Switch Mode
Participe do nosso grupo no Telegram https://t.me/+hWBjSu3JuOE2NDQx

Shadow Slave – Capítulo  50

Armadilha Mortal

Traduzido usando o ChatGPT



O Carniceiro Carapaça estava morto. No entanto, não foi a lâmina de Sunny que o matou.

Enquanto circulava o alvo, ele estava focado em passar despercebido e não alertar o inimigo de sua presença antes de alcançar a posição ideal para um ataque. Depois disso, ele só viu as costas do monstro.

Foi por isso que ele não percebeu a terrível ferida que ia do topo do torso da criatura até suas pernas segmentadas, obscurecida pela chuva.

A carapaça inquebrável foi aberta como uma lata de alumínio. A carne e os órgãos dilacerados do Carniceiro Carapaça podiam ser facilmente vistos através da grande abertura, exsudando sangue azul. Ele escorria para ser levado pela tempestade.

Sunny engoliu em seco.

Ele poderia ter se sentido constrangido por realizar uma emboscada perfeita em um monstro há muito morto se não fosse pelo medo do que quer que o tivesse matado em primeiro lugar.

Olhando em volta, ele hesitou e fez a Lâmina Azure voltar, e então se envolveu na sombra.

A pequena ilha estava silenciosa, exceto pelo uivo do vento. A chuva ainda caía, formando um véu constante que escondia todos os detalhes e objetos distantes. Um raro clarão de relâmpago às vezes inundava este mundo sombrio com uma brancura nítida. Em seguida, viria um trovão, fazendo os céus tremerem.

Com um frio pavor se instalando profundamente em seus ossos, Sunny cautelosamente se aproximou do próximo Carniceiro Carapaça. Ele pôde dizer à distância que também estava morto, mas precisava se aproximar e ter certeza. De fato, ele estava certo: a criatura estava quase partida ao meio pelo agressor desconhecido. Suas entranhas molhadas estavam no chão em uma pilha bagunçada.

A escuridão há muito deixara de ser reconfortante, tornando-se aterrorizante e opressiva. Sunny estremeceu.

…Até o momento em que ele verificou todos os oito monstros e confirmou que todos estavam mortos, ele estava enjoado e apavorado. Quando Sunny percebeu pela primeira vez que as formas negras eram, de fato, Carniceiros de Carapaças, ele pensou que a situação era tão ruim quanto poderia ser. Agora, ele não tinha mais certeza.

Na verdade, ele estava bastante convencido de que as coisas passaram de ruins a piores.

Parado perto do último Carniceiro Carapaça, Sunny observava os arredores e pensava em voltar para Neph e Cassie. Talvez o terrível assassino já tivesse deixado a ilha. Eles poderiam apenas se esconder e esperar pelo melhor. Pelo menos, ele não estaria sozinho.

No entanto, não saber que tipo de perigo estava escondido na escuridão o deixaria louco muito antes de chegar a manhã. Além disso, com seu atributo Destinado, “esperar o melhor” era uma tarefa inútil.

Foi por isso que, embora seu corpo estivesse coberto de suor frio, Sunny cerrou os dentes e caminhou lentamente em direção à crista que obscurecia o resto da ilha para ele. Chegando perto, ele começou a escalar, tentando ser o mais silencioso possível.

A crista não era muito alta, então ele conseguiu escalar sem muito esforço. Mantendo-se próximo às rochas, ele levantou a cabeça e olhou para baixo.

Então, ele imediatamente quis soltar e cair no chão.

Logo abaixo dele, a poucos metros de distância, uma silhueta escura se destacava contra as rochas. Era muito maior que os Carniceiros de Carapaças, com espinhos irregulares crescendo de sua carapaça grossa. Sua quitina era preta e carmesim, como uma armadura antiga respingada de sangue fresco. Em vez de pinças, duas aterrorizantes foice de osso sobressaíam das articulações de seus braços.

Cada uma era longa e afiada o suficiente para dividir um Carniceiro Carapaça em dois.

Sunny congelou, com medo de se mover. Ele até parou de respirar.

‘Então esse é o assassino.’

Era um daqueles monstros que eles tinham visto recuperando os fragmentos de alma transcendente do cadáver do tubarão gigante, ou outro de sua espécie. Ele se lembrou de como as duas criaturas haviam cortado a horda de Carniceiros de Carapaças, matando ou jogando de lado qualquer besta que ficasse em seu caminho. Matar apenas sete deles não seria um problema para algo tão mortal.

Sem falar em se livrar de três Adormecidos.

Com cuidado para não fazer barulho, Sunny desceu lentamente. Seu corpo todo tremia. Movendo seus braços e pernas com extrema precisão, ele começou a descer da crista, rezando para não ser ouvido, sentido ou percebido de alguma outra maneira.

Felizmente, o monstro continuou alheio à sua presença.

Ao chegar ao chão, Sunny deu alguns passos para trás, ainda de frente para a crista. Ele teve que se obrigar a virar. Sentindo como se suas costas estivessem sendo perfuradas por agulhas invisíveis, o jovem se moveu furtivamente na direção em que havia deixado seus companheiros.

Alguns minutos depois, ele voltou para Nephis e Cassie. As garotas estavam tensas e nervosas, esperando seu retorno na escuridão. Antes de sair das sombras, Sunny avisou que estava se aproximando.

“Sou eu.”

Nephis se mexeu, abaixando um pouco a espada. Seu rosto estava um pouco sombrio.

“Qual é a situação?” ela disse, cuidando para manter a voz baixa.

Sunny exalou lentamente, finalmente se sentindo um pouco mais seguro. Pela primeira vez, ele estava genuinamente feliz por não estar sozinho neste lugar amaldiçoado.

“Há oito Carniceiros de Carapaças ao nosso redor. Mas todos estão mortos. O assassino é um daqueles monstros grandes que vimos, a coisa com o padrão carmesim na carapaça e foices em vez de pinças. Está se escondendo da tempestade sob uma crista de pedra não muito longe daqui.”

Um raio iluminou tudo ao redor. Em sua sequência, parecia que duas faíscas brancas se acenderam nos olhos da Estrela da Mudança. Logo, o reflexo desapareceu, deixando-os cinza e inescrutáveis novamente.

Ela inclinou a cabeça e sussurrou, como se falasse consigo mesma.

“Um monstro desperto.”

Sunny lambeu os lábios.

“Sim. Então, o que devemos fazer?”

Nephis pensou por um momento, apoiando-se em sua espada. Então, ela olhou para ele e disse:

“Matá-lo.”


Sunny encarou-a, sem palavras. Finalmente, ele se recompôs e disse a primeira coisa que veio à sua mente…

“Você está louca?”

A ideia de lutar contra aquilo era bastante ridícula, se não completamente insana. Percebendo que suas palavras podem ter soado um pouco rudes, ele pigarreou e acrescentou:

“Quer dizer… você pensou bem nisso? Como vamos matar essa monstruosidade?”

Nephis inalou lentamente.

“Não é uma questão de pensar bem nas coisas. Simplesmente não temos escolha.”

Ela olhou para Cassie, que estava ouvindo-os com o rosto pálido, e explicou:

“Não podemos sair dos penhascos antes do amanhecer, e o monstro também não pode. No entanto, assim que o sol nascer, ele nos verá facilmente e atacará. Então, nossa única vantagem — o elemento surpresa — se perderá. Se temos que lutar com ele de qualquer maneira, é melhor sermos nós a iniciar a luta.”

Estrela da Mudança olhou em volta e acrescentou:

“Ainda não está completamente escuro. Embora mal, eu ainda posso ver. Quando a noite chegar, isso não será mais possível. Então, teremos que atacá-lo primeiro e fazê-lo em breve.”

Sunny balançou a cabeça.

“Isso ainda não explica como vamos matá-lo. Aquela coisa acabou com oito Carniceiros de Carapaças como se não fosse nada. Não somos oponentes à altura. Não conhecemos nem as suas fraquezas!”

Nephis franziu a testa. Depois de uma breve pausa, ela disse:

“É apenas um monstro desperto.”

Sunny não pôde deixar de encará-la com descrença.

“Como assim, ‘apenas’ um monstro desperto? Você se esqueceu de que todos nós três somos apenas Adormecidos?! Humanos adormecidos não deveriam ser capazes de lidar com bestas despertas, muito menos monstros. O fato de podermos matar Carniceiros de Carapaças de forma confiável já é anormal!”

Ela olhou de volta para ele, imperturbável, e simplesmente respondeu:

“Mas nós somos anormais.”

Sunny ficou ali com a boca aberta, sem saber o que dizer.

Nephis suspirou.

“Você e eu não somos exatamente Adormecidos comuns. Não somos? Não tente negar isso. Alguém comum simplesmente não teria sobrevivido neste lugar.”

Ele franziu a testa, não satisfeito com o raciocínio dela. Enquanto isso, Estrela da Mudança continuou:

“Você, eu, mais a besta desperta que você tem como Eco, mais a vantagem de um ataque surpresa. Não estou dizendo que será fácil. Podemos morrer. Mas há uma boa chance de não morrermos.”

Ela olhou para baixo, para a lâmina prateada de sua espada, e acrescentou depois de alguns segundos:

“De qualquer forma. Como eu já disse, não temos escolha.”

Sunny rangeu os dentes, tentando encontrar uma réplica lógica. No entanto, o raciocínio dela parecia incontestável. Ele apenas tinha um péssimo pressentimento sobre lutar contra aquele monstro.

No silêncio que se seguiu, Cassie, que estava quieta todo esse tempo, de repente falou:

“Você está esquecendo a principal vantagem que temos sobre essa coisa.”

Ambos olharam para ela, surpresos.

A menina cega virou-se para encará-los e levantou levemente a cabeça.

“Nós somos inteligentes e o monstro não é.”

Suas palavras ecoaram na escuridão. Sunny suspirou.

Parecia que a luta com o monstro da foice óssea era inevitável.


Algum tempo depois, ele estava parado na escuridão, olhando para a criatura aterrorizante à sua frente. Sua expressão era sombria e séria. Segurando firmemente a Lâmina Azure, Sunny inalou lentamente.

O pressentimento sinistro que ele tinha antes ainda estava lá, agora mais forte do que nunca.

‘Eu não gosto disso.’

Com esse pensamento, ele exalou e levantou a mão.


Considere fazer uma Doação e contribua para que o site permaneça ativo, acesse a Página de Doação.

Comentários

4.9 13 votos
Avalie!
Se Inscrever
Notificar de
guest
15 Comentários
Mais recente
Mais Antigo Mais votado
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Manhwa
Visitante
Manhwa
28 dias atrás

Mano o sunny do começo enfrentou um tirando, agora não quer enfrentar o monstro?

MiracleInvoker
Membro
MiracleInvoker
26 dias atrás
Resposta para  Manhwa

Ele n enfrentou em nenhum momento, apenas fugiu, e fugiu bem mesmo em

Última edição 26 dias atrás por MiracleInvoker
Fang yuan
Membro
Fang yuan
26 dias atrás
Resposta para  Manhwa

Ss, ele enfrentou um bixo q é 3 ranks acima desse q ele vai enfrentar, seguindo a lógica hierarquia: desde Bestas sem mente até Monstros, seguidos por Demônios, Diabos, Tiranos, Terrores e, finalmente, Titãs míticos. É só impressão minha ou o escala de poder tá uma bagunça, não fazia mais sentido eles enfrentarem um titã mistico adormecido antes de uma besta desperta?

deus das imagensD
Membro
deus das imagens
7 dias atrás
Resposta para  Manhwa

🍷🗿
ele só fugiu e mesmo fugindo ele quase morreu :/

(e qm matou o tirano n foi ele, e sim o deus das sombras)

IfosD
Membro
Ifos
1 mês atrás

vai dar ruim, anota o que eu digo

LokinD
Membro
Lokin
1 mês atrás

ele ta ficando mas burro ou n sabe lidar em grupo? mas n faz sentido lidou com um tirano com 3 nego mas com 2 mina o mano fica mas irracional

GreyD
Membro
Grey
1 mês atrás
Resposta para  Lokin

Eu acho que ele não sabe líder em grupo que ia fazer sentido porq essas duas são a primeira vez que ele conversa verdadeiramente e trabalha em grupo

IfosD
Membro
Ifos
1 mês atrás
Resposta para  Lokin

meio que ele lidou com eles ”sozinho” ele nn tava tentando trabalhar em grupo

Manhwa
Visitante
Manhwa
28 dias atrás
Resposta para  Lokin

Exatamente

Humano
Membro
Humano
3 meses atrás

Duvido nada aquela coisa q espetou o sunny quando tava descendo um pedregulho é o outro caranguejo

Chani Atreides
Membro
Chani Atreides
3 meses atrás

Meio bobão esse prota não?

Humano
Membro
Humano
3 meses atrás
Resposta para  Chani Atreides

Acho q isso é pela fobiasocial tlg, ai ele fica bobão, ele muda completamente de personalidade quando tá sozinho

Sunny
Membro
Sunny
3 meses atrás

Meu pai…

Caetovisk
Visitante
Caetovisk
4 meses atrás

Ele poderia usar a furtividade das sombras pra tentar estudar o bicho. Ver se ele tem os mesmos pontos fracos q a versão menos forte dele etc

RotoghtD
Membro
Rotoght
4 meses atrás

Olha isso, o cara não consegue pensar. A mina diz o óbvio e ele faz.

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar