Switch Mode
Participe do nosso grupo no Telegram https://t.me/+hWBjSu3JuOE2NDQx

Shadow Slave – Capítulo  70

Julgamento da Lâmina

Traduzido usando o ChatGPT



Sunny olhou para o demônio ferido, com uma expressão sombria e determinada no rosto.

A essa altura, não havia motivo para argumentar. Eles não tinham outra escolha senão enfrentar o guardião da ilha eles mesmos. O saco de truques de Sunny estava vazio de qualquer maneira — no final, seus destinos ainda seriam decididos por lâminas afiadas.

Alguém iria morrer, e alguém seria o assassino.

“Como vamos lidar com a armadura dele?”

Nephis avaliou a espada em sua mão e olhou para baixo.

“Eu vou atravessar a armadura. Você consegue criar uma abertura?”

Sunny assentiu, sem perder tempo com perguntas desnecessárias. Se a Estrela da Mudança estava certa de sua capacidade de cortar a carapaça do demônio, ele não tinha motivo para duvidar.

Criar uma abertura… isso não seria fácil. Mesmo que o monstro tivesse sofrido ferimentos terríveis, ele ainda era uma força a ser considerada. Seu tamanho sozinho já representaria dificuldades. Eles teriam que derrubar o gigante antes mesmo de pensar em realizar algum tipo de ataque eficaz.

E ele não ficaria parado enquanto sofria o ataque deles, também.

Mas o que mais havia a fazer?

Enquanto Nephis amarrava a corda dourada no galho, Sunny caminhou até Cassie e apertou levemente o ombro dela.

Ela tentou forçar um sorriso.

“Imagino que o Demônio Carapaça ainda esteja vivo?”

Apesar do sentimento pesado, frio e escuro que apertava seu coração, Sunny tentou fazer sua voz soar relaxada e despreocupada.

“Sim, mas por pouco. Não se preocupe demais. Essa situação toda vai acabar rapidinho.”

‘De um jeito ou de outro’, ele acrescentou interiormente.

O sorriso de Cassie enfraqueceu. Ela claramente não estava convencida por sua tentativa desajeitada de tranquilizá-la.

Sunny hesitou.

“Ei. Você já comeu carne de demônio?”

A menina cega ficou claramente surpresa com a pergunta.

“O quê? Não.”

Sunny sorriu.

“Que tal um bife de demônio? Sou um excelente cozinheiro, você vai ver. Uh… eu acho. Neph meio que monopolizou a preparação da comida, então não tive chance de colocar em prática todo o conhecimento do curso de Sobrevivência na Selva.”

O professor Julius realmente havia passado muito tempo ensinando a ele como cozinhar todos os tipos de coisas aparentemente incomestíveis, bem como carnes de todos os tipos de Criaturas do Pesadelo, em preparação para sua jornada no Reino dos Sonhos. Aqui, a fome era tão inimiga quanto os monstros mais ferozes.

“Assim que colocarmos as mãos em alguma carne de demônio, farei um bife para você. Será o bife de demônio mais delicioso que você já comeu… Eu prometo!”

Finalmente, um sorriso verdadeiro apareceu no rosto de Cassie. Ela fez uma reverência cortês.

“Tudo bem. É uma promessa então.”

Enquanto isso, Nephis terminou com a corda. Ela a jogou no chão sem hesitação e olhou para ele.

“Está pronto?”

Sunny suspirou e fechou os olhos por um segundo, sentindo a força de seu corpo sendo aumentada pela sombra.

“Sim. Vamos fazer isso.”


Assim que seus pés tocaram o chão, Sunny sentiu um olhar pesado queimando um buraco em seu peito. Olhando para cima, ele viu o Demônio Carapaça aleijado olhando diretamente para ele, com um brilho sombrio em seu único olho restante.

O outro havia desaparecido, deixando apenas um buraco negro e sangrento atrás.

Nessa distância, os danos causados ao corpo do demônio pareciam ainda mais debilitantes. Sua carapaça estava fraturada em vários lugares e coberta de rachaduras, cada uma delas escorrendo sangue azul… infelizmente, nenhuma das rachaduras estava próxima aos órgãos vitais. Seus chifres estavam quebrados, assim como uma de suas patas dianteiras – além de várias traseiras que estavam quebradas ou arrancadas completamente.

Os tocos de seus dois braços cortados estavam pressionados firmemente contra seu torso para conter o sangramento intenso. Os outros dois estavam pendurados no chão, quase roçando a areia cinzenta.

O monstro gigante parecia exausto e destroçado. No entanto, ainda era aterrorizante, talvez até mais do que antes. Porque, apesar das feridas horríveis, seu olhar ainda era firme e cheio de inteligência maligna. Ainda irradiava loucura e sede de sangue.

O que agora estava concentrado em Sunny e Nephis – os arquitetos de seu estado lamentável.

Os primeiros raios do sol nascente brilharam nas pontas que cobriam a carapaça outrora lustrosa do demônio, pintando-os em tons de carmesim ardente.

Sunny invocou a Lâmina Azure e olhou para Nephis.

“Tenha cuidado. Ele é incrivelmente rápido.”

Ele era o único que tinha visto a terrível criatura em ação. Como tal, apenas ele sabia o quão perigoso o demônio realmente era.

Nephis assentiu, sem tirar os olhos do inimigo, e deu um passo à frente.

Os dois caminharam em direção ao Demônio Carapaça que os aguardava. Sunny estava um pouco à frente e pretendia contornar o gigante pela direita – o lado em que o demônio tinha sua última foice e olho restantes.

Estrela da Mudança estava um ou dois passos atrás dele, pretendendo contornar a criatura pela esquerda — o lado em que seu braço em forma de pinça estava lentamente se erguendo no ar.

Nesta batalha, o papel de Sunny era suportar o impacto dos ataques inimigos, permitindo que sua parceira desferisse o golpe fatal quando o momento fosse certo. Através do entendimento tácito que desenvolveram ao sobreviver a dezenas de situações de vida ou morte, os dois conseguiram cooperar sem pronunciar uma única palavra, lutando quase como um só.

Esta era a principal vantagem deles.

Enquanto se aproximavam, Sunny sentiu uma ligeira mudança na postura do demônio. Imediatamente, ele soube que o inferno estava prestes a se desencadear.

Ele havia alertado Nephis sobre a velocidade do inimigo, mas também tinha que lidar com isso ele mesmo. Sunny sabia que era muito mais lento do que a criatura gigante, mas ainda assim tinha que encontrar uma maneira de desviar da enorme e aterrorizante foice.

Isso não era tão ruim quanto parecia. Velocidade não era tudo em uma luta. Tome, por exemplo, a luta de treinamento de Estrela da Mudança contra o orgulhoso herdeiro do clã Han Li. Caster possuía uma Habilidade de Aspecto que o tornava dez vezes mais rápido do que a garota de cabelos prateados — no mínimo. No entanto, no final, ele venceu por muito pouco. Nephis quase esmagou seu rosto com um inesperado golpe de cotovelo.

Ela conseguiu pegar Caster desprevenido não por causa de sua rápida reação — com uma diferença tão grande de velocidade, nenhuma quantidade de reação poderia ter ajudado. Em vez disso, ela conseguiu prever e manipular os ataques do oponente, iniciando o golpe antes mesmo de Caster saber que iria acabar no caminho de seu cotovelo.

Ela estava no controle do campo de batalha.

E agora, eles tinham que repetir esse feito contra o antigo demônio da Praia Esquecida. Felizmente, a vantagem de velocidade dele não era tão insana quanto a de Caster.

Quase simultaneamente, Sunny e Nephis avançaram, atacando o gigante de lados diferentes. Ele também se moveu, pronto para despedaçá-los. Tanto sua pinça quanto sua foice se ergueram no ar.

Sunny estava correndo o mais rápido que podia, com a Lâmina Azure estendida atrás dele. Um fogo de resolução fria ardia em seu coração.

Ele estava pronto para viver ou morrer pela sua lâmina.

No entanto, no momento seguinte, sua perna pareceu escorregar na areia e, com os olhos arregalados, Sunny tropeçou.

Não desperdiçando a oportunidade, o Demônio Carapaça atacou. A aterrorizante foice rasgou o ar, com o objetivo de cortar o indefeso humano ao meio…

Mas acertou apenas a areia.

Sunny, que havia fingido a perda de equilíbrio para atrair o golpe do demônio, evitou facilmente a lâmina mortal saltando para o lado no último segundo.

Ele ainda não estava no nível em que conseguia prever cada movimento do inimigo. Em vez disso, manipular o inimigo para realizar um ataque previsível era mais fácil.

Afinal, engano e manipulação eram seu forte.

Temporariamente a salvo da ameaça da foice, Sunny correu em direção às pernas do demônio.

Ao mesmo tempo, Nephis conseguiu evitar a enorme pinça e também se aproximava deles. Eles alcançaram seus objetivos quase simultaneamente, um pela direita, outro pela esquerda.

Sunny golpeou com a Lâmina Azure, sentindo-a atingir a armadura polida e ricochetear sem deixar nem mesmo um leve arranhão nela. Uma dor surda irradiava por suas mãos.

Do outro lado do imenso corpo do monstro, Nephis obteve mais sucesso. Ela havia atacado a perna dianteira já ferida do monstro, cortando profundamente sua carne através da larga rachadura na placa metálica. Severamente danificada, a perna não conseguia mais suportar o peso da criatura gigante. Ela cedeu, fazendo o demônio cambalear.

Neste ponto, um carniceiro ou um centurião teriam perdido o equilíbrio e caído no chão. No entanto, o Demônio Carapaça era muito inteligente e experiente. Ele compensou a perda de outra perna, deslocando seu peso corporal para o lado oposto e fincando sua foice no chão para permanecer estável.

‘Droga!’

Sunny realmente esperava que o desgraçado caísse.

Porque então ele não teria que fazer o que estava prestes a fazer a seguir.

Mas agora não havia outra escolha.

Praguejando internamente, Sunny lançou um breve olhar para o imenso corpo do demônio gigante. Só os céus sabiam quanto aquilo pesava.

Então, ele prendeu a respiração e se abaixou bem abaixo do abdômen de aço do Demônio Carapaça.


Considere fazer uma Doação e contribua para que o site permaneça ativo, acesse a Página de Doação.

Comentários

4.9 14 votos
Avalie!
Se Inscrever
Notificar de
guest
5 Comentários
Mais recente
Mais Antigo Mais votado
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Shiba WhiteD
Membro
Shiba White
24 dias atrás

Sinto que o autor tá enrolando um pouco, mas mesmo assim tá mt bom

So comento em obras boasD
Membro
So comento em obras boas
29 dias atrás

Spoiler
teste

Última edição 29 dias atrás por So comento em obras boas
Ga Changsheng, o inevitável
Visitante
Ga Changsheng, o inevitável
6 meses atrás

Me pergunto que gosto tem a carne dos demônios, gosto de caranguejo ou de siri ou de carne bovina?

Última edição 6 meses atrás por Ga Changsheng, o inevitável
Cavalo
Membro
Cavalo
4 meses atrás

Eu acho q seria amargo e com um sentimento de malícia

Nonno
Membro
Nonno
7 meses atrás

pior q pra esses bichos grandes eu só penso em entrar no corpo deles e matar por dentro aaaa

obg pelo cap

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar