Switch Mode
Participe do nosso grupo no Telegram https://t.me/+hWBjSu3JuOE2NDQx

Super Detective in the Fictional World – Capítulo 189

Gorjeta e Café

Quando Luke voltou ao escritório, encontrou a irmã de Leto cortando a corda em volta de sua mão com uma faca.

Porém, a faca não era afiada o bastante e era difícil de usar na sua posição atual.

Luke achou graça pela determinação da garotinha.

Sem perder tempo, jogou a faca dela fora e cobriu sua cabeça com um saco preto. Então a carregou para o terraço com o gancho.

Dois minutos depois, apareceu num beco a várias centenas de metros com a garota.

Cortando a corda das mãos e pés, Luke deu a pistola que pegou do fortão: — Boa sorte, garota.

Ele então escalou a parede e desapareceu.

A garota se livrou do saco na cabeça e olhou em volta, mas estava sozinha.

Olhando para a pistola em sua mão, rangeu os dentes e saiu do lugar com pressa.

No terraço de um prédio não muito longe, Luke a observou ir embora e sorriu. Então se virou na direção da fortaleza na rua.

Um momento depois, após algumas explosões, colunas de fogo e fumaça elevaram no céu.

Olhando para a oficina que agora estava em chamas, Luke sorriu e saiu do local rapidamente com o gancho.

Encontrou seu carro e dirigiu para o 18º arrondissement. Ele então ligou para Daniel: — Venha me pegar. Te enviarei o endereço.

Daniel reclamou: — Ei, sério? São duas da manhã. Não trabalho à noite!

Luke falou: — Dois mil euros.

Daniel respondeu: — Tudo bem, estou a caminho. — Dois mil euros era mais do que podia ganhar em vários dias. Somente um idiota recusaria.

Além disso, com sua habilidade de direção, levaria alguns minutos para chegar no endereço.

Em menos de dez minutos, o táxi de Daniel chegou numa parada abrupta diante de Luke.

Luke entrou e disse: — Cemitério de Montmartre.

Após chegar, Luke deu um rolo de dinheiro: — O dinheiro adicional é sua gorjeta. — Ele rapidamente saiu e desapareceu na escuridão.

Daniel rapidamente contou o dinheiro na luz fraca do carro. De repente, amaldiçoou: — Droga! Dois mil euros e cinquenta centavos! Você me deu uma gorjeta de cinquenta centavos!

Luke deliberadamente deu os cinquenta centavos que roubou da pessoa que tentou lhe roubar mais cedo. Não economizou os dois mil euros que prometeu mesmo.

O sistema não deduziu seus pontos de crédito após usar as moedas.

O sistema claramente aprovava roubar ladrões.

Caminhando na rua na noite, Luke checou sua recompensa por eliminar os traficantes.

Missão: Mate o chefe do grupo Taha e destrua as drogas ilegais e oficinas

Experiência Total: 2500

Crédito Total: 2500

Taxa de Conclusão: 100%

EXP +2500

Crédito +2500

Como esperado, destruir as drogas ilegais e a oficina foi um empreendimento frutífero.

Se continuasse trabalhando assim pela próxima semana, provavelmente aumentaria de nível de novo e finalmente aprenderia Autocura Elementar.

Entretanto, esteve na ativa por vários dias e a gangue de Taha era um dos três maiores grupos criminosos na área. Seria problemático se um toque de recolher fosse imposto enquanto continuava a eliminar os traficantes.

Se isso acontecesse, não seria apenas os gângsters, todos na área não o tolerariam.

Luke voltou ao apartamento e sentou na cama enquanto avaliava a operação da noite como de costume.

Naquele momento, alguém bateu na porta do banheiro.

Luke respondeu com um sorriso: — Entre. A porta não está trancada.

Elena colocou a cabeça para fora do banheiro: — Você não vai tomar banho? Está chovendo lá fora. Você deve estar com frio.

Luke assentiu: — Obrigado, Elena. Estou descansando. Estou indo tomar agora.

Elena hesitou por um momento, mas ainda perguntou: — Tenho café no meu quarto. Gostaria de um copo depois do banho?

Luke assentiu com um sorriso.

Elena, todavia, sentiu que havia algo diferente sobre Luke naquela noite. Ela sorriu e saiu.

Luke levantou e tomou um banho.

Elena fez café na cozinha e murmurou: — O que é? Parece que ele virou da luz do sol da manhã para a chuva e vento frio da noite. Sim. Essa é a sensação.

Ela então balançou a cabeça: — Provavelmente é só minha imaginação. Ele provavelmente só está com frio. Ninguém pode permanecer ensolarado depois de sair por aí no vento frio.

Um momento depois, terminou o banho e trocou para roupas limpas. Bateu na outra porta do banheiro e abriu após ouvir a resposta de Elena.

Esta era a parte interessante deste apartamento duplo.

Conectado pelo banheiro no meio, os dois quartos pareciam separados quando estavam, na verdade, quase unidos.

Luke estava usando uma camisa e uma calça de moletom. Graças ao aquecedor, o quarto não estava frio.

Elena ofereceu um copo de café com um sorriso.

Luke tinha que admitir que era ótimo ter um corpo de café quente com uma linda garota sorrindo enquanto ouvia a chuva cair no terraço.

A mesa redonda no quarto era destinada para uma pessoa, então Luke e Elena estavam sentados próximos enquanto conversavam e riam.

Após terminar o café, Luke se levantou e se despediu, apesar do fato que Elena não mostrou nenhuma indicação de querer isso.

Convidar alguém para tomar café à noite sem dúvidas era um sinal na França.

Todavia, ficaria ocupado no dia seguinte, e provavelmente no dia depois daquele. Não podia ter tanta pressa.

Para a decepção de Elena, Luke voltou ao seu quarto.

Contudo, ela não ficou frustrada por tanto tempo, e riu um pouco depois.

Embora estivesse um pouco desapontada, a decisão de Luke não foi inesperada.

Ele foi gentil, engraçado, cortês e feliz para se aproximar dela, só que não estava com pressa de tocá-la.

Diferente da maioria dos homens, Luke parecia preferir se conectar com ela emocionalmente que fisicamente. Ela gostou bastante do sentimento.

Após refletir no assunto, ela não se sentiu mais sonolenta, então simplesmente montou o cavalete e começou um novo esboço.

O quarto estava completamente silencioso, exceto pelo som da chuva.

Com o passar do tempo, o contorno do esboço apareceu. Ainda era uma versão anjo de Luke.

Contudo, este estava olhando de um ponto alto, e tinha uma longa lança na mão, como se fosse arremessá-la no próximo momento.


Considere fazer uma Doação e contribua para que o site permaneça ativo, acesse a Página de Doação.

Comentários

0 0 votos
Avalie!
Se Inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar