Switch Mode
Participe do nosso grupo no Telegram https://t.me/+hWBjSu3JuOE2NDQx

Super Detective in the Fictional World – Capítulo 169

Linda Companheira de Assento Temporária

Ele deveria procurar algo grande na viagem para a França?

Quando retornasse, poderia começar suas preparações para se tornar um vigilante em Los Angeles. Sua experiência e pontos de crédito definitivamente disparariam.

Após fazer planos, Luke levantou a cabeça, só para ver que Selina ainda estava esfregando sua barriga. Isto o deixou sem palavras: — Você é uma leitoa? Vá limpar a cozinha agora.

Selina saiu do sofá relutantemente.

Luke ligou para Elsa: — Elsa, há algo que preciso conversar com você sobre o caso da Sheerah.

Após cerca de vinte minutos, Luke abaixou o celular e suspirou: — Só posso seguir com o Plano B agora. Vamos esperar que eu consiga o que quero no final.

Às sete da manhã seguinte, Elsa dirigiu até a casa de Luke e o pegou.

Eles então apreenderam o sem-teto Bobby Max nas favelas ao sul.

Após conversar com o homem, foram em um hotel para que Bobby pudesse se limpar.

Em seguida, foram à mansão de Sheerah. Bobby devolveu o colar de diamante e se desculpou.

No final, Luke deixou Bobby no seu apartamento anterior, que ainda não havia cancelado o aluguel e disse para ficar lá até ele voltar de viagem. Então, finalmente foi ao aeroporto.

Luke e Elsa embarcaram vinte minutos antes da hora marcada da decolagem do avião. Eles chegaram bem a tempo.

Sentando-se, Luke estreitou os olhos e observou o entorno.

Elsa sabia o que ele estava fazendo e não pôde deixar de perguntar: — Está tudo bem desta vez?

Luke assentiu: — Confie em mim. Não podemos ser tão azarados o tempo todo.

Elsa imediatamente ficou tranquila. Sabia quão confiável eram os instintos de Luke.

Ela bocejou, mas resistiu ao sono. Então, enviou uma mensagem de texto para Sheerah.

Luke, por outro lado, tirou um tablet e começou a ler um e-book.

Levava onze a doze horas de voo de Paris a Los Angeles. Considerando o fuso horário, eles estariam chegando à tarde após decolar à noite.

O corpo de Luke era muito mais forte que o de alguém comum, ou teria desabado sob este tipo de trabalho estressante.

A maioria dos velhos detetives da Divisão de Crimes Graves sofriam de condições crônicas e tinham que sair do trabalho de campo após fazer quarenta.

Em todo caso, uma vez que conseguisse Autocura Elementar, poderia curar sua mão esquerda.

Então, não teria medo de feridas físicas, já que poderia curá-las.

A pressão mental não seria nada também.

A Autocura Elementar era o trunfo mais importante para ele.

Com esta habilidade, ele conseguiria enfrentar criminosos a noite toda sem se preocupar.

A vida era mais fácil para outros super-heróis porque tinham super habilidades e riqueza, Luke, por outro lado, não tinha nada disso.

Ele tinha que trabalhar duro seguindo as regras do sistema, e sua maior posse era sua vida.

Pouco após se sentarem, as colegas de assento de Luke embarcaram. Ele abaixou o tablet e sorriu para elas.

Elsa estava no assento do corredor e as novas colegas de assento de Luke sentaram no meio e canto da janela ao lado.

As novas colegas de assento eram duas garotas lindas. Uma delas era mais extrovertida. Murmurou algo para sua amiga e trocaram de assento para que pudesse conversar com Luke.

Ele certamente não perderia a oportunidade para conversar com uma linda garota.

Embora a garota com qual estava falando não fosse tão linda quanto a outra, sua aparência certamente estava acima da média, e era muito acessível.

Eles conversaram baixinho. No final, a garota mais bonita também se juntou a conversa, exceto que não falava tanto quanto a primeira garota.

Luke podia dizer que ela não era tímida ou introvertida, somente mantinha distância de estranhos inconscientemente.

Não era uma coisa ruim para alguém que estava numa viagem.

Porém, a outra garota era menos vigilante. Ela revelou muito sobre si, mesmo quando Luke não perguntou nada.

A garota que falou primeiro se chamava Amanda. Ela era uma segundanista do ensino médio.

A mais linda era Kim. Era a melhor amiga de Amanda.

Sua escola foi fechada por meio mês porque o prédio de ensino estava sendo renovado, então as garotas aproveitaram a chance para viajar para Paris.

Após ser um detetive por tanto tempo, Luke notou muitos detalhes sobre as garotas.

Elas tinham educação decente, mas nada de elite e não sabiam muito do mundo externo.

Kim prestava mais atenção a sua privacidade e segurança, enquanto sua melhor amiga simplesmente falava tudo.

O que quer que Kim mantivesse para si, Amanda apenas revelaria inconscientemente.

Amanda deveria ter levado uma vida protegida o tempo todo e Luke ficou um pouco preocupado pela segurança dela agora que estava longe de casa.

Porém, ficou aliviado após aprender que as garotas ficariam com um membro mais velho da família de Amanda em Paris.

Se era o caso, Amanda tinha motivos para ficar despreocupada. Seu parente a avisaria do que deveria prestar atenção.

No entanto, ele ainda não pôde deixar de dizer certas coisas que deveriam evitar, tais como… conversar com estranhos.

Amanda achou divertido: — Você está dizendo que eu não deveria estar conversando com você?

Luke deu de ombros: — Bem, é um prazer te conhecer. Mas vivo em Los Angeles mesmo, então é mais fácil de verificar minha identidade. Você não será capaz de identificar estrangeiros tão facilmente em Paris.

Kim não falou nada, mas assentiu levemente de acordo.

Amanda obviamente não considerou uma grande coisa. Logo entrou em outros tópicos.

Eles conversaram por um tempo, até ficarem cansados e fecharam os olhos para descansar um pouco.

Após acordarem, conversaram por mais um tempo, até o avião aterrissar.

Eles trocaram contato quando desembarcaram.

Luke falou que estava numa viagem de trabalho e que não tinha certeza se teria tempo para visitar Paris com elas após terminar o trabalho.

Amanda fichou um pouco triste, mas não muito.


Considere fazer uma Doação e contribua para que o site permaneça ativo, acesse a Página de Doação.

Comentários

0 0 votos
Avalie!
Se Inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar