Switch Mode
Participe do nosso grupo no Telegram https://t.me/+hWBjSu3JuOE2NDQx

Shadow Slave – Capítulo  1306

Caminhos da Ascensão

Traduzido usando o ChatGPT



Sunny não conseguia realmente tratar Ananke com os alimentos básicos da culinária do mundo desperto, já que ele não tinha os ingredientes. Ele nem mesmo conseguia cozinhar os poucos pratos clássicos militares, que eram principalmente baseados no uso de rações sintéticas de maneiras inventivas.

No entanto, ele e Nephis ainda conseguiram fazer uma refeição deliciosa – eles eram Despertos, afinal, e os Despertos eram mestres supremos em transformar carne de monstro em todo tipo de prato delicioso.

Na verdade, a culinária dos Despertos era tão variada quanto seus ingredientes básicos eram limitados. Havia algumas habilidades fundamentais ensinadas a todos, mas cada Cidadela e região do Reino dos Sonhos adicionava seu próprio sabor à tradição. Então, cada cozinheiro Desperto era, em certo sentido, único.

Pegue Sunny, por exemplo… suas habilidades fundamentais haviam sido ensinadas a ele pelo Professor Julius. Como o Professor Julius estava ancorado em Bastion, a culinária de Sunny adquiriu um toque da tradição de Bastion. Mais tarde, foi influenciada pelo sabor transmitido a Nephis pelo clã da Chama Imortal e assimilou os hábitos improvisados dos Adormecidos da Cidade Sombria.

Depois disso, ele absorveu a tradição local das Ilhas Acorrentadas, além de aprender isso e aquilo com os Despertos do governo na Antártica. Como não havia outro Desperto cujas habilidades culinárias fossem resultado dessa combinação exata de influências, o sabor da culinária de Sunny era único.

…Em breve, a câmara estava cheia de um cheiro delicioso. A refeição que eles prepararam não era a mais impressionante visualmente, mas seu aroma era tentador. A carne tinha exatamente a quantidade certa de crosta por fora, enquanto por dentro estava suculenta e úmida. Ela havia absorvido os temperos e o calor das brasas, ficando macia o suficiente para derreter na boca.

Ainda assim, não parecia muito bonita… Os Despertos não se importavam muito com a apresentação, já que suas refeições geralmente eram comidas às pressas enquanto mantinham um olho nos abominações espreitadoras.

Pelo menos havia alguns acompanhamentos.

Ananke provou o prato apresentado a ela com cautela diligentemente escondida, mas então seus olhos se arregalaram ligeiramente. Lançando um rápido olhar para Sunny e Nephis, ela hesitou por alguns momentos e depois atacou sua comida como uma loba faminta.

Sunny sorriu.

‘Isso é melhor…’

Estava muito longe do começo de sua jornada juntos, quando ele teve que forçá-la a comer até mesmo uma única tortinha pequena. O apetite da velha mulher não estava mais preocupando-o.

‘Isso dito… por que ela ficou tão surpresa? Hã? Eu não pareço um cara que pode superar todos os malditos cozinheiros por aí?’

Sunny fez uma careta.

Bem… talvez fosse porque ele ficava por aí se gabando de como havia comido apenas carne podre de mímico por um mês. Era justo as pessoas duvidarem de seu paladar depois de ouvirem tais coisas. Mesmo assim…

‘Melhor eu fazer com que Aiko faça as promoções quando eu abrir meu restaurante. E, uh… talvez escrever um guia sobre o que devo e não devo dizer…’

Ele poderia ter a loja e o restaurante no mesmo prédio. Os clientes viriam para procurar as Memórias e depois fazer uma refeição para comemorar a compra. E ele receberia dinheiro pelos dois!

Rindo, Sunny se concentrou em sua própria porção.

Em breve, eles terminaram o jantar e se prepararam para descansar. A Casa da Partida consistia no salão cerimonial principal, vários salões menores e uma dispersão de quartos para os que partiam e seus entes queridos dormirem antes de dizerem os últimos adeus.

Então, Sunny e Nephis iriam desfrutar de dormir em camas de verdade esta noite, pela primeira vez desde que deixaram a capital do cerco para participar da Batalha da Caveira Negra.

Antes disso, no entanto, os três permaneceram ao redor da mesa, bebendo chá e apreciando seu calor reconfortante.

Apesar da natureza solene de seus arredores, a atmosfera era leve e animada. Era difícil não desfrutar dos simples confortos depois de passar meses na natureza selvagem.

Talvez fosse esse clima descontraído que levou Sunny a fazer a pergunta que ele estava hesitando em fazer há um tempo. Colocando sua xícara de chá na mesa, ele olhou para a velha mulher e perguntou:

“Ananke… posso perguntar qual é o seu Rank?”

Ela olhou para ele curiosamente.

“Meu Rank? Bem, é claro… Eu alcancei a Transcendência não faz muito tempo, meu Senhor.”

Sunny assentiu lentamente. Inicialmente, ele suspeitava que Ananke era um ser de poder muito maior, mas depois de conhecê-la e aprender sobre o destino de Weave, sua impressão mudou.

Era um pouco estranho conhecer um Desperto que tinha duzentos anos de idade, mas era apenas tão poderoso quanto alguém como o Santa Tyris… sem contar os Senhores Imortais das Correntes. A Magia havia descido para o mundo desperto apenas meio século atrás, afinal, mas já havia Santos e Soberanos.

No entanto, fazia sentido… os habitantes originais do Grande Reino não foram amaldiçoados com um professor tão cruel quanto a Magia do Pesadelo. Eles não se beneficiaram de sua orientação impiedosa e da necessidade letal de ascender ou morrer.

Mesmo Ananke, que era uma sacerdotisa da Magia e agraciada com alguns de seus poderes, não sabia nada sobre Pesadelos.

Sem os Pesadelos… como os humanos antigos despertaram, afinal?

Isso era algo que Sunny estava curioso há muito tempo. Na verdade, ele sabia muito pouco sobre como os antigos Despertos faziam qualquer coisa sem a Magia.

Ele se inclinou um pouco para a frente e perguntou, sua voz cheia de curiosidade:

“Como alguém se torna Transcendente?”

Ananke olhou para ele surpresa.

“Você não sabe, meu Senhor?”

Sunny balançou a cabeça.

“Eu sei, é claro, como alguém pode se tornar Transcendente – no futuro, quando a Magia do Pesadelo controlar todos esses assuntos. Mas eu não sei como as pessoas se tornaram mais poderosas antes.”

Nephis também ficou atenta.

A velha mulher sorriu, hesitou por um momento e depois disse pensativa:

“…Embora meu conhecimento seja limitado, vou tentar explicar da melhor maneira possível. Vamos ver… o primeiro passo é, é claro, Despertar. Para Despertar, alguém deve ganhar controle sobre sua essência da alma e usar esse controle para formar o núcleo da alma.”

Sunny piscou.

“…Nessa ordem?”

Ananke não parecia entender a pergunta.

“Naturalmente. Como alguém formaria o núcleo sem ser capaz de controlar a essência? É como tentar construir um prédio sem tijolos. Existem algumas criaturas poderosas que nascem com seus núcleos da alma já formados, é claro, e precisam aprender a mover sua essência à medida que amadurecem. Mas a maioria nasce Dormente, como nós humanos.”

Ela pausou por um momento.

“Aprender a controlar a essência é a parte mais difícil. Formar o núcleo leva tempo e esforço, mas desde que você tenha o conhecimento, o sucesso é quase garantido. Bem… alguns ainda falham, é claro, e morrem depois que suas almas colapsam.”

Sunny e Nephis se olharam.

Então… os humanos antigos Despertaram na ordem inversa em comparação aos humanos modernos, que formavam seu núcleo da alma após o Primeiro Pesadelo e adquiriam a capacidade de controlar a essência depois de sobreviverem à primeira jornada ao Reino dos Sonhos. Foi assim que a Magia organizou as coisas.

‘Interessante.’

Nephis deu um gole em seu chá e perguntou, com um toque de curiosidade em sua voz:

“Então, como alguém aprende a controlar sua essência?”

Os Despertos do mundo desperto recebiam a capacidade de sentir sua essência da Magia. O conhecimento intuitivo de como controlá-la também era dado a eles… apenas levava tempo e prática para transformar esse controle em uma habilidade prática.

A maioria recebia esses dons depois de Despertar, enquanto Nephis teve que alcançar depois de se tornar uma Mestra.

Ananke pensou por alguns momentos.

“Não há… uma única maneira de ganhar controle sobre sua essência da alma. Na verdade, é uma experiência única para muitos. Alguns passam anos meditando e aperfeiçoando suas almas, eventualmente entrando em um estado de unidade entre mente e alma. Alguns se sintonizam com o mundo e obtêm informações sobre a natureza dos seres vivos, viajando de reino em reino. Alguns seguem os ensinamentos de grandes guerreiros e treinam seus corpos, se testando através de dificuldades e batalhas. Alguns até recebem epifanias repentinas em momentos de crise extrema sem nenhuma preparação.”

Ela hesitou por um momento.

“No entanto, há um caminho que qualquer um pode seguir – tanto o mais simples quanto o mais perigoso e vil.”

Sunny ergueu uma sobrancelha.

“E qual é esse caminho?”

Ananke suspirou.

“…É absorver a essência da alma que já Despertou. Através de matar aqueles que já despertaram e saquear seus fragmentos de alma.”

Seu rosto ficou sombrio.

“A essência Desperta já sabe como ser controlada, então, quando é misturada com a essência dos seres Dormentes, ela mudará essa essência… um pouco. Absorva o suficiente dela e sua essência também vai Despertar. As coisas eram simples durante a Era dos Heróis, quando muitos Corrompidos rondavam os reinos, e os humanos tinham que lutar contra eles para sobreviver. Mas à medida que as eras mudavam e havia menos monstros para matar… alguns humanos e nobres criaturas começaram a se matar uns aos outros, ao invés disso.”


Considere fazer uma Doação e contribua para que o site permaneça ativo, acesse a Página de Doação.

Comentários

4.5 2 votos
Avalie!
Se Inscrever
Notificar de
guest
1 Comentário
Mais recente
Mais Antigo Mais votado
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Leywin
Membro
Leywin
8 horas atrás

Ih rapaz, se ela soubesse como é o futuro…

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar