Switch Mode
Participe do nosso grupo no Telegram https://t.me/+hWBjSu3JuOE2NDQx

Super Detective in the Fictional World – Capítulo 105

Conversa Cara a Cara

A recompensa desta missão não foi grande. Luke especulou que provavelmente foi porque não havia apreendido Sergei.

Se tivesse pegado o criminoso, deveria ter ganhado mais de 100 pontos de experiências.

Desde que o homem já havia fugido, no entanto, Luke decidiu fazer uma pausa.

Ficou ocupado o dia inteiro caminhando e vendo a gravação de segurança. Estava bem exausto.

Porém, definitivamente valeu a pena. Pelo menos, Elsa e Dustin o levavam mais a sério agora.

Nem todos podiam resolver o caso num único dia.

Luke tinha algumas habilidades apesar do fato em que foi transferido via conexões. Não era tão inútil quanto pensavam.

No momento que retornou para casa, já passava das oito, e a noite havia caído.

Selina estava vendo TV na sala de estar. Sentou-se quando viu Luke: — Ei, você voltou! Então, diga-me, como é a sensação de trabalhar num caso em Beverly Hills?

Luke respondeu impotente: — Ainda nem tomei banho ou comi. Estou tonto após caminhar por meio-dia e ver gravação de vídeo por horas…

Selina rapidamente o bajulou: — Comprei sanduíches e Dr. Pepper para você. Você ficará energizado após comê-los.

Luke disse sem sinceridade: — Não posso agradecer o bastante. Vou tomar banho primeiro.

Refrescado pelo banho alguns minutos depois, Luke se sentou no sofá e comeu o sanduíche que Selina aqueceu no micro-ondas.

Ele ficou ocupado demais trabalhando no caso para comer hoje, e já estava faminto.

Selina sabia que agora era a melhor hora para falar com ele. Até abaixou o volume da TV.

Luke terminou o sanduíche em alguns minutos e tomou um bom gole de Dr. Pepper. Arrotou satisfeito: — Tudo bem, o que quer saber?

Selina perguntou: — É bonito? Há mansões ostensivas? Todos têm centenas de empregados? Certo, todos têm um mordomo de cabelo branco que diz “em que posso ajudar, senhor” no momento que entra?

Luke não sabia o que dizer: — Você está falando dos filmes. A casa que fui só tinha duas cuidadores e um guarda de segurança. É aproximadamente do tamanho da casa do Robert, embora seja mais bem decorado.

Selina comentou desapontada: — Então os filmes mentiram?

Luke riu: — Você achou que eram reais? Bem, pelo menos a casa que fui não era tão extravagante.

Selina bufou: — Pensei que todos em Beverly Hills eram ricos.

Luke respondeu: — Eles são. A casa que visitei hoje vale dois milhões no mínimo, sem contar com a decoração e mobília. Ela definitivamente não era pobre.

Selina perguntou: — Hã? Ela é bonita?

Luke respondeu: — Sim. Não é feia pelada.

Selina ficou surpresa: — Ela encontrou vocês pelada?

Luke assentiu: — Yep. Até nos mostrou seu traseiro.

Selina não ficou convencida: — Você está brincando?

Luke respondeu: — Nenhum pouco. Quando chegamos, o corpo dela estava boiando pelada na piscina.

Os olhos de Selina arregalaram: — Então… inacreditável? Vamos, diga-me tudo sobre este caso.

Luke acenou para a TV e disse: — Está nas notícias.

Selina se virou, só para ver píxeis boiando numa piscina próxima de um rosto familiar.

Após um breve atordoo, aumentou o volume e exclamou: — Katie Winterster? Você viu o corpo dela?

Luke assentiu tranquilo.

Graças a TV, não teve que continuar falando. Ponderou como encontrar os traficantes que venderam a maconha para Jenny e como poderia roubá-los.

Selina perguntou de novo: — Você encontrou o assassino?

Luke assentiu: — Não diga a ninguém. É confidencial por enquanto, porque o assassino fugiu.

Selina ficou espantada após ouvir o que Luke tinha a dizer: — Você chegou aqui e já resolveu um grande caso. Sua parceira não ousará subestimar você agora, certo?

Luke olhou para ela e perguntou: — E quanto a você? Como foi seu primeiro dia de trabalho?

Selina bufou e respondeu: — Foi bem. Sou uma dama linda, afinal de contas. Mas acho que o Donald me trata como uma garotinha.

Luke deu de ombros: — Você ainda é jovem, afinal. Quando vejo a Elsa, consigo sentir a diferença entre gerações.

Selina caiu na gargalhada e o chutou: — Ela já tem 32. É claro que a uma diferença entre gerações.

Ignorando o ato violento, Luke perguntou de novo: — Como se sente sobre seu parceiro? Ele não é difícil de conviver, é?

Selina pensou por um momento, em seguida balançou a cabeça: — Não, acho que não. No entanto, me faz sentir que ele é devagar demais.

Luke franziu a testa: — Hã?

Selina falou em voz baixa: — Não acho que ele seja tão esperto quanto você. Ainda estava fazendo perguntas quando notei que havia algo de errado.

Luke perguntou: — O que foi seu caso?

Selina respondeu: — A morte de um gângster Sabia pelo rosto do suspeito que ele era culpado, mas o Donald ainda fez um monte de perguntas.

Luke olhou para ela e perguntou: — Você não interveio, né?

Selina balançou a cabeça: — Por que interviria? Você me disse para dizer e fazer menos, e observar e ouvir mais, então fiquei em silêncio.

Luke assentiu: — Não acho que o Donald estivesse errado. Ele já poderia saber que a pessoal era culpado, só que não havia motivos para mostrar. É possível que quisesse garantir primeiro. Segundo a Elsa, o Donald é o mais famoso na Divisão de Crimes Graves por quão confiável é. É melhor não tentar ser mais esperto que ele. Vamos apenas nos acostumar com o ambiente aqui e a maneira que trabalham primeiro.

Selina não era tola, mas não era sábia nas maneiras do mundo também. Era possível que alguém pudesse armar para ela se destacasse demais.

Para Donald, era uma parceira nova. Luke não pensou que Donald a ajudaria incondicionalmente só porque ela era linda.

Luke, por outro lado, provou suas habilidades hoje e não competiu com Elsa por crédito. Foi assim que fez sua parceira feliz.

Dustin também tinha que saber de algo, ou sua atitude para com Luke não teria mudado. Mesmo assim, Elsa seria considerada como tendo contribuído mais no caso após ser resolvido.

Luke era apenas um novato, afinal de contas.

Ele tinha confiança e o sistema, então não ficou chateado sobre como era injusto. Se Selina estivesse no seu lugar, todavia, poderia ter discutido com seus superiores.

Luke conversou com Selina por um tempo sobre quão importante era manter um perfil discreto, antes de retornarem aos seus respectivos quartos para dormir.


Considere fazer uma Doação e contribua para que o site permaneça ativo, acesse a Página de Doação.

Comentários

0 0 votos
Avalie!
Se Inscrever
Notificar de
guest
1 Comentário
Mais recente
Mais Antigo Mais votado
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Aquele acima de tudo e todos
Membro
Aquele acima de tudo e todos
6 dias atrás

MEU DEUS VÉI!!! CADE A TENSÃO SEXUAL ???? CADE AQUELE ENCONTRÃO ??? Seus rostos se aproximam!! A respiração acelera!! E vcs não conseguem desviar o olhar dos lábios um do outro!!!!!

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar