Switch Mode
Participe do nosso grupo no Telegram https://t.me/+hWBjSu3JuOE2NDQx

Super Detective in the Fictional World – Capítulo 198

Roubando Comida de Amigo

Não era porque eram cruéis, mas porque tinham tempo limitado como detetives.

Nas séries de TV americana, muitos detetives não desistiam até conseguir resolver um caso.

Mas verdade era que os detetives não podiam fazer nada disso.

Concentrar em um só caso significava que havia outros que não estavam sendo investigados. Seu chefe arrancaria suas cabeças se ficassem obcecados com um caso.

Mesmo que pudessem estar interessados em um caso em particular, só podiam investigar no seu tempo livre.

Essa também era a diferença entre detetives da polícia e particulares. O primeiro devia manter a ordem na sociedade, enquanto o último era contratado para investigar casos específicos.

Então, Selina perguntou a Luke sobre sua viagem à Paris e olhou para as fotos dele com Elena.

Ela ficou com inveja e falou desapontada: — Por que eu não era parte desta viagem? Quero comprar em Paris e tomar banho de sol em Marselha também.

Luke riu: — Vou para Vegas por uns dias. Quer vir comigo?

Selina ficou animada por um instante, antes de balançar a cabeça: — Duvido que eu possa. Estou muito ocupada agora.

Luke deu de ombros: — Está tudo bem. Podemos ir a algum lugar outra hora. A propósito, falei que a Elsa pode ser promovida?

Selina pensou por um momento e assentiu: — Ouvi os rumores, mas como isso tem algo a ver comigo?

Luke respondeu: — Se ela for promovida, posso requerer que você seja minha parceira novamente.

Selina ficou surpresa: — Mas você não falou que deveríamos estabelecer nossas próprias redes de conexão primeiro por algum tempo?

Luke falou: — Elsa e eu somos bem próximos. Posso fazer uso de seus recursos enquanto partilhar o crédito com ela. Fomos excluídos da Divisão de Crimes Graves em Houston, mas o Dustin e a Elsa estão do nosso lado aqui. Não é um problema sermos parceiros de novo!

Selina ficou animada: — Sério?

Luke disse: — Sim. Conversei com a Elsa sobre isto e ela não negou, caso possa se tornar minha chefe.

Selina perguntou: — Quanto tempo vai levar? Um ano?

Luke respondeu: — Será em dois meses no máximo, ou talvez um mês se tiver sorte.

Selina exclamou: — Oh, isso é ótimo!

Luke riu: — Está feliz agora? Se levante e vá lavar os pratos.

Selina reclamou: — Acabei de perceber que ainda estou cheia. Ainda preciso descansar um pouco mais.

Ignorando sua atuação péssima, Luke se levantou e disse: — De qualquer forma, é seu trabalho. Vou tomar um banho.

No momento que terminou o banho, Selina já tinha terminado de lavar os pratos.

Luke balançou a cabeça com um sorriso e começou a fazer pesquisas online novamente no laptop.

A noite passou sem intercorrências.

No dia seguinte, Luke e Selina dirigiram seus próprios carros para o trabalho.

Selina estava revigorada, porque comeu o café da manhã feito pelo Luke. Havia até um lote de cupcakes para ela levar ao trabalho.

Naturalmente, estava de ótimo humor.

Após entrar no departamento de polícia, Luke viu Elsa na mesa. Esta obviamente tinha se recuperado do jet lag.

Ela cumprimentou Luke quando o último se aproximou.

Luke colocou o saco de papel que estava segurando na mesa e falou com um sorriso: — Cupcakes caseiros para você, como um petisco.

Elsa ficou um pouco surpresa. Não era uma comilona, mas não pôde deixar de experimentar um.

Porém, se arrependeu vários minutos depois.

Privacidade e distância eram apreciadas na América, mas quem era Elsa? Era uma das detetives mais experientes na Divisão de Crimes Graves. Ela preparou cinco detetives nesta divisão, que eram meio que seus alunos e o resto também eram próximos.

Todavia, quando amigos ficam próximos demais, poderiam se tornar inescrupulosos.

Elsa não considerou os cupcakes grande coisa, mas as outras pessoas certamente considerariam.

Elsa não percebeu quão ruim a situação era ainda. Só estava pensando que os cupcakes eram muito gostosos.

Então, Billy Wang, um detetive chinês, inclinou e disse: — Oh, não comi nada ainda. Obrigado, Elsa. — Ele estendeu a mão para pegar um cupcake.

Outra oficial chamada Melinda também se aproximou e falou: — Elsa! Você lembrou que amo cupcakes! Obrigada! — Então agarrou um dos cupcakes e fugiu.

Esse não foi o fim. Vários outros detetives se juntaram.

Eles disseram coisas similares e pegaram os dois últimos cupcakes na bolsa.

Os detetives que chegaram tarde só podiam dispersar sem os cupcakes.

Todavia, um dos detetives, que era mais descarado que o resto, exclamo: — Elsa, traga mais da próxima vez! Comprou uma dezena de donuts da última vez para todos no escritório.

Elsa não podia ter se sentido mais arrependia. Ela só comeu um dos cupcakes! Estes idiotas!

Mais importante, eram deliciosos e podiam vender por três a cinco dólares nas lojas. Era o mesmo que donuts baratos?

Péssima decisão! Esse foi o único pensamento em sua cabeça.

Ela sabia quão bom os cupcakes caseiros de Luke eram, ela teria guardado para si ao invés de deixá-los a mostra.

Aqueles detetives que roubaram seus cupcakes eram pessoas muito próximas e não podia pedir por nada em troca. Essa foi a coisa mais dolorosa.

Ela finalmente olhou para Luke e perguntou: — Você não podia ter me dado os cupcakes quando eles não estavam por perto?

Luke sorriu, mas não falou nada. Não era culpa sua que Elsa não podia proteger os cupcakes que ele deu.

Após ela terminar seu único cupcake, Luke perguntou: — Qual é o nosso novo caso?

Elsa jogou o arquivo para ele, e este o leu.

— É um caso realmente complicado. — Elsa explicou: — A vítima é William Johnson, que levou um tiro na cabeça em seu carro. Ele estava no ramo imobiliário. Segundo nossos arquivos, está ligado a vários casos de extorsão e agressão. A notícia é que ele também estava envolvido em vários casos de assassinato em prédios antigos de sua propriedade.

Luke leu o arquivo e as anotações de Elsa: — Então, ele era o líder de uma gangue e era apenas uma questão de tempo antes de ser morto?


Considere fazer uma Doação e contribua para que o site permaneça ativo, acesse a Página de Doação.

Comentários

0 0 votos
Avalie!
Se Inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar