Switch Mode
Participe do nosso grupo no Telegram https://t.me/+hWBjSu3JuOE2NDQx

Shadow Slave – Capítulo  63

Senhor das Cinzas

Traduzido usando o ChatGPT



Movendo-se através da areia cinzenta e montes de folhas caídas, um monstro gigante estava descendo a colina.

Sunny engoliu em seco, seu rosto tornando-se sombrio.

A criatura era do tamanho de uma casa, com suas oito pernas segmentadas parecendo altos pilares. Sua forma era semelhante à dos carniceiros e centuriões, composta por uma carapaça de caranguejo e um tronco saliente, um tanto humanoide. No entanto, era aí que as semelhanças entre eles terminavam.

Em vez de quitina, a carapaça do gigante parecia ser feita de metal polido e lustroso. Era como se todo o seu corpo tivesse sido submerso em um cadinho de aço derretido, emergindo dele envolto em uma armadura brilhante impenetrável.

Feixes de luz solar refletiam da superfície cromada da carapaça, criando o brilho intenso que Sunny havia notado. Massivo, mas estranhamente elegante, o monstro de aço lembrava um cavaleiro gigante. Sunny estava pronto para jurar que tinha notado as formas de sete estrelas esculpidas em seu peito.

No entanto, aquele cavaleiro era corrompido e maligno. Ele irradiava uma aura sinistra, como um demônio invocado do inferno para semear morte e carnificina. A armadura polida da criatura estava coberta com longos espinhos irregulares. Seu tronco humanoide tinha quatro braços poderosos, dois terminando com pinças potentes, os outros dois – com foices afiadas e aterrorizantes.

A cabeça do demônio era mais pronunciada do que a de um carniceiro e coroada com vários chifres altos e afiados. Seu rosto metálico era quase humano, mas ao mesmo tempo repulsivamente monstruoso e bestial. Apenas olhar para ele fazia a pele de Sunny se arrepiar.

‘Essa coisa… é assustadora.’

Seja lá o que fosse aquela criatura, sua patente dentro da legião carapaça era claramente mais alta do que a de um centurião, sem falar de um humilde carniceiro. Era o próximo passo em sua evolução. Um general ou comandante, talvez. Como eram chamados… legados? Pretorianos?

Prendendo a respiração, Sunny observou enquanto o Demônio Carapaça descia do Túmulo Cinzento. Parando diante do estilhaço de alma transcendente, olhou brevemente para o centurião ajoelhado.

O mortal monstro desperto encolheu-se sob o olhar dele, como se estivesse aterrorizado com a maior Criatura do Pesadelo. Sunny sabia como se sentia, já que fez o mesmo quando os olhos do gigante passaram rapidamente pelo esconderijo de sua sombra.

Sem dar atenção ao centurião, o Demônio Carapaça pegou o cristal cintilante e virou-se. Então, calmamente retornou à sombra dos galhos da gigantesca árvore.

Sunny exalou lentamente.

“Sunny? O que está acontecendo?”

Ele olhou para Cassie, cujo rosto estava cheio de preocupação e curiosidade. Depois de hesitar por um momento, ele disse:

“Há uma nova ameaça. Fique em silêncio um pouco mais, eu vou explicar depois.”

De volta aos pés da colina alta, o centurião carapaça finalmente estava pronto para se levantar novamente. Sunny estava em um dilema. Ele tinha que seguir o monstro para ter certeza de que não tropeçaria em seu esconderijo a caminho de volta ao labirinto.

No entanto, ele também estava extremamente curioso para ver o que o Demônio Carapaça estava fazendo em seu covil no topo do Túmulo Cinzento.

Não havia tempo para pensar direito.

Tomando uma decisão precipitada, Sunny enviou sua sombra deslizando sobre a areia cinza. Ela evitou habilmente os olhos do centurião carapaça e já estava escalando a colina alta alguns segundos depois.

‘Uma olhada. Só vou dar uma olhada.’

Escondida na sombra profunda lançada pela coroa escarlate da majestosa árvore, a sombra deslizou pela encosta e se aproximou do lugar onde o Demônio Carapaça havia desaparecido de sua vista.

No topo da colina, o chão estava coberto de folhas caídas. O Túmulo Cinzento era realmente maior do que qualquer outra característica natural alta que haviam encontrado antes, vasto e espaçoso como uma verdadeira ilha. No entanto, os rastros deixados pelas pernas em forma de pilar da criatura massiva podiam ser facilmente vistos.

Eles levaram a sombra ao centro da ilha, onde o tronco enorme da árvore de obsidiana se erguia do chão, com suas largas raízes se estendendo em todas as direções.

O Demônio Carapaça estava de pé sob a árvore, olhando para seus galhos mais baixos. O estilhaço transcendente ainda estava preso em sua pinça.

‘O que ele está olhando?’

Sunny fez a sombra seguir o olhar da criatura e notou várias frutas redondas e apetitosas penduradas entre as folhas escarlates. Uma delas parecia especialmente madura.

De repente, o demônio soltou o estilhaço de alma na areia e, esquecendo-se completamente dele, ergueu seu corpo. Estendeu uma pinça para cima e agarrou delicadamente a fruta, puxando-a.

Sem nenhuma resistência, a fruta se soltou do galho. Segurando-a como algo frágil e extremamente precioso, a enorme criatura abaixou-se lentamente até o chão. Então, cuidadosamente levou a fruta à boca e deu uma pequena mordida.

‘Ele… está comendo frutas? Essa abominação é vegetariana?!’

Perplexo e não muito certo do que acabara de ver, Sunny não teve escolha senão ordenar que sua sombra saísse e se apressasse para a base da colina. O tempo estava acabando, e se quisesse alcançar o centurião carapaça, teria que agir com rapidez.

Deslizando sobre as folhas caídas, a sombra desceu do Túmulo Cinzento e voou de volta na direção do labirinto, alcançando rapidamente o monstro em retirada.

‘Ufa.’

Sentindo um grande alívio, Sunny garantiu que a rota do centurião não o colocasse em rota de colisão com a colina atrás da qual haviam se escondido e finalmente permitiu-se relaxar… um pouco.

Ele esperou até que o monstro empunhando foice desaparecesse completamente antes de se levantar lentamente.

“É seguro sair agora.”

Nephis e Cassie se levantaram, alongando-se e massageando os membros. Subitamente lembrando-se de como estavam apertados um contra o outro enquanto se escondiam atrás da colina, Sunny quase ficou vermelho de constrangimento.

‘Isso é… uh… foi uma medida necessária!’

Ele quase ficou feliz que o Demônio Carapaça apareceu no momento perfeito para tirar seu pensamento daquela situação.

“O que aconteceu?”

Nephis olhou para ele e arqueou uma sobrancelha. Pela primeira vez, sua expressão de indiferença não parecia muito convincente.

Sunny lançou um olhar para o não tão distante Túmulo Cinzento e estremeceu.

“Há perigo à frente. Precisamos voltar para o Cume Ósseo. Eu vou explicar tudo quando estivermos seguros e a salvo, de volta ao acampamento.”

Ela abriu a boca para dizer algo, mas então pensou melhor e permaneceu em silêncio, simplesmente acenando com a cabeça. A confiança que haviam construído era suficiente para isso, pelo menos.

Sunny convocou o Eco, amarrou a corda dourada em volta de seu torso, colocou a sela improvisada de Cassie de volta em sua carapaça e ajudou a menina cega a subir em seu assento.

Pegando as bolsas de sela, ele as prendeu de volta no carniceiro e deu um passo para trás. Eles estavam prontos para partir.

Antes disso, no entanto, Sunny tinha mais uma coisa a fazer. Aproximando-se da colina, usou as mãos para tirar a areia de sua superfície.

Logo, a superfície negra como ônix foi revelada por baixo. Era exatamente da mesma cor que a casca da colossal árvore crescendo no centro do Túmulo Cinzento.

A colina era, na verdade, apenas uma pequena parte de uma das gigantescas raízes da árvore, elevada um pouco acima do solo nesta parte do deserto.

Sunny olhou em volta, tentando calcular o tamanho deste mar de cinzas. Finalmente, ele começava a entender o que tinha drenado toda a vida daquele enorme trecho do labirinto carmesim.


De volta ao Cume Ósseo, eles estavam sentados ao redor da fogueira. O delicioso cheiro de carne assando enchia o ar, fazendo o estômago de Sunny produzir sons constrangedores. No entanto, ainda não era hora de comer. Ele estava no meio de contar às meninas o que tinha visto.

“… depois que o centurião se ajoelhou, outra criatura carapaça surgiu do topo do Túmulo Cinzento. Só que esta não era como as que tínhamos visto antes. Era facilmente o dobro do tamanho do centurião, com seis ou sete metros de altura. Eu nem consigo imaginar quanto pesa. Parecia uma casa ambulante.”

Nephis franziu a testa, claramente não feliz em saber que havia um behemoth bloqueando o caminho.

“Além disso, sua carapaça não é feita de quitina. Em vez disso, parece uma estranha liga metálica. Não acho que conseguiremos cortá-la. Também não notei nenhuma brecha na armadura dessa monstruosidade, nem mesmo ao redor das juntas.”

Cassie engoliu em seco, virando a cabeça para a amiga. Estrela da Mudança, no entanto, permaneceu em silêncio.

Sunny suspirou.

“Além disso, aquela coisa tem quatro braços em vez dos dois habituais, um par com pinças e um par com foices. Eles são ainda maiores que os do centurião. Sua carapaça é coberta de espinhos e tem longos chifres na cabeça. E também parece… uh… mais humanoide. Quase tem um rosto, embora extremamente feio. E os olhos… bem, acho que é mais senciente do que qualquer coisa que enfrentamos antes.”

Nephis estava pensativa. Depois de um tempo, ela disse:

“Provavelmente é um demônio desperto.”

Criaturas do Pesadelo com um núcleo de alma eram chamadas de “bestas”, as com dois núcleos eram chamadas de “monstros”. Três núcleos pertenciam a uma classe de criaturas conhecidas como “demônios”, com “diabos” logo acima deles com quatro núcleos.

Sunny concordou com a cabeça, indicando que concordava com a conclusão dela.

“Ou talvez um diabo. De qualquer forma, acho que devemos evitar aquele bastardo assustador a todo custo.”

Estrela da Mudança encarou-o, inclinando a cabeça um pouco. Por um minuto ou mais, houve apenas silêncio.

Sunny cerrou os dentes, suspirou e piscou algumas vezes. Finalmente, deu-lhe um sorriso torto e resignado.

“Deixe-me adivinhar. Você quer matá-lo…”


Considere fazer uma Doação e contribua para que o site permaneça ativo, acesse a Página de Doação.

Comentários

4.9 12 votos
Avalie!
Se Inscrever
Notificar de
guest
8 Comentários
Mais recente
Mais Antigo Mais votado
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Manhwa
Visitante
Manhwa
20 dias atrás

Bota fé nas malucas

Shiba WhiteD
Membro
Shiba White
23 dias atrás

A mina acha q consegue matar esse demônio desperto? Mina maluca

GreyD
Membro
Grey
1 mês atrás

Mina maluca kkkkk

Joãomateus 3110
Membro
Joãomateus 3110
4 meses atrás

Essa mina é louca, o mc não pode bater de frente na força física com uma besta desperta e agora tá querendo ir contra um demonio desperto

Nonno
Membro
Nonno
7 meses atrás

se n for pra matar tudo nem vira desperto kkk.. mata a arvore tb aa

obg pelo cap

Rauan
Membro
Rauan
8 meses atrás

Depois que morre não sabe o por que kkkkkk

Bai Li
Visitante
Bai Li
10 meses atrás

Eita mina louca!

Cavalo
Membro
Cavalo
4 meses atrás
Resposta para  Bai Li

Daq pouco ela vai falar q o objetivo dela é matar o “feitiço” lkkk não duvido nada

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar