Switch Mode
Participe do nosso grupo no Telegram https://t.me/+hWBjSu3JuOE2NDQx

The Beginning After The End – Capítulo 481

Uma última palavra

POV CECÍLIA

O som dos passos rápidos e confiantes de Agrona bloqueou todos os outros ruídos nos corredores do Taegrin Caelum. Eu me sentia arrastada em meus próprios passos, quase tímidos, enquanto lutava para acompanhá-lo. Ao meu lado, Nico caminhava de olhos fechados, sua atenção toda em mim, sem se preocupar com onde pisava. Por duas vezes, ele tropeçou em degraus inesperados, mas seus olhos continuavam cravados em mim como se fossem ferros em brasa.

Seus dedos se cerravam e se abriam enquanto seus dentes mordiam o interior do lábio. Por várias vezes, ele abriu a boca, lançou um olhar para as costas de Agrona, e então a fechou novamente, voltando a morder o lábio. Ele só poderia tornar mais óbvio que precisava me dizer algo se tivesse escrito a informação em runas na própria testa, mas era claro que não podia falar o que queria na frente de Agrona.

Seja o que for, vai ter que esperar, pensei, meu olhar fixado nas costas de Agrona. Estamos indo para Dicathen. Para matar Grey.

Tessia tinha se mantido silenciosa. Durante minha conversa com Agrona, senti lampejos de suas emoções, principalmente o alívio que sentia toda vez que Ji-ae falhou em localizar Grey, mas ela estava mantendo seus pensamentos afastados de mim.

Tanta coisa aconteceu tão rápido. Tessia me libertou da armadilha que Grey havia armado, permitindo que eu escapasse das Relictombs e voltasse para Agrona. Tentei não pensar na promessa que fiz a ela.

— É por isso que você está em silêncio agora? Arrependimento?

Não houve resposta, mas eu não esperava uma.

Chegamos a uma câmara de teletransporte que nunca tinha visitado antes. Sabia que ainda estávamos na ala privada de Agrona, então presumi que fosse seu tempus warp pessoal. A câmara octogonal era pequena quando comparada com as grandes salas de estar, de estudos e outros espaços semelhantes que compunham as partes da ala privada que eu havia visto. 

A luz descia de um teto inclinado para iluminar um tempus warp descansando em uma coluna de granito no centro da sala. No momento em que entramos, o tempus warp se ativou, com runas brilhantes ardendo ao longo de sua lateral.  Embora tivesse mais ou menos a mesma forma de uma bigorna, o tempus warp de Agrona era suavemente prateado, e maior do que a maioria dos que eu havia visto.

— Aproximem-se — disse ele, movendo-se para o lado oposto sem muita cerimônia.

Nico ficou à sua esquerda e eu à sua direita. Lá no fundo, senti um tumulto em minhas entranhas, e não consegui determinar se o nervosismo que sentia era meu ou de Tessia.

Agrona não deu nenhum aviso quando nós três fomos subitamente retirados de Taegrin Caelum e transportados através do mundo. Embora tenha havido uma leve sensação de deslocamento, a transição foi tão suave que quase desafiava a compreensão, evocando uma estranha sensação de fluidez no movimento. Quando meus pés afundaram na grama na altura dos tornozelos, tropecei.

Nico me segurou mais firmemente do que necessário e me olhou com preocupação.

— Cecil? Você está…

— Estou bem — disse, tirando meu braço de suas mãos e olhando ao nosso redor.

Estávamos parados à beira de um pequeno bosque. À nossa frente, havia um agrupamento de rochas que formavam uma entrada de caverna estreita. Procurei por qualquer interrupção na mana que pudesse sugerir a presença de Grey, mas não havia nada.

— Tem certeza que ele está aqui? Ji-ae poderia ter se enganado?

Os ornamentos em seus chifres tilintavam levemente enquanto Agrona me olhava, com as sobrancelhas erguidas, incrédulo.

— Cecil, querida, não seja tola.

Meu rosto empalideceu, provocando um sorriso em Agrona enquanto ele se virava e começava a se encaminhar em direção às rochas.

Nico segurou minha mão, seus olhos faiscando enquanto queimavam em direção às costas de Agrona. Ele esperou um momento, deixando Agrona dar alguns passos à frente, então se inclinou em minha direção.

— Eu preciso…

— Venham — disse Agrona, sua voz barítona suave vibrando em meu peito.

Apertei a mão de Nico e depois me afastei, seguindo apressadamente Agrona. Senti Nico parar antes de me seguir hesitante.

Agrona adentrou a fenda nas rochas e flutuou lentamente para baixo na escuridão. Pouco antes de sair da minha vista, ele olhou para cima, na minha direção, e seu olhar me prendeu como um cabo. Sem pensar duas vezes, entrei atrás dele. Por um segundo, mergulhei na escuridão, mas a sensação de queda evaporou quando me segurei com a mana e comecei a descer devagar.

Aterrissei em rocha áspera ao lado de Agrona. Um segundo depois, Nico pousou do meu lado. Diante de nós, havia uma caverna estéril. A única característica notável era os restos de um enorme trono. Ele estava destroçado, e os fragmentos espalhados pelo chão da caverna.  Ainda assim, não senti nenhuma perturbação na mana, nenhum sinal revelador de uma presença etérica. Para todos os meus sentidos, a caverna estava vazia. Se Grey realmente estivesse lá, Nico não teria tido chance de localizá-lo sem ajuda.

— Revirei este lugar de ponta cabeça procurando túneis ou câmaras ocultas — disse Nico, seus pensamentos seguindo os meus.

— Simplório — murmurou Agrona. Apoiando as mãos nos quadris, ele olhou para o centro da caverna. Até onde pude perceber, ele não estava olhando para nada. — Não se preocupe com isso, pequeno Nico. A culpa não é sua. Afinal, Arthur é apenas… muito mais esperto do que você.

Nico se encolheu como se tivesse sido atingido e olhou para os pés. Senti que deveria intervir, mas minha mente estava ocupada demais com o quebra-cabeça do esconderijo de Grey.

— Então, como encontramos essa… dimensão de bolso? Não é assim que Ji-ae chamou?

— O aspecto do éter chamado spatium é, como se poderia esperar, bastante hábil em manipular o espaço físico — disse Agrona, sua voz mudando. Em vez do sarcasmo frio e provocador, ele parecia um professor entusiasmado explicando um tópico favorito. — Essas dimensões de bolso têm todo tipo de utilidades. Os artefatos de armazenamento extradimensionais tão comumente usados em ambos os continentes foram projetados com base em uma premissa semelhante. Claro, os djinn podiam fazer muitas coisas que, hoje, são vistas pela maioria como impossíveis.

Agrona andou em círculo ao redor da caverna, seus olhos sempre focados no mesmo ponto.

— Quando ligados a um item com runas, esses espaços são relativamente estáveis, mas quando projetado assim… — Agrona parou e deu alguns passos para trás. Embora estivesse em uma postura relaxada, ondas de mana negra começaram a irradiar para frente dele. Estrias escuras apareceram no ar quando sua mana interrompeu a atmosfera, dispersando-se pela caverna.

Uma bolha transparente e etérica tornou-se visível, revelada pelas ondas de mana. Ela cintilava, brilhando com uma luz interna que de alguma forma contradizia a mana negra que a bombardeava. Era pequena, apenas alguns metros de diâmetro, e pairava a pouco mais de quatro metros no ar. Só então, olhando-a com tanta mana a destacando, percebi a distorção que poderia ter revelado sua presença.

Uma parte de mim ficou envergonhada por não ter sentido isso antes, enquanto outra estava impressionada, e até um pouco assustada, por Ji-ae ter encontrado de tão longe, através do oceano, e com as forças de busca de Alacrya tão distantes.

Também estava curiosa sobre como Agrona parecia identificar e manipular isso com tanta facilidade, mas, à medida que tudo se desenrolava, mostrava principalmente o quanto o ataque de Agrona a Nico havia sido injusto. Quando olhei de relance para Nico, percebi que ele ainda estava me observando, não examinando a dimensão de bolso. Dei-lhe um pequeno sorriso de desculpas, esperando que ele entendesse.

A mana que emanava de Agrona intensificou-se. Chicotes de vento do vazio golpeavam a bolha repetidamente, ficando lentamente mais fortes. As bordas da bolha estavam se desgastando, e o espaço parecia se distorcer estranhamente ao redor delas, dobrando e torcendo a mana.

— Para trás — disse Agrona de repente, fazendo um gesto com a mão.

Nico e eu rapidamente nos afastamos de onde as linhas irregulares de mana negra se chocavam contra a bolha transparente, cada golpe atingindo com mais força.

Com uma onda de ar, a bolha estourou. Dentro dela era… difícil de entender. Um espaço tridimensional várias vezes maior do que a bolha tinha sido dobrado dentro dela. Vi o espaço que estava escondido dentro como se estivesse olhando através de um vidro distorcido, suas proporções completamente fora do comum, os atributos físicos perdendo todo o significado, exceto pela presença de um brilho suave.

O que tornava a visão ainda mais confusa era o fato de que rapidamente se desdobrava enquanto se derramava para fora na caverna, fazendo a transição da dimensão de bolso de volta para o espaço normal como a vela de um navio se desenrolando.

Com o rangido de pedra e um som lento de água espirrando, o espaço escondido se instalou no centro da caverna. Um líquido brilhante deslizava para frente e para trás em uma pequena piscina, parcialmente escondida por uma névoa rosada que a cercava em paineis suaves como paredes. Enquanto assistíamos, a névoa começou a se dispersar.

Sentado na piscina, de olhos fechados, estava Grey. Uma garota com o mesmo cabelo loiro trigo estava sentada em frente a ele. Eu nunca a tinha visto nessa forma com meus próprios olhos, mas sabia pelas memórias de Tessia e pela sua assinatura única de mana que esta era Sylvie, seu vínculo dragão em sua forma humanoide.

Uma relíquia cuboide escura flutuava no ar entre eles, estalando e provocando solavancos violetas de éter.

Ambos estavam de olhos fechados. Nenhum dos dois se moveu enquanto a água da piscina se estabilizava, o suave espirrar contra suas roupas cessando. 

Eles nem sabem que estamos aqui, pensei. Apesar de estar enterrada profundamente em mim, Tessia tremia.

Nico engoliu em seco enquanto se aproximava ao meu lado, seus olhos fixos em Grey. Antes, tenho certeza de que ele já estaria em movimento, o ferro-sangue descendo sobre o pescoço indefeso de Grey. Agora, porém, não consegui ler sua expressão.

As solas das botas de Agrona rangeram contra o chão coberto de sujeira enquanto ele se aproximava da piscina com cautela. Surpreendentemente, seus olhos escuros estavam totalmente fixos na garota. Chegando à beirada, ele se ajoelhou e estendeu a mão, seus dedos apenas roçando levemente uma mecha de cabelo dela.

— Filha… — disse ele, com os lábios enunciando cuidadosamente a palavra que mal sussurrou.

De repente, ele se levantou. Seus punhos cerraram e a mana ao seu redor parecia se afastar assustada.

— Que desperdício. Que decepção. — Ele desviou o olhar e começou a virar as costas para ela, mas, como se fosse agarrado por alguma força externa, parou e olhou para trás. — Você pensa como um menor, filha. Míope e desesperada. O ato de sua mãe, vinculando você a um menor como se fosse uma besta comum, destruiu seu potencial. — Ele balançou a cabeça, e os punhos se abriram. 

Com um suspiro, ele finalmente se afastou, e seus olhos, cuja cor se perdeu dentro do reflexo da luz da piscina, se prenderam aos meus.

— Mate-a, querida Cecil. Absorva a mana dela e então podemos decidir o que fazer com seu velho amigo Grey.

Eu congelei. O esforço para desviar o olhar de Agrona para Sylvie, sua própria filha, parecia hercúleo. Eu já tinha provado sua mana pura antes. Na época, eu desejava avidamente absorver cada gota dela. Que insights sobre mana, ou até mesmo éter, um reservatório de mana completo, saudável e poderoso de um dragão me proporcionaria?

E ainda assim minha atenção se voltou para dentro, buscando profundamente onde Tessia estava. Estava esperando por seus protestos desde o momento em que Grey e seu vínculo apareceram, e ainda assim ela permaneceu em silêncio.

Ela se agitou ao sentir minha atenção voltar para ela.

— Estou em seus pensamentos, Cecília. Você já sabe o que eu diria, porque você se sente da mesma forma.

Recuei do contato mental como se ela tivesse me atingido.

— Depois de tudo, é só isso que você tem a dizer? Por que me vincular a uma promessa se não vai cobrá-la?

Ela não respondeu.

Engoli desconfortavelmente. Um leve arquear da sobrancelha de Agrona forçou minha atenção de volta para ele.

Este era um pedido injusto. Ela era sua filha, e estava indefesa. Era cruel me pedir para absorver sua mana. Se ela tivesse que morrer aqui, por que tinha que ser pelas minhas mãos?

Outra parte, mais profunda e assustada, reconheceu algo mais. Ela é sua filha, e ele está disposto a tirar a vida dela tão facilmente. A verdade era que eu tinha tentado ver Agrona como uma figura paterna, não é? Não tinha tentado ser como uma filha para ele? Nunca tive família na Terra. Apenas Nico. E Grey, reconheci com alguma dificuldade. E a diretora Wilbeck, que sempre foi gentil comigo.

— Cecília querida… — Agrona provocou, um tom perigoso em sua voz.

— Não posso — disse com um nó na garganta. — Sinto muito, Agrona. Por favor, não me peça para fazer isso.

Agrona deu um passo em minha direção. Seu rosto era impassível, tão vazio quanto se fosse esculpido em mármore.

— Você é o legado, Cecília. O caminho diante de você será repleto de obrigações exigentes. Você não pode vacilar em cada uma delas, precisando que eu segure sua mão durante todo o caminho. Nossas vontades – sua vontade – devem ser absolutas.

Minha mandíbula se moveu silenciosamente enquanto Agrona mantinha seu olhar travado no meu. Eu não conseguia desviar o olhar dele.

— Vou travar suas batalhas por você. Destruirei seus inimigos. Dominarei cada aspecto da magia asura, e farei o mundo se curvar, se isso for o que você deseja. — Soltei um suspiro trêmulo. Minhas pernas pareciam gelatina, e minhas entranhas se contorciam como enguias de fogo. — Mas, por favor, não me obrigue a fazer isso.

— Este é o seu limite? — A expressão de pedra de Agrona se rachou, mas não se desfez. Ele olhou para o vazio entre nós e soltou um suspiro suave de algo como risada, mas muito longe disso. O movimento fez os enfeites em seus chifres tilintarem suavemente. — Depois de todas as mortes que você causou, é aqui que decide não matar? Que tipo de lógica inconsistente impede você de matar minha filha? É o vínculo dela com Arthur? Ou… a relação dela comigo? Não. Você tem medo do que pode acontecer a você, sabendo que eu poderia fazer isso com minha própria carne e sangue.

— Não… Sim. É que tudo isso… Eu… — Olhei para Tessia, desejando que ela me implorasse para não matar Sylvie ou Arthur. — Não vou fazer isso.

Agrona riu com desdém, um som amargo e cortante.

— Cuidado, Cecília. Veja o que acontece com aqueles que me decepcionam. — Ele apontou delicadamente para a garota imóvel na piscina.

Nico se colocou na minha frente e levantou o cajado de madeira negra que havia projetado, com seus quatro cristais de cores diferentes brilhando fracamente.

— Chega! — Sua voz estava mais aguda que o normal, e havia suor em sua testa. — Depois de tudo que ela fez por você… depois de tudo! Você não tem o direito de ameaçá-la, Agrona. 

Meu coração deu um salto estranho no peito, eu queria estender meus braços para abraçar Nico, protegê-lo. Entretanto, Agrona começou a rir. O som de sua risada selvagem ecoou pelas paredes e me paralisou no lugar.

— Eu tive muito tempo para pensar, e finalmente entendi —, Nico continuou, sua voz tremendo quase tanto quanto o cajado em suas mãos. Ele ainda olhava para Agrona, mas eu sabia que falava comigo. — A mesa, as runas, a transferência de energia, tudo isso.

A risada de Agrona diminuiu e ele enxugou uma única lágrima da bochecha. Ele deu a Nico um sorriso predatório.

— Ah, vá em frente. Você claramente está morrendo de vontade de ter seu grande momento, herói.

Com dificuldade, Nico começou a explicar. Lutei para acompanhar todos os detalhes técnicos. Ainda assim, o propósito era claro o suficiente: a mesa de artefatos, em conjunto com as runas que marcam meu corpo, transferia habilidades mágicas de uma pessoa para outra.

Cautelosamente, toquei o ombro de Nico, e ele parou de falar, olhando para mim com esperança desesperada.

— Nico… ele já me contou. Desculpa. Eu sei.

Suas sobrancelhas se franziram em confusão e sua boca se moveu silenciosamente. Por fim, ele disse:

— Não, você não entende.

— Sim, você me pegou! — Agrona disse, erguendo as mãos como se estivesse se preparando para que elas fossem algemadas. — Trabalho de investigação incrível, Foice Nico. Você descobriu que tenho planos de contingência. Que choque terrível para você, eu sei.

Nico se virou completamente para mim agora, colocando uma mão no meu ombro e se inclinando até nossos rostos quase se tocarem.

— Não é uma opção em caso de emergência, Cecil. É o plano todo. Ele pode tirar o Legado de você. Todo esse potencial, todo esse conhecimento… a compreensão sobre todas as artes de mana dos outros asura, tudo. — O aperto de Nico se intensificou, e seus olhos brilharam de raiva e medo. — Ele nunca vai nos mandar para casa. É tudo mentira. Tudo.

Atrás de Nico, Agrona revirou os olhos.

— Como de costume, Nico, você falha em ver o que está bem na sua frente. Você acha que você e Cecilia podem voltar para a Terra e viver uma vida aconchegante e feliz se ela ainda for o Legado?

Nico girou de volta para Agrona, novamente brandindo o cajado.

— Você me provocou, insultou e menosprezou. Atiçou minha raiva enquanto tirava tudo de mim, me enganando com promessas de trazer Cecilia aqui e depois nos mandar de volta para a Terra para termos uma vida juntos. Você nunca parou de mudar os objetivos para garantir que nada – nada! – nunca fosse suficiente para você. Mas este… este é o limite que não vou cruzar. Não vou deixar você fazer isso com a Cecília!

Olhei de um para o outro. Agrona já havia me contado o que ele e aqueles magos estavam fazendo quando acordei da minha Integração, e, com base no que Nico estava dizendo, parecia que ele havia sido sincero. Contudo, Nico estava assustado… e com raiva. Eu nunca o tinha visto enfrentar Agrona antes, e saber que ele estava arriscando a ira de Agrona para me defender…

— Basta — disse Agrona, qualquer vestígio de humor em seu comportamento desaparecendo de um batimento cardíaco para o outro. Um vento frio varreu a caverna, jogando poeira em nossos rostos. Seus olhos brilharam com um escarlate furioso enquanto ele olhava para mim, ignorando Nico. — Cecília. Estou cansado deste joguinho. Absorva a mana desse fracasso asura agora. Mate-a ou… veja Nico morrer em vez disso.

Meus ouvidos se encheram de um zumbido terrível. Uma pressão pesada parecia descer sobre meu peito, esmagando o ar dos meus pulmões.

De alguma forma, Nico parecia não ser afetado. Seu cajado cortou o ar, conjurando um escudo com os quatro elementos se entrelaçando e girando entre si. Ele falou, e embora eu reconhecesse as palavras como desafiadoras, não conseguia processá-las além do som de tambor em meu crânio. Eu queria pará-lo, protegê-lo, implorar para que Agrona entendesse, mas me sentia como se tivesse sido transformada em pedra.

Do fundo do meu ser, senti uma sensação como se estivesse mexendo meus dedos descalços na grama fria.

— Está tudo bem, Cecília. Eu estou aqui. Você sabe o que é certo e tem a força para fazer isso.

Enquanto me apoiava nessas palavras, apreciando Tessia de verdade pela primeira vez desde minha reencarnação, algo quente e úmido borrifou em meu rosto. Como um tipo de eco percebi que houve um surto de mana.

Lentamente, meu olhar caiu, das luzes cintilantes dentro dos cristais incrustados no cajado de Nico, para seu cabelo preto emaranhado, descendo pelo pescoço e ombros. Ali, meu foco se prendeu, fixado no que via, mas incapaz de processar.

Nico caiu de joelhos. 

O escudo rachou, os elementos se fragmentando e se voltando uns contra os outros enquanto a magia no ar se desvanecia. 

Em cada mão, Nico segurava uma metade do seu cajado.

Vi tudo isso de uma forma desprendida, periférica ao foco do meu olhar, que permanecia nas costas de Nico, logo abaixo de suas omoplatas, onde um espinho negro de ferro-sangue havia irrompido dele. Dezenas de espinhos menores surgiram do sangue que escorria pelo metal negro, e ainda mais cresceram desses, cada um com uma gota de sangue na ponta. Essas gotas caíam como pétalas de uma roseira, formando uma poça abaixo dele.

Minha mão se levantou, tocando meu rosto. Foi o ato de olhar para baixo e encontrar minha própria pele vermelha com o sangue de Nico que finalmente me tirou do torpor.

Respirei fundo, desesperada, e me joguei de joelhos ao lado de Nico no momento em que ele começava a cair para a frente. Puxando-o para meus braços, coloquei-o no chão com cuidado.

— Nico. Nico! Nico… — O nome dele continuava saindo dos meus lábios, minha entonação mudando a cada vez, quase como se eu estivesse recitando um feitiço.

Seus olhos escuros se voltaram para mim, brilhando de dor. Seus lábios se moveram, mas nenhum som saiu, e eu estava entorpecida demais pelo choque para ler o que diziam. Seus olhos se desviaram de mim, e eu os segui, olhando para o rosto de Agrona no momento em que seus dedos se emaranharam no cabelo cinza-metálico que sempre odiei. Com um punhado do meu cabelo, Agrona me puxou para ficar de pé e me arrastou em direção à piscina. Pensei que estava gritando, mas não tinha certeza.

Com um empurrão, caí de joelhos e mãos ao lado de Sylvie, quase aterrissando na piscina com ela e Grey. O vermelho se espalhava no líquido, tingindo lentamente a luz azulada de um roxo furioso.

 — Mate-a — exigiu Agrona friamente, sua intenção assassina pressionando sobre mim, impedindo-me de me levantar.

Virando a cabeça, olhei para seu rosto. Não havia nenhum sinal do homem que me trouxe para este mundo, que me deu a força e a confiança para ousar uma nova chance de vida, em seu olhar expectante, mas sem emoção. Agora, assim como os pesquisadores do meu antigo mundo, ele me olhava como se não houvesse dúvida de que me faria ceder. Eu faria a vontade dele como sempre fiz. Este era apenas mais um teste.

Fechei os olhos contra a dor que apertava meu coração acelerado como garras venenosas. Aceitando o que isso significaria, pronunciei uma última palavra, inesperadamente libertadora.

— Não.


Considere fazer uma Doação e contribua para que o site permaneça ativo, acesse a Página de Doação.

Comentários

5 33 votos
Avalie!
Se Inscrever
Notificar de
guest
101 Comentários
Mais recente
Mais Antigo Mais votado
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Juan CarlosD
Membro
Juan Carlos
4 dias atrás

F Nico

Novais
Visitante
Novais
10 dias atrás

Vamo combinar q o nico foi um animal, q q ele esperava q ia acontecer dps de peitar o Agrona, eles iam sair felizes e viver a vida?

F3n1x
Visitante
F3n1x
10 dias atrás

FINALMENTE PORRA, acordaram pra vida krl!!!
F nico

Umbra MortisD
Membro
Umbra Mortis
18 dias atrás

Caraí, vou até subir pra ver se realmente esse cap foi curto, pqp

Allex Gustavo
Membro
Allex Gustavo
17 dias atrás
Resposta para  Umbra Mortis

pprt felca

Johnny
Visitante
Johnny
25 dias atrás

Barraco pique casos de família rolando, e o Arthur só naquela soneca de respeito é o goti não tem como kkk

SchumannD
Membro
Schumann
26 dias atrás

Pqp nico só c fode

Treezy
Membro
Treezy
27 dias atrás

Pqp, cap de hj foi sinistro com certeza foi o melhor cap de TBATE já feito

Mathh_01
Visitante
Mathh_01
27 dias atrás
Resposta para  Treezy

Sabe que horas lança aqui?

Devil
Membro
Devil
27 dias atrás
Resposta para  Mathh_01

Provavelmente meia noite, mas lá no tsundoku lançou faz horas e nmrl, QUE CAPITULO FODA DO KARALHOOOO

MATHEUS MARTINS DO NASCIMENTO
Membro
MATHEUS MARTINS DO NASCIMENTO
30 dias atrás

Acho muito provável o Indrath aparecer, já que o Agrona não pode interferir diretamente com a guerra, e a Cecília se negou a obedecer, muito provavelmente ele próprio vai tentar fazer algo com Arthur e Sylvie, aí imediatamente o Kezzes vai aparecer lá onde eles estão…

Gois
Visitante
Gois
30 dias atrás

Porque Agrona não pode interferir? Se o acordo já foi quebrado?

Devil
Membro
Devil
27 dias atrás

Posso te chamar de profeta ou tá cedo ainda?

Antônio Icaro
Visitante
Antônio Icaro
1 mês atrás

É sério?

Oblivion☂D
Membro
Oblivion☂
1 mês atrás

Receba inteligência.

Só agora ela percebeu o óbvio pqp, coitado do nico só se fode kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Mathh_01
Visitante
Mathh_01
29 dias atrás
Resposta para  Oblivion☂

Tu tá lendo de uma forma estranha amigo. Ela não tem a perspectiva do leitor, mas sim do personagem. Tente simular oque ela passou na sua cabeça, e se ponha no lugar dela, atento aos fatos que ocorreram na vida passada e depois que ela reencarnou. Toda a manipulação na mente dela, as turbulências internas e a personalidade do Nico nessa nova vida, quando ele ainda tinha ódio profundo do Gray. Dito isso tudo, você tomaria ações muito diferentes disso?

Danilo Torres
Membro
Danilo Torres
23 dias atrás
Resposta para  Mathh_01

sim

Nub
Visitante
Nub
1 mês atrás

Pensar q essa é obra tera mais uns 10 cap me deixa meio triste!!

MATHEUS MARTINS DO NASCIMENTO
Membro
MATHEUS MARTINS DO NASCIMENTO
30 dias atrás
Resposta para  Nub

Que 10 cap o que mano? Kkkk vai ter mais 1 ou 2 volumes inteiros, sexta feira sai o último capítulo desse volume, aí vamos esperar uns meses e o Volume 12 chega pra nós, não faz sentido ter só mais 10 capítulos

Mathh_01
Visitante
Mathh_01
29 dias atrás

Tem algumas pessoas lendo essa novel que me fazem refletir sobre a interpretação de texto kkkkkkkk, uns manos viajam Hard as vezes

Caos Tolo
Visitante
Caos Tolo
25 dias atrás
Resposta para  Mathh_01

a maioria são assim mano, nem ligue muito, parecem que estão lendo com o olho do cool…

Noite
Visitante
Noite
1 mês atrás

Finalmente ela percebeu que o agrona é um arrombado, precisou só esfregar 89 motivos na cara, dizer que ela é um experimento, dizer que pode tirar o poder dela quando quiser e ainda matar o amado dela, mas que bom que agora ela percebeu 🥰🥰🥰

Galinacio
Visitante
Galinacio
1 mês atrás

Man eu vi um cara que falou que os humanos perdiam a guerra e o Arthur iria pro lado dos inimigos no final alguém confirma?

Pedro Henrique
Membro
Pedro Henrique
1 mês atrás
Resposta para  Galinacio

Bem, a história tá mal contada. Faz tempo que isso aconteceu mas vou tenta recapitular. Dicathen perde a Guerra, mas a cúpula se refugia em Darv. Reino Elfo caí e os pais da tessia são executados. Ela sai de Darv e vai tentar fazer alguma coisa e é capturada. Nico “salva” ela, mas depois captura ela. Arthur chega e salva ela, mas depois morre por quebrar seu núcleo. Silvie se sacrifica por ele e reconstrói o corpo de Arthur como um de um Asura. Ele acorda uma masmorra cheio de bichos e desafios e sem conseguir usar mana. A arma dada por Wren desperta e com ela ele aprende a dominar o Éter e FORJA seu próprio núcleo de Éter. Depois que ele sai da masmorra ele percebe que está em outro continente, ALACRYA, que é justamente o continente do Agrona . Aí ele adota o nome de Grey, se torna professor da academia de lá. Faz colegas, tem novos insight(poderes) do Éter. Nesse meio tempo a Floresta de Elshire é PULVERIZADA, Kezess mandou Aldir destruir tudo com uma espécie de bomba atômica de mana. Ellie quase morre nesse bagui. Cansei, apartir daí se tu quiser saber tem quer ler..

Pedro Henrique
Membro
Pedro Henrique
1 mês atrás
Resposta para  Pedro Henrique

Ah, detalhe, isso é só o básico kkkkk tem muita coisa que eu não falei e MUITA COISA que acontece depois

Kayo
Visitante
Kayo
1 mês atrás

Li em um mes do vol 5. (onde o manga parou) ate agora em um mes. Vi varios comentarios que dividiu comigo todo esse tempo, simplesmente apaixonado por toda obra e engajamento que é ler em conjunto.
Acredito que no proximo cap tenhamos volta do nosso menino Art. e nao posso ta mais ansioso agora que divido com voces o momento de acompanhar semanalmente.
Visto que tenhamos o fim do vol 11. acredito e retornaremos daqui alguns meses nao posso deixar de pensar em como sera o fim definitivo do Art. sendo provavelmente algo que ira sustentar por conta propria a entropia “unindo” os dois continentes e provavelmente deixando Ephoteus de pé. (pelo menos acredito nisso)
Enfim acredito que tenhamos no maximo mais dois volumes e foi muito bom dvidir o momento com todos ate aqui. Obrigado.

Papai Lule
Visitante
Papai Lule
1 mês atrás

Quais as chances da Cecilia virar aliada sem tomar nerf ? Possivelmente agronegocio rouba o legado e vai sobrar só o poderzin de trepadeira da tessia rsrs.
Quero a luta do Arthur e Cecilia Vs Agronegocio.

Mathh_01
Visitante
Mathh_01
29 dias atrás
Resposta para  Papai Lule

Se pá ela continua com o poder mano, pq tipo, mesmo ela sendo o legado ela nn conseguiu tankar nem a intenção do agronegócio, então eu acho que ela recebe até mesmo um buff, tendo em vista que nem do Arthur ela conseguiu ganhar, e convenhamos, na época da luta deles, o Arthur era bem mais fraco que um asura guerreiro adulto, do nível do aldir, e o aldir provavelmente não daria nem pro gasto contra o agrona, desconsiderando a destruidor de mundos.

Filipe Dagrava
Visitante
Filipe Dagrava
1 mês atrás

fodase, antes do art acordar, o chul e o mordain vao aparecer p lutar

⦕ Lok1 ⦖D
Membro
⦕ Lok1 ⦖
1 mês atrás

Se brincar vamos ter 3 x 1, hein. Nesse caso, Agrona vai pelejar pra tentar derrotar eles.

Guidux
Visitante
Guidux
1 mês atrás

Esse capítulo foi realmente muito bom, até que enfim a menina Cecil peitou o AgroNegócio, ansioso pelo próximo capítulo agora,

pingola mole
Membro
pingola mole
1 mês atrás

mano proximo cap vai ser de alguém aleatório, ai depois disso vem um cap do Arthur para depois vim outro cap da Cecília, nesse cap acredito que agrona vai dar um pau na Cecília, e depois disso ele vai ir reto na silvie, mas quando ele for encostar nela vai acontecer algo como:
“quando ele estava quese alcançando ela, uma mão segurou ele pelo punho, Arthur tinha abrido os olhos”
e assim acaba o volume 11
mas para isso acontecer o Arthur tem que recuperar seu eter pq seu núcleo ta zerado, de acordo com oque vimos no último cap

Reikai123
Visitante
Reikai123
1 mês atrás
Resposta para  pingola mole

Eu imagino Agrona bater em Cecília, chega Mordain e as Phoenix e Agrona bate neles, depois ele vai tocar na Sylvie, aí sim, vai acontecer mais ou menos parecido com oque vc disse, só acho que vai ter o Arthur dizendo “tira a mão da minha filha”

Wesley LimaD
Membro
Wesley Lima
1 mês atrás

Mn vtmnc dps dessa mrda toda e fortalecer agrona tu diz n?? N foi tu com sua indiotice.q só fez merda e o nico provavelmente vai morrer ter q esperar uma semana.provavelmente o art vai acordar no proximo cap.

Última edição 1 mês atrás por Wesley Lima
MATHEUS MARTINS DO NASCIMENTO
Membro
MATHEUS MARTINS DO NASCIMENTO
1 mês atrás
Resposta para  Wesley Lima

Nico já tá morto kkkk mas provavelmente o Arthur vai usar 1 lágrima da fênix (ele ainda tem 2) e vai ressuscitar o Nico, e junto disso o Nico vai recuperar o Núcleo de mana, já que lágrimas da fênix é capaz de fazer isso! Aí os 3 reencarnados vão estar juntos de novo, mas muuuuito provavelmente a Cecília vai tomar um grande nerf, talvez o Agrona “roube” mais uma parte do legado dela… mas no próximo cap o Arthur acorda sim!! Porque vai ser o último capítulo do volume 11…

TrabloH
Visitante
TrabloH
1 mês atrás

O que eu li de comentários desde o capítulo passado(com o POV da Tess)e deste, de gente reclamando da Tess é brincadeira. No capítulo passado eu até entendo(mesmo discordando), já que ela basicamente “ajudou o inimigo”.
Mas ai vem minha interpretação, no capítulo passado com o POV da Tess, a Tess ajudou a Cecília a sair da armadilha, na minha visão, para conquistar a confiança da Cecília. A Tess, agora uma mulher adulta que já teve experiências boas e ruins na guerra, sabia que, para conseguir converter Cecília para o seu lado, ela precisaria de ter a confiança dela e fazê-la presenciar a realidade por conta propria(de que Agrona não se importa com ela).
Agora nesse capítulo, ela basicamente executou o “plano”. Durante todo o capítulo ela ficou calada, quieta, deixando Cecília com seus próprios pensamentos, e a julgar as situações com sua própria moralidade, e na sua única intervenção, ela apenas fez Cecília perceber o que ela tentava negar a si mesma desde o início.
Agora, sobre a Cecília, ela não é uma personagem que eu goste(por mais que seja bem desenvolvida). Essa personalidade infantil de não enxergar as atrocidades que ela fez me deixa furioso, fora toda a soberba que o poder deu a ela, mas, dado a situação, faz sentido ela demorar(e demorou muito, pelo amor de Deus) para perceber que agrona não queria seu bem. Ela está(ou estava) em um estado parecido com pessoas com síndrome de estolcomo, onde o agressor, algumas vezes trata a vitima com algum respeito, enquanto cria uma dependência emocional da vitima por ele. Vendo como o Agrona sempre tratou a Cecília, faz sentido, alguem na situação dela pensar, “como que a pessoa que me trouxe novamente a vida me faria mal”, mesmo com pessoas esfregando isso na sua cara. Algo parecido com um filho de um pai abusivo, que demora para perceber o abuso paterno.
No mais, o capítulo foi ótimo, Cecília começou a virar gente, mas ainda não gosto dela, e eu estou empolgadissimo pro retorno da minha querida elfa, quero meu casal realizado.

Wesley LimaD
Membro
Wesley Lima
1 mês atrás
Resposta para  TrabloH

Vc falou tudo e um pouco mais só q papo reto n quero mais ver nem o nome da cecilia nessa obra prra ela só fez merda agr pode se dizer q o agrona tem mais a metade do potencial do legado por isso ele veio dizer uns caps atras q se finjia de fraco um krl ele roubou o poder dela e se acha forte. Qndo o art acordar nos proximos caps provavelmente daí vai comecar a guerra final.

Felps
Visitante
Felps
1 mês atrás
Resposta para  TrabloH

Cara, fico feliz de saber que existem pessoas sensatas lendo a obra ainda, o pessoal tem um hate que pra mim é muito injusto em cima da Tessia, querem que ela seja que nem o Arthur mas esquecem que ele tem uma vida inteira a mais de experiência do que ela, a Cecília até entendo pelas ações dela, mas essa é a proposta do personagem. Compartilho da mesma opinião que você e estou ansioso demais pro capítulo da semana que vem.

Johann Gomig
Visitante
Johann Gomig
1 mês atrás
Resposta para  TrabloH

É isso, sempre achei e concordo, só não tenho a sua paciência pra discutir com grande parte dos infantis que tem aqui 😂😂

Pikachu Ninja
Visitante
Pikachu Ninja
1 mês atrás
Resposta para  Johann Gomig

A menina matou um monte de gente, a única redenção que ela merece é a morte.
Porque olha pelo ponto de vista do povo, a Cecília só matou e dilacerou um monte deles se fosse eu, eu ficaria revoltado se uma pessoa que ajudou a matar minha família tivesse um feliz pra sempre agisse como heroína depois de tudo o que fez.

Entropico
Visitante
Entropico
1 mês atrás
Resposta para  TrabloH

Um dos comentarios mais sensatos que ja li aqui no TBATE, o hate é das crianças/adolescentes que só ficam o dia todo no celular/pc. Mostra uma carteira de trabalho para eles que que a maioria vai sair tudo correndo.

Pikachu Ninja
Visitante
Pikachu Ninja
1 mês atrás
Resposta para  TrabloH

Ela só é burra pra caralho mesmo

Cachorro samurai
Visitante
Cachorro samurai
22 dias atrás
Resposta para  Pikachu Ninja

Não burra, mas ingênua

HeryD
Membro
Hery
1 mês atrás

Agora eu quero saber o que o Agrona vai fazer, porque ele não é idiota de simplesmente matar o Legado, que ele trabalhou tanto pra conseguir. Absorver o resto do poder dela agora não vai adiantar muita coisa, já que ela não evoluiu o tanto que ele queria que ela evoluísse, provavelmente ele quer que ela saia absorvendo mana de dragões até vir insights de éter, pra quando ele absorver o Legado por completo, vir tanto compreensão de mana completo quanto de éter.

HeryD
Membro
Hery
1 mês atrás

Penúltimo cap do volume foi tenso, tô ansioso pro próximo (Turtle já disse que o próximo vai ser o último do volume 11)

Samuel
Membro
Samuel
1 mês atrás
Resposta para  Hery

Ele geralmente faz uma pausa durante essa troca de capítulos? Ou após terminar a temporada 11, na semana seguinte ja dai o primeiro capítulo da temporada 12?

KAGUEL
Visitante
KAGUEL
1 mês atrás
Resposta para  Samuel

Tem uma pausa de mais eu menos 4 meses

HeryD
Membro
Hery
30 dias atrás
Resposta para  KAGUEL

Acho que é só duas semanas de pausa mesmo kkk

Pedro Henrique
Membro
Pedro Henrique
1 mês atrás

As vezes eu sinto que o turtle emburrece o Agrona.. não ler o clima entre os três, explodir de raiva, partir pra cima do legado. Essas não são atitudes que não condizem com a personalidade fria, calculista e manipuladora de Agrona.

Espero que o progresso da obra não aconteça em detrimento da astúcia do agrona.
Acho que o turtle tá perdendo a mão. A obra precisa de um hiato o quanto antes. tbate está por um fio de ter um final buxa

Última edição 1 mês atrás por Pedro Henrique
Remo
Visitante
Remo
1 mês atrás
Resposta para  Pedro Henrique

Discordo, agrona sempre foi autoritário e violento, a própria tensão que existe em todo o sistema político criado por ele e no sistema de ranques(foices, retentores etc) mostra isso. Ele não é alguém q tá acostumado a receber um não.

Remo
Visitante
Remo
1 mês atrás
Resposta para  Remo

Também não acho q ele está sendo violento só pra exercer controle, acho que por algum motivo ele precisa que ela absorva mana asura, talvez ele tenha percebido que consegue melhores insights pegando dela do que absorvendo ele mesmo

Wesley LimaD
Membro
Wesley Lima
1 mês atrás
Resposta para  Remo

Cara ele n consegue absorver prra de nd ele tá usando ela pra sugar o potençial do legado.

Remo
Visitante
Remo
1 mês atrás
Resposta para  Wesley Lima

Acho q pode.
Lembra quando Arthur e Cecília lutaram num castelo lá, q tava todo mundo drenado de mana. Inclusive o vritra.
A cecilia achou que o Arthur tinha drenado o kra, e ele que tinha sido a Cecília.
Foi o agrona, outra prova disso eh aquele vritra desertor a apareceu no deserto, fugindo, se lembro bem ele falou q os outros vritra vinham desaparecendo.

Wesley LimaD
Membro
Wesley Lima
1 mês atrás
Resposta para  Remo

Sim.porem o tempo todo a cecília n tava enxergando algo na cara dela e nem mto dos leitores pq essa puta tava distorcendo tudo pra n aceitar a merda q ela ta fazendo a tess sempre avisou a essa dsgrc

Pedro Henrique
Membro
Pedro Henrique
1 mês atrás
Resposta para  Remo

Vejo que você não compreendeu o que eu disse. O viés autoritário e o comportamento truculento não são sinonimos de estupidez. Agrona é extremamente perspicaz e se provou um grande estrategista. Entretanto, quando se trata da forma como ele lida com o legado ele é bastante insensato. Por isso eu acredito que o autor, Turtle, faz isso de propósito. É apenas a minha opinião 🖖.

Wesley LimaD
Membro
Wesley Lima
1 mês atrás
Resposta para  Pedro Henrique

Vc q n presta atenção ele tava fingindo o trmpo todo sendo q tava na cara da cecília presta atenção na leitura.

Pedro Henrique
Membro
Pedro Henrique
1 mês atrás
Resposta para  Wesley Lima

Juro que tentei entender o que você disse, mas sua gramática é péssima..

Wallysson Almeida
Membro
Wallysson Almeida
1 mês atrás

Bom capítulo.

𝕶ö𝖎𝖓𝖟𝖊𝖑𝖑 𝕭𝖑𝖆𝖉𝖊 𝕸𝖆𝖘𝖙𝖊𝖗D
Membro
𝕶ö𝖎𝖓𝖟𝖊𝖑𝖑 𝕭𝖑𝖆𝖉𝖊 𝕸𝖆𝖘𝖙𝖊𝖗
1 mês atrás

É sério que só agora essa mula manca da Cecília teve a “certeza” de que ela não passa de uma ferramenta descartável nas mãos do Agrona, sério que só agora ela se tocou disse á tenha dó nessa o Turtle tava doidão não é possível.

Última edição 1 mês atrás por 𝕶ö𝖎𝖓𝖟𝖊𝖑𝖑 𝕭𝖑𝖆𝖉𝖊 𝕸𝖆𝖘𝖙𝖊𝖗
Wesley LimaD
Membro
Wesley Lima
1 mês atrás

Pq ele tava doido? O personagem q é um lixo burro q n enxerga nd na cara dela.

Baleygr
Visitante
Baleygr
1 mês atrás
Resposta para  Wesley Lima

Ué, quem escreve a história e criou a personagem foi o próprio Turle, ele que fez a Cecília ser burra desse jeito. Essa burrice dela não faz o menor sentido, e isso é 100% culpa do autor

Fullmetal
Visitante
Fullmetal
1 mês atrás

SSSSSSIIIIIIIIIIIUUUUUU!!!!!!
FINALMENTE o abrir dos olhos .
Não acho que o nico morreu , pow , ele não pode morrer agora , não antes de se acertar com o Arthur, e, no fundo no fundo, ele merece um final feliz. Agrona desgraçado finalmente mostrou as garras , acho que a Cecil não tem chance nenhuma , principalmente depois dele ter pego uma parte dos poderes dela. Mas aí é duas uma , ou os dois vão lutar e quando chegar nos finalmente nosso menino maravilha acorda pra salvar o dia, ou agrona vai deixar os dois em quase morte aí na caverna pois sua atenção foi exigida em em outro lugar (a abertura completa para ephotheus por exemplo).

Fullmetal
Visitante
Fullmetal
1 mês atrás
Resposta para  Fullmetal

Inclusive ….pensando agora …. Quase certeza que o Arthur vai usar uma das lágrimas no nico

Wesley LimaD
Membro
Wesley Lima
1 mês atrás
Resposta para  Fullmetal

Nico q sfd

Samuel
Membro
Samuel
1 mês atrás

Na minha opinião, Nico não morreu…ainda!

JonyZauro
Visitante
JonyZauro
1 mês atrás

Finalmente a Cecília deixou de ser uma moloide, a Tessia mandou uma pedrada na base do discurso, algo que eu não esperava ver dela nem em um milhão de anos, não só isso, mas eu não gostaria de ver o Nico morrer sem se reconciliar com o Arthur, os dois merecem isso atualmente, não só isso, mas a minha ideia do triozinho reencarnado ser a chave pra ir além do destino iria pro brejo kkkkkkkkkkkkk

Cecília tem chances de derrotar o Agrona, mas são poucas, ele sabe demais e deve ter mais poder bruto que a Cecília atual, mas o Legado é OP dms, porém acredito que o Arthur volta logo, não só isso, mas eu to curioso com a situação dos exércitos, o que aconteceu com a Varay? A Caera espalhou que o novo feitiço da Ellie pode alterar as runas do Agrona? Não só isso, mas pensando naquela discussão entre a relação de Mana e Éter, a manipulação monstruosa da Ellie sobre a Mana certamente será importante num futuro plot

Agora to preocupado com outra coisa, Ephotus com certeza é muito mais poderosa que Alacrya, sim, as Assombrações e os Lordes Vritras são poderosos, porém cada um dos líderes dos Grandes Clãs Asuras devem ser muito, mas MUIIITO poderosos, fora que eles devem ter um exército absurdo de Asuras, também espero aue o Kezess seja tipo, a coisa mais quebrada de todas de tão apelão.

To tão animado karai heheheheheheheheheheh

Capuccino Gelado
Membro
Capuccino Gelado
1 mês atrás
Resposta para  JonyZauro

Só eu reparei que a Ellie tem um poder similar ao legado de dar e roubar mana? Não sei se tem algo aí, mas pode ser eventualmente útil

MagiD
Membro
Magi
1 mês atrás

Pior que infelizmente eu não consigo gostar da cecilia e pior, o turtle escreveu ela nesse capitulo como se tivesse se dado conta do obvio, que, por sinal, ela já sabia. Em suas palavras, ela disse que fazia o que fazia por medo e que ela não se arrependeu de ter feito as atrocidades em prol de conseguir o objetivo dela. Mesmo as pessoas esfregando na cara dela que Agrona jamais a ajudaria. E quando ela teve uma real oportunidade de tentar mudar e ajudar, ela simplismente resolve matar o Arthur. Sinceramente, me polpe. Ela não buscou mudar e lutar contra ele, mas o apoiou desde o primeiro momento e quando foi liberta do controle mental, ela negou tudo o que fez, dizendo a si mesma que esse mesmo agrona que a tinha manipulado era confiavel. Cara, que personagem desprezivel. Eu, pessoalmente não gosto do nico, mas devo dizer que ele teve seu momento e tentou libertar a diva da coitadolandia das mãos do cervo megalomaniaco. Eu fico triste por ele ter uma morte tão banal. E quanto a Tessya, burra, resignada, mas burra. Mas ela esta jogando com o destino, o que pode ser que de certo, afinal ainda é uma aposta. Vou te ser sincero que esperava um pouco mais dela, mas eu até que estou achando interessante. Quanto a cecilia, se eu tinha alguma esperança, ela realmente se transformou em asco. Nem para assumir as atrocidades que fez ela tem culhões. Não aguento mais, eu sei não deveria, mas espero que ela morra infeliz e sozinha.

João Vitor
Visitante
João Vitor
1 mês atrás

Espero que tenha ido de vasco

TheVGonsD
Membro
TheVGons
1 mês atrás

Finalmente Cecilia PORRA!
Que cap bom hein. Acho que já era esperado por todos que Nico Iria de F, mas sei lá, para mim ele faria um pouco mais em prol do bem, sabe? Algo para ajudar o Arthur a derrotar Agrona ou fazer a Cecilia entender que ela esta do lado errado. Algo assim. Mas, enfim, deixemos nosso “F” para o guerreiro.

djinn com sono
Visitante
djinn com sono
1 mês atrás
Resposta para  TheVGons

guerreiro é o caramba

ApogeoD
Membro
Apogeo
1 mês atrás
Resposta para  TheVGons

F para o gadão guerreiro

David
Visitante
David
1 mês atrás

Cara, que capítulo foda. Um dos melhores que já li.
Turtle consegue transmitir todo drama, melancolia, tristeza, raiva, tudo… de um jeito tão gostoso de se ler. Levei 40 min pra ler tudo e passou voando! Eu nem percebi!
Só de imaginar a Cecília sendo puxada pelo cabelo por Agrona em anime algum dia me deixou eufórico.
Ele mandando-a matar a própria filha me surpreendeu pra cacete. Quando vi que ele achou o Arthur pensei que poderia ser outra trolagem do Wren. Magnífico.

David
Visitante
David
1 mês atrás

Caralho, que capítulo foda! Um dos melhores que já li.

Tut

Treezy
Membro
Treezy
1 mês atrás

Esse negocio do Agrona conseguir o poder do legado já era bem obvio, agora quero ver como vai desenrolar a partir desse ponto, espero que seja pov do Arthur ou Cecilia semana que vem.

Gabi MateusD
Membro
Gabi Mateus
1 mês atrás

Parabéns Tess por ferrar tudo….de novo

Gian Carlos
Visitante
Gian Carlos
1 mês atrás

Aí está a evolução de toda a merda que a tessia fez kkkkk

Victor Arthur
Membro
Victor Arthur
1 mês atrás

Chegamos na hora da verdade!! Acertei mais uma teoria kkkkk, há alguns capítulos atrás, comentei que seria possível que o Agrona tivesse preparado contingências para proteger o Legado, e se concluiu neste capítulo, aparentemente, Cecília e Nico finalmente perceberam com quem ele se meteram esse tempo todo, Agrona tinha planos de usar Sylvie como arma de algum jeito, e pelo visto Sylvia conseguiu impedir quando fez ela se vincular com o Arthur, talvez, algo relacionado ao núcleo dela… Penso que se o Legado pode ser transferido como foi dito nesse capítulo, o Agrona deve ter um plano B, algum segundo receptáculo.

Chegamos em um momento importante, Arthur estará retornando para o seu corpo muito em breve, e estará de frente para Cecília que irá enfrentar Agrona, que inclusive, demonstrou um conhecimento de Éter gigantesco, conseguindo encontrar a dimensão de bolso do Arthur, espero que este seja um sinal de que ele de alguma forma aprendeu a lidar com o Éter durante todos esses anos de estudo. Veremos um combate entre Nico e Cecília vs Agrona, pelo visto, Nico acabará morto, e se Cecília não quiser cooperar, pode acabar morrendo. Tessia, Tessia… Espero que tenha um bom motivo para você estiver fazendo essas ações, porque me parece estranho ela não reagir a nada do que está acontecendo, talvez, esteja esperando o momento certo para agir.

MagiD
Membro
Magi
1 mês atrás
Resposta para  Victor Arthur

infelizmente o nico já bateu as botas e a cecilia, pelo andar da carruagem, numa especie de poesia dramatica, vai repetir os mesmo atos e vai morrer para proteger o art, ou pela mão dele. O que me deixa puto, por que a tessya não mereceia esse destino. Logo veremos uma luta que pode ser muito mais unilateral do que parece, com agrona, provavelmente levando a melhor. Isso é claro, se agrona só não arrancar todo o poder do legado do corpo da tessya e matar a cecilia como um boneco de pano.

Reikai123
Visitante
Reikai123
1 mês atrás

Que capitulo bom, tá maluco.
Cecília finalmente vai fazer e tá fazendo algo que presta.
Eu imagino o Agrona indo matar a Sylvie com as próprias mãos, aí o Arthur vai chegar e falar “Tire as mãos da minha filha” vai ser cinema(ou algo parecido, mas com ele falando que ela é filha dele de verdade pela primeira vez).

WarlocSRPD
Membro
WarlocSRP
1 mês atrás
Resposta para  Reikai123

kkkkkkkkk, muito bom se acontecesse

Remo
Visitante
Remo
1 mês atrás
Resposta para  Reikai123

Seria incrível!

Gois
Visitante
Gois
1 mês atrás

Rapaz eu acho que a parte do toque do Agrona na Silvie vai resolver está situação, porque nós pov do Arthur deu a entender várias vezes que o Arthur consegue sentir seu corpo verdadeiro, e imagino que Silvie deve ser o mesmo.
Então no momento em que Agrona toca na Silvie ela deve ter sentido e deve ter alertado o Arthur para dar um jeito de sair o mais rápido possível da pedra.
——
Obs: Fiquei decepcionado com o Arthur, imaginei que ele teria uma outra barreira, ou alguma armadilha. Mas pelo visto era só a dimensão de bolso mesmo.

Última edição 1 mês atrás por Gois
Gabi MateusD
Membro
Gabi Mateus
1 mês atrás
Resposta para  Gois

Do jeito que essa dimensão tava escondida que nem a Cecilia sentiu, ela já tava beeeeem protegida

David
Visitante
David
1 mês atrás
Resposta para  Gois

Mano, eu considero como boa pq mostra que o Arthur não é infalível, sabe?

Rian OliveiraD
Membro
Rian Oliveira
1 mês atrás

Tô sem entender isso de “ultimas palavras”

Júlio Celso
Visitante
Júlio Celso
1 mês atrás
Resposta para  Rian Oliveira

A tessia matou ela com com a mana dela o turtle disse pra não prestar atenção na promessa e sim no me deve naquele capitulo que ela liberta ela e a tessia está de certa forma calma como se ela estivesse planejando algo ela não se mostra arrependida com a decisão dela.

Fernanda Veras
Membro
Fernanda Veras
1 mês atrás
Resposta para  Júlio Celso

Ele disse isso onde???

Roberto da Silva Luz
Membro
Roberto da Silva Luz
1 mês atrás
Resposta para  Rian Oliveira

“Aceitando o que isso significaria, pronunciei uma última palavra, inesperadamente libertadora.

— Não.”

Ao dizer “pronunciei uma última palavra” , Cecilia provavelmente está se referindo ao climax atual no qual se encontra, ou seja, que esse momento é a decisão final ou um momento decisivo em sua vida. Ela não quer matar Silvie.
O seu “Não” para Agrona neste momento, representa uma libertação que, como ela mesma fala, foi inesperada. Desde que ela foi reencarnada Agrona só vem mentindo, manipulando, e provando ela cada vez mais. Acho que esse foi o limite dela, como o próprio Agrona disse durante o capítulo.
Em teoria, Agrona “poderia” matar Silvy bem ali, mas porque não fez e, pior ainda, porque pede para Cecilia fazer isso? A resposta é, novamente, manipulação e também para ter mais uma corda controlando Cecilia. Até porque, se ele realmente pode pegar o Legado para ele, então tanto faz ele mesmo matar sua filha ou Cecilia.
Enfim, para encerar, o “Não” final de Cecilia demonstra que ela, finalmente, vendo Nico ser morto(Muito provavelmente ele já bateu as botas) por Agrona, está rejeitando toda opressão, obrigação, controle ou conformidade de seguir obedecendo Agrona até aqui.

Drakkon
Visitante
Drakkon
1 mês atrás

Porra e pensar que o nico teve que morrer pra Cecília ver a vdd bixa burra

Antônio Icaro
Visitante
Antônio Icaro
1 mês atrás
Resposta para  Drakkon

Coe o spoiler 😔 só tinha vindo dar uma olhada nos comentários pra vê se valia a pena ler esse cap ainda hj.

TheVGonsD
Membro
TheVGons
1 mês atrás
Resposta para  Antônio Icaro

Cara, os comentários de um cap servem literalmente para comentar coisas que aconteceram no cap….

Pedro Henrique
Membro
Pedro Henrique
1 mês atrás
Resposta para  Antônio Icaro

Mano???

Júlio Celso
Visitante
Júlio Celso
1 mês atrás

Anotem o que estou dizendo a tessia matou a Cecilia leiam o último parágrafo próximos tessia x agrona

Fernanda Veras
Membro
Fernanda Veras
1 mês atrás
Resposta para  Júlio Celso

Como assim???? AaaaaAaa

Última edição 1 mês atrás por Fernanda Veras
Júlio Celso
Visitante
Júlio Celso
1 mês atrás
Resposta para  Fernanda Veras

Ultima palavra inesperadamente libertadora ela morreu

Roberto da Silva Luz
Membro
Roberto da Silva Luz
1 mês atrás
Resposta para  Júlio Celso

Dificilmente e nem faz sentido Cecilia morrer aqui, e desse jeito.
Comentei mais acima, mas vou replicar o comentário aqui novamente.

Veja…
“Aceitando o que isso significaria, pronunciei uma última palavra, inesperadamente libertadora.
— Não.”
Ao dizer “pronunciei uma última palavra” , Cecilia provavelmente está se referindo ao climax atual no qual se encontra, ou seja, que esse momento é a decisão final ou um momento decisivo em sua vida. Ela não quer matar Silvie.
O seu “Não” para Agrona neste momento, representa uma libertação que, como ela mesma fala, foi inesperada. Desde que ela foi reencarnada Agrona só vem mentindo, manipulando, e provando ela cada vez mais. Acho que esse foi o limite dela, como o próprio Agrona disse durante o capítulo.
Em teoria, Agrona “poderia” matar Silvy bem ali, mas porque não fez e, pior ainda, porque pede para Cecilia fazer isso? A resposta é, novamente, manipulação e também para ter mais uma corda controlando Cecilia. Até porque, se ele realmente pode pegar o Legado para ele, então tanto faz ele mesmo matar sua filha ou Cecilia.
Enfim, para encerar, o “Não” final de Cecilia demonstra que ela, finalmente, vendo Nico ser morto(Muito provavelmente ele já bateu as botas) por Agrona, está rejeitando toda opressão, obrigação, controle ou conformidade de seguir obedecendo Agrona até aqui.

Fernanda Veras
Membro
Fernanda Veras
1 mês atrás
Resposta para  Júlio Celso

Que último parágrafo ?? Desse cap?

Arthur Souza
Membro
Arthur Souza
1 mês atrás

eu só quero q Nico e Cecília morram da pior forma possível

WarlocSRPD
Membro
WarlocSRP
1 mês atrás
Resposta para  Arthur Souza

Compreensível, mas já faz um bom tempo que deixei de ter ódio pelo Nico. A Cecília não me importo não, pode morrer essa praga.

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar