Switch Mode
Participe do nosso grupo no Telegram https://t.me/+hWBjSu3JuOE2NDQx

Shadow Slave – Capítulo  123

Mão Amiga

Traduzido usando o ChatGPT



Logo após Nephis finalmente recuperar seus sentidos, eles se prepararam para deixar o abrigo da gigante mão de pedra. A manhã acabara de começar, então havia tempo suficiente para atravessar a distância restante e escalar a profunda e vasta cratera. Se tudo corresse bem, eles veriam o próximo pôr do sol no topo do alto muro da misteriosa cidade.

Claro, várias coisas poderiam dar errado entre agora e então. Mas, por algum motivo, Sunny se sentia otimista.

Este era um momento raro para seu coração cínico e paranoico.

Assim como antes, Sunny e Neph se revezavam descendo alguns metros e abaixando Cassie um para o outro com a ajuda da corda dourada. No entanto, eles haviam se tornado consideravelmente mais fortes desde a última vez que tiveram que fazer isso.

Sunny se lembrou de como era cansativo descer da estátua do gigante cavaleiro dessa maneira e riu. Agora, ele sentia que poderia fazer isso três vezes seguidas e consideravelmente mais rápido também. Embora ele tivesse passado os últimos dias em um pesadelo interminável e levado seu corpo ao ponto de quase desligar, agora, não havia nada além de força resiliente preenchendo seus músculos.

Estes dois meses que passaram no inferno perigoso do labirinto carmesim, lutando constantemente por suas vidas e matando monstros que nenhum Adormecido deveria enfrentar um após o outro, tornaram os três muito mais poderosos.

Sunny duvidava que muitos Despertos já passaram por uma iniciação tão implacável e viveram para contar a história. Quando ele voltasse ao mundo real, provavelmente seria considerado um dos representantes de elite da geração atual.

‘Huh, isso pode ser realmente um problema.’

Bem, ele sempre poderia culpar tudo em Nephis. Ela já estava perto de ser uma existência mítica – a última filha do lendário clã da Chama Imortal, uma das poucas Despertas na história que conseguiram receber um Nome Verdadeiro no Primeiro Pesadelo, a melhor aluna de seu grupo de Adormecidos na Academia e assim por diante.

As pessoas facilmente acreditariam que uma prodígio como ela tinha sido capaz – e disposta – a carregar dois fracos patéticos nas costas até o Portal.

Sunny só precisava escolher cuidadosamente suas palavras ao descrever os eventos que levaram ao seu retorno triunfante. Felizmente, nesse aspecto, ele era um mestre.

Distraído por esses pensamentos, ele nem percebeu o tempo passar. Logo, eles já estavam se aproximando do chão.

Pouco antes de pular na lama preta e macia, Nephis olhou para Sunny e disse:

“Mantenha-se vigilante.”

Ela não precisava lembrá-lo. Sunny sabia que a reta final era frequentemente a mais perigosa – principalmente porque era natural que as pessoas se permitissem relaxar nesses momentos, acreditando falsamente que o pior já havia ficado para trás. Inúmeros Despertos pereceram tragicamente com seu objetivo já à vista.

Ele não planejava se tornar um deles.

Sunny abaixou Cassie com cuidado, observou Neph ajudá-la a sair do laço de corda e pulou. Ele aterrissou no chão com uma rolada ágil, pulou imediatamente para os pés e estendeu uma mão, pronto para invocar o Fragmento da Meia-Noite num piscar de olhos.

No entanto, nada estava tentando matá-los.

Sunny e Nephis trocaram olhares tensos e caminharam lentamente para a frente.

A cada minuto, o distante muro cinza ficava mais próximo.

Em algum momento, Sunny fez um gesto para Estrela da Mudança parar e se virou, curioso para dar uma olhada na estátua cuja mão os havia salvado de afogar nas profundezas escuras do mar amaldiçoado.

Lá na encosta da colossal cratera, ligeiramente inclinada para o lado, uma estátua gigante de uma mulher esbelta vestida com um manto leve e fluido se erguia sobre a lama negra. Ela era adorável e graciosa, com uma cintura fina e braços delicados estendidos para os céus, como se tentasse abraçá-los.

Pelo menos era assim que ela parecia ter sido uma vez, há muito tempo. Agora, um dos braços estava quebrado, restando apenas o ombro no lugar. Felizmente, o outro ainda estava lá e serviu como um refúgio seguro para os três Adormecidos em seu momento de desespero.

Assim como Sunny esperava, havia sete estrelas brilhantes esculpidas na superfície de pedra de seu manto.

O que mais despertou sua curiosidade, porém, foi o fato de que, assim como o cavaleiro gigante, a mulher graciosa parecia estar sem cabeça. Mais uma vez, Sunny se perguntou se esses titãs de pedra foram criados sem rostos desde o início, ou se algo os decapitou muito depois, num acesso de fúria destrutiva.

‘…sete cabeças decepadas guardando sete selos,’ ele pensou, lembrando-se da assustadora visão de Cassie.

O mistério dessa visão era extremamente sedutor. No entanto, parecia que estava destinado a permanecer sem solução – Sunny duvidava que algum dia voltaria a este lugar amaldiçoado depois de retornar ao mundo real.

Havia muitas regiões no Reino dos Sonhos, e quase todas eram muito melhores do que a infernal Costa Esquecida.

‘Que se dane tudo isso!’

Enviando silenciosa gratidão à estátua que havia salvado suas vidas, Sunny virou-se e seguiu para oeste.

…Quando se aproximaram da seção da encosta que era quase vertical, algo perigoso finalmente aconteceu. Logo quando Sunny estava prestes a pisar em uma pedra larga enterrada na lama, a pedra de repente se moveu e rolou para o lado.

Um rugido terrível ecoou pelo vasto vazio da colossal cratera, fazendo-o estremecer de medo.

Temeu que algo estivesse rastejando de debaixo do solo, Sunny pulou para trás e invocou sua espada. Ao seu lado, Nephis fazia o mesmo, enquanto Cassie se afastava rapidamente para não atrapalhar.

…No entanto, não havia nada se movendo na lama. Nenhuma besta gigante se ergueu para devorar sua carne, nenhuma abominação horripilante estendeu seus membros para puxá-los para o subsolo em suas mandíbulas.

Então… o que causou aquele rugido terrível?

Logo quando Sunny estava tentando entender o que estava acontecendo, uma dor aguda atingiu sua perna direita. Olhando para baixo, ele viu… ele viu…

A maldita pedra estava mordendo sua canela!

A pedra, que se revelou ser uma bizarra Criatura do Pesadelo, revelou uma boca cheia de dentes longos e afiados em sua superfície. Ela rolou desajeitadamente algumas vezes para alcançar Sunny e tentou cravar suas presas em sua carne macia.

Poderia ter arrancado a perna de Sunny, mas, felizmente, a bota de couro do Manto do Titereiro mostrou-se resistente demais para as mandíbulas da pedra. Então, ela apenas mastigava o couro com um ressentimento impotente.

A situação era dolorosa, mas de forma alguma perigosa.

Sunny encarou a pedra, depois levantou a cabeça e olhou para Nephis com perplexidade. Sua expressão era tão indiferente como sempre, mas depois de todo o tempo que passaram juntos, ele conseguiu reconhecer um tipo semelhante de diversão estampado em seu rosto.

“Uh…”

Sunny tensionou os músculos, levantou a perna presa no ar e a sacudiu algumas vezes, tentando fazer a estúpida pedra voar.

No entanto, o estranho monstro era realmente teimoso. Com outro rugido ensurdecedor, dobrou suas tentativas de roer a canela de Sunny, seus dentes de pedra prestes a se quebrarem com toda a pressão exercida sobre eles.

‘Que coisa patética. A única esperança de me matar é se eu morrer de irritação’, pensou Sunny com uma carranca confusa.

Como uma Criatura do Pesadelo como essa poderia existir?!

‘Acho que existem perdedores até mesmo entre eles, hein?’

Sacudindo a cabeça, Sunny permitiu que a sombra se enrolasse ao redor do Fragmento da Meia-Noite e trouxe a ponta da lâmina com toda a força que tinha sobre a pedra faminta.

A tachi encontrou alguma resistência, mas conseguiu perfurar e quebrar o corpo de pedra do monstro no final.

A bizarra criatura morreu ainda tentando dar uma mordida em Sunny, desafiadora até o fim.

Quando os restos estilhaçados da pedra caíram na lama, a voz do Feitiço sussurrou:

[Você derrotou um monstro desperto, Pedra Rolante.]

[Sua sombra fica mais forte.]

[Você rec…]

Vendo uma expressão estranha no rosto de Sunny, Nephis perguntou:

“O que houve?”

Ele olhou para ela e piscou algumas vezes.

“Ah… Acabei de receber uma Memória.”

Estrela da Mudança ergueu a sobrancelha e disse em um tom elevado:

“Isso é ótimo. Que tipo de Memória?”

Sunny coçou a cabeça, hesitou e então respondeu:

“Ah. É uma… pedra? Uma pedra comum…”


Considere fazer uma Doação e contribua para que o site permaneça ativo, acesse a Página de Doação.

Comentários

4.9 16 votos
Avalie!
Se Inscrever
Notificar de
guest
3 Comentários
Mais recente
Mais Antigo Mais votado
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Hirusakichan
Visitante
Hirusakichan
5 dias atrás

Adota a preda

MolartD
Membro
Molart
25 dias atrás

A Neph é muito kuudere mesmo kk

Nonno
Membro
Nonno
8 meses atrás

é o pedro
obg pelo cap

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar