Switch Mode
Participe do nosso grupo no Telegram https://t.me/+hWBjSu3JuOE2NDQx
Considere fazer uma Doação e contribua para que o site permaneça ativo, acesse a Página de Doação.

Shadow Slave – Capítulo  13

Momento da Verdade

Traduzido usando o ChatGPT



O sorriso congelou no rosto de Hero. Ele abaixou a cabeça, como se envergonhado. Depois de um minuto ou mais passar, envolto em um pesado silêncio, ele finalmente respondeu.

“Sim. Eu pensei que se eu fizesse isso quando você estivesse dormindo, você não teria que sofrer.”

Invisível para ele, um sorriso amargo apareceu no rosto de Sunny.

Um longo suspiro escapou dos lábios do jovem soldado. Ele descansou as costas contra a parede da caverna, ainda sem olhar para cima.

“Eu não espero que você me perdoe. Este pecado, também, será meu para carregar. Mas, por favor, se você puder… encontre em seu coração a capacidade de entender. Se as coisas fossem diferentes, eu teria enfrentado aquele monstro para deixá-lo escapar. Mas minha vida… não pertence apenas a mim. Há um dever inescapável que eu jurei cumprir. Até que esteja feito, não posso me permitir morrer.”

Sunny riu.

“Vocês, pessoas… Olhe para você! Planejando me matar e ainda insistindo em ter uma boa desculpa. Como é conveniente! Eu realmente odeio hipócritas como vocês. Por que você não é honesto uma vez na vida? Não me dê essa merda… apenas diga! Vou matar você porque é fácil. Vou matar você porque quero sobreviver.”

Hero fechou os olhos, com o rosto cheio de tristeza.

“Desculpe. Eu sabia que você não seria capaz de entender.”

“O que há para entender?”

Sunny se inclinou para frente, a raiva correndo em suas veias.

“Diga-me. Por que eu tenho que morrer?”

O jovem soldado finalmente olhou para cima. Mesmo que ele não pudesse ver na escuridão, ele virou o rosto na direção da voz de Sunny.

“Aquele homem era um vilão… mas ele também estava certo. O cheiro de sangue é muito forte em você. Vai atrair a besta.”

“Você pode me deixar ir, sabe. Vamos nos separar. Depois disso, se o monstro me encontrar ou não, não será mais seu problema.”

Hero balançou a cabeça.

“Morrer na boca daquela criatura… é um destino muito cruel. É melhor se eu fizer isso sozinho. Afinal, você é minha responsabilidade.”

“Que nobre de sua parte.”

Sunny recuou, abatido. Depois de um curto tempo, ele disse calmamente:

“Sabe… quando cheguei aqui, eu estava pronto para morrer. Afinal, neste mundo inteiro – na verdade, em dois mundos – não há uma única alma que se importe se eu vivo ou morro. Quando eu partir, ninguém ficará triste. Ninguém sequer lembrará que eu existi.”

Havia um olhar desolado em seu rosto. Um momento depois, no entanto, desapareceu, substituído pela alegria.

“Mas então eu mudei de ideia. Em algum lugar ao longo do caminho, decidi sobreviver. Eu devo sobreviver, não importa o quê.”

Hero olhou para ele pensativamente.

“Para viver uma vida digna de ser lembrada?”

Sunny sorriu. Um brilho escuro apareceu em seus olhos.

“Não. Para irritar todos vocês.”

O jovem soldado ficou em silêncio por alguns momentos e depois acenou, aceitando a resposta. Ele se levantou.

“Não se preocupe. Vou fazer isso rápido.”

“Você não está excessivamente confiante? O que faz você pensar que conseguirá me matar? Talvez eu mate você.”

Hero balançou a cabeça.

“Duvidei disso.”

… Mas no segundo seguinte, ele cambaleou e caiu de joelhos. O rosto do jovem ficou mortalmente pálido e, com um gemido de dor, ele vomitou sangue.

Um sorriso satisfeito apareceu no rosto de Sunny.

“Finalmente.”


“Finalmente.”

Hero estava ajoelhado, a parte inferior do rosto coberta de sangue. Atônito, ele olhava para as mãos, tentando entender o que havia acontecido com ele.

“O que… que magia é essa?”

Com olhos arregalados e um rosto pálido, ele se virou para Sunny.

“Aquele ladrão estava certo? Você colocou a maldição do Deus das Sombras em nós?”

Sunny suspirou.

“Eu gostaria de ter a habilidade de lançar maldições divinas, mas não. Para dizer a verdade, eu não tenho habilidades nenhumas.”

“Então… como?”

O jovem escravo deu de ombros.

“Por isso eu os envenenei.”

Hero estremeceu, tentando compreender suas palavras.

“O quê?”

“Depois que o tirano atacou pela primeira vez, você me enviou para procurar água. Enquanto recolhia odres dos soldados mortos, eu espremi suco de Bloodbane em cada um deles – exceto no meu, é claro. Não o suficiente para sentir o gosto, mas o suficiente para matar lentamente quem bebesse.”

O soldado rangeu os dentes, lutando contra a dor. Uma súbita compreensão apareceu em seu rosto.

“Então é por isso… os outros dois estavam em tão má forma.”

Sunny acenou com a cabeça.

“Shifty bebeu mais, então sua condição piorou mais rapidamente. Scholar também não duraria muito tempo, mas você o eliminou antes que o veneno pudesse agir. Você, no entanto… era como se o Bloodbane não tivesse efeito algum em você. Eu estava realmente começando a ficar preocupado.”

O rosto de Hero escureceu.

“Entendi… agora compreendo.”

Ele pensou em algo, depois olhou para Sunny com surpresa.

“Mas… naquela época você não sabia… que iríamos trair você.”

Sunny apenas riu.

“Ah, por favor. Era óbvio. Shifty era o tipo de homem que mataria por um par de botas. Scholar era como um lobo em pele de cordeiro. As pessoas são egoístas e cruéis nas melhores situações – eu deveria ter acreditado que esses dois não fariam algo terrível comigo quando confrontados com a morte certa?”

Hero cuspiu mais sangue.

“Então… e eu?”

“Você?” Uma expressão desdenhosa apareceu no rosto de Sunny. “Você é o pior deles.”

“Por quê?”

Sunny olhou para ele e se inclinou para frente.

“Eu posso não ter aprendido muito na minha curta vida, mas sei uma coisa”, disse ele, com todas as marcas de humor desaparecendo de sua voz.

Agora havia apenas desprezo frio e insensível. O rosto de Sunny endureceu quando ele cuspiu:

“Não há nada mais patético do que um escravo que começa a confiar em seu senhor.”

Ao ouvir essas palavras, Hero baixou a cabeça.

“Entendi.”

Então, de repente, ele riu.

“Você… você é um maldito pequeno desgraçado, não é?”

Sunny revirou os olhos.

“Não há necessidade de ser rude.”

Mas Hero não estava ouvindo.

“Bom. Isso é bom. Minha consciência estará mais limpa.”

O jovem escravo suspirou de irritação.

“O que você está murmurando? Morra logo.”

Hero riu e repentinamente o encarou. De alguma forma, ele não parecia mais doente.

“Você vê, esse plano teria funcionado se eu fosse um humano normal. Mas, infelizmente, meu Núcleo da Alma despertou há muito tempo. Eu matei inimigos incontáveis e absorvi seu poder. O veneno Bloodbane, desagradável como possa ser, nunca pode me matar.”

‘Merda!’

Sunny se virou e tentou fugir, mas já era tarde demais. Algo o atingiu nas costas, fazendo com que seu corpo colidisse com a parede de rocha. Com um grito, ele sentiu uma dor aguda perfurando seu lado esquerdo. Rolando para fora da caverna, Sunny segurou o peito, se levantou e correu, tentando escapar do estreito vão.

Ele conseguiu alcançar o antigo caminho, finalmente podendo ver as estrelas e a lua pálida brilhando intensamente no céu noturno. Mas era tão longe quanto ele conseguiu chegar.

“Pare.”

Enquanto a voz fria soava atrás dele, Sunny congelou. Se Hero realmente tivesse um Núcleo da Alma Desperto, ele não tinha chances de escapar dele. Em uma luta, ele não tinha chances de jeito nenhum.

“Vire-se.”

O jovem escravo obedientemente se virou, segurando as mãos para cima. Ele olhou para Hero, que estava limpando o sangue do rosto com uma expressão descontente nos olhos. Os dois se encararam, tremendo no frio assassino.

“Valeu a pena? Não importa. Apesar de tudo, eu vou cumprir minha promessa. Vou fazer isso rapidamente.”

O soldado desembainhou sua espada.

“Você tem alguma última palavra?”

Sunny não respondeu.

No entanto, um pequeno sino prateado apareceu de repente em sua mão.

Hero franziu a testa.

“Onde você estava escondendo isso?”

Sunny sacudiu o sino. Um belo som claro fluiu pela montanha, preenchendo a noite com uma melodia encantadora.

“O que você está fazendo?! Pare!”

O jovem escravo parou obedientemente.

“O que foi…”

Bem debaixo dos olhos perplexos de Hero, o sino prateado desapareceu no ar. Ele olhou para Sunny, confuso e desconfiado.

“Diga-me! O que você acabou de fazer?”

Mas Sunny não respondeu. Na verdade, ele não tinha dito uma única palavra desde que escapou da caverna. Agora, ele nem sequer estava respirando.

Hero, por outro lado, continuou a falar.

“Me diga agora mesmo ou você irá se arrepender.”

Ele franzia o cenho.

“Por que você não está dizendo nada?”

O menino tremendo apenas o encarou, completamente em silêncio.

Não… ele estava encarando a escuridão atrás de Hero.

Os olhos de Hero se arregalaram.

“O que…”


Comentários

5 8 votos
Avalie!
Se Inscrever
Notificar de
guest
13 Comentários
Mais recente
Mais Antigo Mais votado
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Roberto alstenyo (Leitor_supremo)
Membro
Roberto alstenyo (Leitor_supremo)
1 mês atrás

Que cara bom se jogasse rocket league ia ser ssl igual a mim

Italo
Visitante
Italo
1 mês atrás

Cara minha primeira vez lendo isso aqui, eu eu ACHO que ele usou o sino pra atrair o monstro, obviamente, mas o bonitão disse que ele não consegue sentir a presença do mlk como se ele fosse a escuridão, então o monstro vai comer o outro, lá ele, e o mlk vai ficar na moita até sla ele querer sair. Tô triste que simpatizei com o gostosão mas né fazer oque é a vida

Roberto CarlosD
Membro
Roberto Carlos
2 meses atrás

o bicho é brabo, mora!?

SunnyD
Membro
Sunny
2 meses atrás

Kkkk muito fdp

LloydD
Membro
Lloyd
2 meses atrás

Frio e calculista?
Eu goxxxxtummm
Prefiro MC’s assim, que não deixam as pessoas pisarem neles. Pelo pouco que eu li já está no meu top 5 de melhores prontas que eu já encontrei em 10 anos nessa industrial vital.

Lordemongrel00
Membro
Lordemongrel00
3 meses atrás

Cara sinseramente o sunles com base no que ele viveu desde da infância o moldou a mentalidade dele, ele já tinha premeditado que os três iria trair ele e com base nisso ele já tinha tudo planejado para matar eles. O shifty era o mais previsível, ela iria trair por um par de botas, scholar era mais imprevisível com a sua “personalidade gentil” mais que no fim era um lobo em pele de cordeiro. Já o nobre e justo Hero, era o mais óbvio. no início mostrou gentileza ao oferecer água para o sunles, depois o libertou das corretes que o prendiam, e em seguida matou scholar por motivos de justiça por outros crimes dele, mais isso tudo só provou ser um hipócrita duas caras. Assim como sunles disse. “Não há nada mais patético do que um escravo que começa a confiar em seu senhor.”

Danilo
Membro
Danilo
3 meses atrás

O MC que não tem nada mas é inteligente, gostei

Um serD
Membro
Um ser
4 meses atrás

O protagonista frio e calculista

Lando
Visitante
Lando
5 meses atrás

Caboco muito inteligente slc

Nonno
Membro
Nonno
6 meses atrás

Aqui fecha com chave de ouro a personalidade do mc… incrível dms

Obg pelo cap

Rauan
Membro
Rauan
7 meses atrás

O cara e muito estrategista
Mano eu pensei que eles só iriam se separar kkkk

Eduardo
Visitante
Eduardo
8 meses atrás

Gostei do protagonista parece ser dos.fodas😐

CultivadorCelestial777D
Membro
CultivadorCelestial777
9 meses atrás

Krlll, muito foda

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar