Switch Mode
Participe do nosso grupo no Telegram https://t.me/+hWBjSu3JuOE2NDQx

Super Detective in the Fictional World – Capítulo 226

Lembrarei de Colocar as Calças

Jenny deixou uma impressão profunda em Selina, pois esta era o exemplo típico de um suspeito que não ajudaria com a investigação por ser o culpado.

Luke se perguntou de repente se ele tinha algo a ver com tudo isto.

Foi a WD-36 que forneceu maconha para Jenny. Eles eram uma das maiores gangues no negócio de drogas na área da UCS.

Anteriormente, Luke destruiu suas bases em seis dias para conseguir experiência e pontos de crédito o bastante. Lembrou que havia matado o terceiro no comando da gangue também.

Porém, Luke não falou nada e só continuou com suas perguntas.

Meia hora depois, os dois levantaram e se despediram de Sheerah.

Na porta, Luke pensou por um momento antes de dizer: — Sheerah, tentarei resolver seu problema em uma semana. Não se preocupe demais e apenas foque nas suas coisas.

Sheerah não ficou surpresa. Ela sabia que Elsa confiava e pensava bem deste jovem. Assim, assentiu e respondeu: — Me ligue se precisar de algo de mim.

Luke assentiu com um sorriso: — Você também. Você tem meu número.

Selina exibiu uma expressão estranha.

Após entrarem no carro, Selina perguntou de repente: — Você está interessado nela?

Luke ficou intrigado: — Hã?

— O que ela falou no final foi muito estranho. “Se precisar de algo de mim”… Hehe, ela não está nos seus trinta? — falou Selina brincando.

Luke retrucou: — Ela só tem vinte e nove. Se disser que ela está em seus trinta na aparência, ela mandará o segurança te expulsar!

Selina: — Acredito nisso. Hm, se ela te ligar no meio da noite e disser, “Devo ter você, baby”, você vai correr até lá pelado?

Luke respondeu: — Não, lembrarei de colocar as calças.

Selina: — … Devo ter você, baby.

Luke: — O quê?!

Selina: — Por que ainda está usando a camisa? Você mesmo disse que só usaria calças se ouvir isso.

Luke. … Bastarda!

Enquanto conversavam e riam, chegaram na mansão de Jenny.

Um segurança veio após pressionarem a campainha e não foi nenhum daqueles que Luke conheceu antes. O homem perguntou: — Posso ajudar?

Luke mostrou o distintivo e falou: — Sou Luke da LAPD. Gostaríamos de conversar com a Srta. Jenny sobre alguns acontecimentos locais.

O segurança franziu a testa: — Você pode me perguntar.

Luke assentiu e perguntou: — Você sabia que alguns traficantes estão vendendo maconha nesta área?

Desviando o olhar, o segurança respondeu: — Não, não vi.

Luke riu e indagou: — Algum dos vizinhos mencionou isto antes?

O segurança balançou a cabeça: — Não estamos familiarizados com nossos vizinhos. Esta é Beverly Hills, sabia, não um prédio de apartamento.

Luke assentiu: — Então sinto muito por perturbar você.

Então, ele e Selina entraram no carro e saíram.

Selina expressou: — Aquele segurança foi muito frio. Por que parece que não gosta de nós?

Luke riu: — Quem sabe? Não o vi da última vez. Os seguranças mudaram.

Selina viu que Luke estava dirigindo numa direção estranha: — Aonde está indo?

Luke respondeu: — A porta da frente está normal, mas muitos acidentes acontecem nos fundos. Precisamos dar uma olhada.

Selina não entendeu bem, mas sabia que Luke tinha seus motivos, então parou de perguntar.

Luke estava pensando que se a Srta. Jenny ainda estivesse comprando maconha, as transações só aconteceriam nas portas dos fundos. Assim, não machucaria checar.

Nos fundos, Luke desacelerou e desceu o vidro enquanto observava o ambiente.

Como as coisas mudaram! Da última vez que veio a esta mansão, Elsa ainda tinha sido indiferente com ele.

Um Ford SUV passou por eles de repente. Luke deu uma fungada e pisou no freio.

Pensando por um momento, ele acalmou e dirigiu lentamente.

Este lugar mudara.

A entrada dos fundos, que ficava quase de frente para a casa do outro lado da rua, foi mudada.

Luke observou do carro por um momento e soube que a entrada dos fundos agora estava fora do alcance da câmera de segurança do outro lado da rua, que pertencia a Smith.

Jenny também havia reajustado sua própria câmera de vigilância. Esta foi instalado na porta dos fundos e não capturaria a visão de mais nada.

Parecia que Jenny não havia desistido após o incidente da fita da última vez e estava prosseguindo com seu pequeno passatempo.

Os ricos realmente poriam fazer o que quisessem.

Mas, é claro, maconha não era realmente uma grande coisa na América.

Todos tinham um ou dois amigos estranhos que fumaram maconha antes.

Observando o ambiente e respirando fundo, Luke virou o carro e acelerou.

Selina perguntou: — Hã? Não vamos sair para checar a área?

Luke respondeu: — Não precisa. Srta. Jenny está na SUV que acabou de passar por nós. Não precisa se preocupar com sua mansão agora.

Selina ficou confusa: — Ela saiu de casa?

Luke expressou zombeteiramente: — Bem, não sei se foi de bom, mas há quatro homens no carro e nenhum deles é da equipe de segurança, então o que acha?

Selina não questionou o julgamento dele e apenas franziu a testa: — Quatro homens que não são da equipe de segurança? Ela foi sequestrada?

Luke respondeu: — Não tenho certeza, mas podemos rastreá-los.

Os quatro homens não cheiravam tão bem quanto os seguranças, e fediam a maconha, heroína, dinheiro e óleo de arma, bem como pólvora.

Todos provavelmente eram traficantes.

Com Direção Elementar e Olfato Aguçado, Luke capturou a SUV após vários minutos.

Esta SUV era bastante velha e gasta, mas todos os vidros foram melhorados com tonalidade escura.

Era impossível ver o que estava acontecendo no carro, exceto pelo para-brisa.

Vidros escurecidos não eram raros na Califórnia, onde o sol era forte, e certamente não era incomum em um carro que tinha quatro traficantes e uma garota.

Selina aguardou, só para perceber que Luke só estava seguindo a SUV. Ela pensou por um momento antes de perguntar: — Você está querendo capturar mais deles?

Luke riu e assentiu: — Srta. Jenny não gosta de nós, mesmo, então vamos deixá-la aproveitar a companhia dos quatro com odor corporal forte.

Selina não tinha objeções. Afinal, não conhecia Jenny e sempre apoiou Luke incondicionalmente.

Assim, os dois carros saíram de Beverly Hills e entraram no bairro sul da UCS.

Luke acelerou e estacionou do lado da estrada a trinta metros de distância antes das pessoas na SUV saírem.


Considere fazer uma Doação e contribua para que o site permaneça ativo, acesse a Página de Doação.

Comentários

0 0 votos
Avalie!
Se Inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar