, ela olhou para ele e perguntou:

“Você está pronto?”

Sunny suspirou e olhou para a sombra, esperando obter algum apoio moral.

A sombra fingiu não perceber e o ignorou.

‘Bastardo desleal!’

“Tão pronto quanto sempre estarei.”

Nephis assentiu e se virou para Cassie.

Não havia realmente o que dizer. Eles já haviam discutido tudo o que havia para discutir, e palavras vazias não poderiam fazer a garota cega se preocupar menos. Pensando bem, Sunny não gostaria de trocar de lugar com ela, mesmo que entre os três, ela fosse a única que não precisava arriscar a vida em combate.

Enfrentar o inimigo, por mais aterrorizante que fosse, era melhor do que esperar impotente pelo resultado, sabendo que não havia nada que você pudesse fazer para mudá-lo. Desse ponto de vista, ele era realmente o sortudo.

Cassie tentou parecer corajosa. Ela se virou para Nephis e forçou um sorriso:

“Vá e mate essa coisa. Talvez você finalmente consiga algo decente para vestir e pare de me fazer sentir tão culpada.”

Um canto do lábio de Estrela da Mudança se curvou.

“Tudo bem.”

Depois disso, ela se virou para Sunny e voltou ao seu habitual estado sério.

“Vamos lá.”

… Alguns minutos depois, ele estava em cima da crista rochosa, olhando para baixo, para o monstro mortal. A sombra estava envolta em seu corpo, aumentando as habilidades físicas de Sunny. O plano deles era bastante sólido e tinha uma alta chance de funcionar.

No entanto, ele ainda não conseguia se livrar da sensação sinistra de que isso não acabaria bem.

‘Eu não gosto disso.’

Com um suspiro, Sunny levantou a mão e convocou o sino prateado.

Então, ele o agitou levemente, fazendo o som melódico claro ecoar em meio à tempestade.


Imediatamente, o monstro abaixo se mexeu, girando seu enorme tronco e procurando a fonte do ruído repentino. Ao ver Sunny, uma chama carmesim enlouquecida se acendeu em seus olhos.

No entanto, Sunny não viu nada disso, porque já estava de costas. Assim que o sino tocou, ele se virou e pulou da crista sem um segundo de hesitação.

A crista não era muito alta, mas ainda havia uma distância considerável até o chão. Sunny bateu nas pedras com força e rolou, tentando dispersar a força do impacto. Assim que se levantou, correu, tentando se afastar o máximo possível.

Um momento depois, a crista explodiu atrás dele. O monstro simplesmente se chocou com seu corpo volumoso, rompendo as camadas de rochas como se fossem papel. Simultaneamente, houve um clarão de relâmpago e um trovão, afogando o estrondo dos escombros caindo.

A criatura se concentrou em Sunny em retirada e avançou, tentando perfurar seu corpo com uma de suas foices. Estilhaços de rocha fluíam como um torrente de sua carapaça espinhosa.

Felizmente, Sunny já estava longe o suficiente. Sem diminuir a velocidade, ele abaixou o corpo, correu por mais alguns metros e depois virou-se.

A imagem do monstro, com mais de três metros de altura, avançando em sua direção como um trem em alta velocidade, era o suficiente para fazer qualquer pessoa hesitar. No entanto, Sunny manteve-se firme, erguendo a Lâmina Azure acima da cabeça.

Afinal, ele era a isca.

A meio dúzia de metros de distância dele, o monstro finalmente alcançou sua armadilha.

Quase imperceptível na escuridão e na chuva torrencial, a corda dourada estava esticada entre dois pedregulhos maciços na altura das juntas das pernas da criatura. Mais cedo, Sunny havia abaixado seu corpo para correr por baixo dela.

Dominado pela sede de sangue, o monstro não percebeu a corda tensa e correu até ela em alta velocidade. Se fosse uma corda normal, sem dúvida, se romperia imediatamente. No entanto, a corda dourada era uma Memória e ser incrivelmente resistente era um de seus atributos.

As rochas às quais estava amarrada, infelizmente, eram bastante comuns. Elas se despedaçaram quase imediatamente.

Mas o estrago já estava feito.

Com suas pernas dianteiras repentinamente puxadas para trás, o ceifador de foices perdeu o equilíbrio e caiu de cara no chão, deslizando sobre a pedra molhada e deixando atrás de si uma vala rasa. Sunny saltou para longe.

O monstro não se abalou. Quase que imediatamente, duas foices de osso perfuraram o chão, parando seu corpo maciço bruscamente. No momento seguinte, surpreendentemente ágil e rápido para seu tamanho, já começava a se levantar.

Se fosse permitido que ele se levantasse, seus destinos estariam selados.

Felizmente, o Eco de Sunny foi mais rápido.

No momento em que o monstro caiu, ele parou de fingir ser um dos carniceiros mortos, levantou-se e correu em direção ao monstro. Logo quando o inimigo estava prestes a se levantar, pulou sobre sua carapaça por trás, prendendo a criatura com seu peso, e travou suas pinças nos braços da criatura logo abaixo do ponto onde as foices de osso começavam.

Apesar de o Eco ter sido ferido pelos espinhos que cresciam da carapaça do monstro, conseguiu imobilizá-lo, pelo menos por um segundo.

Um segundo foi o suficiente.

Como se vinda do nada, Nephis, que estava escondida em emboscada, apareceu na frente do monstro. Avançando entre suas foices aterrorizantes, ela se inclinou para frente e desferiu um golpe devastador com sua espada longa, colocando todo o seu peso por trás dele.

Eles não sabiam se o monstro desperto tinha o mesmo ponto fraco em suas costas que seus parentes menores, os carniceiros, tinham. No entanto, não havia razão para supor que não houvesse uma brecha entre sua carapaça e a armadura do tronco. Era uma questão mecânica.

Qualquer coisa que precisasse ser flexível não poderia ser muito rígida.

A ponta da espada da Estrela da Mudança mergulhou na estreita brecha. Então, a espada desapareceu no corpo do monstro, penetrando tão profundamente que o cabo acabou roçando contra a quitina.

‘Isso aí!’ Sunny pensou, triunfante.

No entanto, no segundo seguinte, sua expressão se escureceu.

Porque a criatura nem parecia ter notado a ferida que deveria ser, se não fatal, pelo menos altamente debilitante. Forçando um pouco o corpo, ela se retorceu de repente, jogando o Eco para fora de sua carapaça, e se levantou. As foices de osso raspavam contra a rocha enquanto as puxava do chão.

Desprotegida, Nephis estava bem na frente dele, sua espada ainda presa na carne do monstro.

‘Ah, não!’

Sunny estava longe demais para fazer algo, dando a volta na criatura massiva para atacá-la por trás. O Eco estava no chão, ainda se recuperando de ser jogado das costas do inimigo. Não parecia que poderia ajudar também.

No momento, Estrela da Mudança estava por conta própria.

As foices cortaram o ar, mirando sua carne. No último momento, porém, um par de pinças travou uma delas em um aperto de ferro. Isso deu a Nephis mais uma fração de segundo para reagir.

Soltando a espada, ela mergulhou sob o corpo da criatura, se escondendo no ponto cego do alcance do ataque da outra foice. Quanto a esconderijos, este não era o ideal, já que tudo o que o monstro tinha que fazer para esmagá-la era deitar-se. No entanto, naquele momento, Nephis não tinha outra escolha.

‘Isso é ruim, muito ruim…’

Até então, Sunny já estava atrás da criatura. Esperando ganhar algum tempo para Nephis, ele brandiu a Lâmina Azure e golpeou para baixo. A espada atingiu a junta de uma das pernas traseiras do monstro, fazendo jorrar sangue azulado. No entanto, ao contrário do que aconteceu na batalha contra um carniceiro, ele não conseguiu cortar completamente o membro. Era muito resistente e espesso.

No momento seguinte, a perna desapareceu do campo de visão de Sunny.

‘Droga.’

Enquanto esse pensamento surgia em sua mente, Sunny levantou a cabeça e olhou para o monstro. De alguma forma, ele já havia se virado e estava agora encarando-o, com duas chamas carmesim ardendo com sede de sangue em seus olhos.

Antes que Sunny pudesse reagir adequadamente, a ponta afiada de uma foice de osso o atingiu no peito com a força de um aríete. A única coisa que ele conseguiu fazer foi transferir a sombra de seu corpo para o Manto do Titereiro.

Por causa dessa decisão rápida como um raio, a armadura resistiu. Ele não foi perfurado no coração e empalado na foice.

No entanto, foi um pequeno consolo.

A força do golpe ainda foi suficiente para fazer sua caixa torácica ceder e enviar seu corpo voando pelo ar como um boneco de pano.

… De alguma forma, Sunny se viu deitado no chão. Seu corpo parecia estranho e ele não conseguia respirar. Algo amargo escorria de sua boca, fazendo-o engasgar.

Era sangue. Ele estava se afogando no próprio sangue.

Fraco, Sunny tentou se mover, mas seus membros não o obedeciam. Apenas a sombra obedecia, envolvendo seu corpo e adiando o inevitável por um pouco.

‘Estou ferido…’

Com seus pensamentos ficando cada vez mais lentos, como se estivessem submersos em um nevoeiro denso, ele olhou para cima, esperando ver as estrelas.

Em vez disso, ele viu dois olhos carmesins ardentes se aproximando dele da escuridão.


Considere fazer uma Doação e contribua para que o site permaneça ativo, acesse a Página de Doação.

Comentários

4.9 14 votos
Avalie!
Se Inscrever
Notificar de
guest
7 Comentários
Mais recente
Mais Antigo Mais votado
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Shiba WhiteD
Membro
Shiba White
23 dias atrás

Luta tensa

GreyD
Membro
Grey
1 mês atrás

Eita e agora????

IfosD
Membro
Ifos
1 mês atrás
Resposta para  Grey

agora é reza e fé meu amigo, só assim pra eles sobreviverem

Ell Picasso
Membro
Ell Picasso
3 dias atrás
Resposta para  Ifos

Que nada, tem mais de mil cap, eles sobrevivem, não sei se todos mas o prota sim

Perseus
Visitante
Perseus
2 meses atrás

Nah, i’d win

Sunny
Membro
Sunny
3 meses atrás

Nah uh 🤫🧏

Nonno
Membro
Nonno
7 meses atrás

krl.. pior q monstro desperto é um dos mais fracos nessa area kkk

obg pelo cap

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar