Switch Mode
Participe do nosso grupo no Telegram https://t.me/+hWBjSu3JuOE2NDQx

Shadow Slave – Capítulo  1307

Antes do Feitiço do Pesadelo

Traduzido usando o ChatGPT



A velha senhora ficou em silêncio. Sunny e Nephis também estavam sombrios. Era muito fácil imaginar os atos vis que aqueles que cobiçavam poder poderiam cometer em um mundo que recompensava o assassinato com força.

Na verdade, a mesma vilania poderia ter consumido o mundo desperto, onde absorver a essência de humanos mortos era mais fácil do que caçar incontáveis Criaturas dos Pesadelos. Se não fosse pelo governo e pessoas como Jet, que mantinham a ordem e reprimiam o lado mais sombrio da sociedade Desperta com mão de ferro, as coisas teriam se tornado sombrias há muito tempo.

Os clãs de Legado também desempenhavam seu papel, impedindo que os enclaves humanos no Reino dos Sonhos se transformassem em anarquia.

No final, Sunny suspirou e balançou a cabeça.

“Então… uma vez que sua essência da alma Desperta e você pode controlá-la, o próximo passo é trabalhar pacientemente na formação do núcleo da alma. O que acontece então?”

Ananke sorriu e apontou para o peito, onde o núcleo da alma de um humano geralmente está localizado.

“Acumulação de poder. A Ascensão é um passo de se elevar acima da própria natureza mortal, melhorando a qualidade de sua essência e também de seu corpo. Esse passo pode ser lento se alguém se aperfeiçoa naturalmente, ou rápido se alguém melhora sua essência absorvendo a essência de seres mais fortes. Quando a essência da alma atinge uma mudança qualitativa, o núcleo da alma se reformará e se tornará mais forte também. Claro, isso não acontecerá sem algum refinamento consciente.”

Sunny inclinou a cabeça.

“Uh… como alguém pode refinar sua essência, exatamente?”

Ananke riu.

“Não é algo que eu possa explicar em uma única conversa! Existem métodos e técnicas, cujo conhecimento foi acumulado ao longo de incontáveis gerações e é ensinado a discípulos ao longo de muitos anos. Mesmo assim, muito poucos conseguem ter sucesso. Ah… é claro, todos aqueles que têm sucesso precisam encontrar o caminho para seu Mar da Alma primeiro. Sem a capacidade de entrar no Mar da Alma, levaria muitas vidas para Ascender, mesmo com a melhor técnica de refinamento.”

Ela balançou a cabeça com um sorriso.

“Pelo menos é assim para nós humanos. Algumas das criaturas nobres têm seus próprios meios… elas podem possuir múltiplos núcleos da alma também e seguir o caminho da Ascensão de forma mais natural.”

Sunny piscou algumas vezes.

“Espere… as pessoas têm que aprender a entrar em seus Mares da Alma?”

A velha senhora assentiu com naturalidade.

“Claro. Isso… sem a orientação do Feitiço do Pesadelo. Tecelão nos deu, mortais, um presente que pode acelerar cada passo no caminho da Ascensão, incluindo a descoberta do próprio Mar da Alma.”

‘Isso é… inesperado.’

Todos assumiram que ser capaz de acessar o Mar da Alma era uma habilidade natural de todos os Despertos – incluindo os Adormecidos. Como se viu, isso era mais uma coisa que o Feitiço simplificou para os humanos do mundo desperto.

‘Implacável, incansável e… imensamente eficaz. É assim que o Feitiço é.’

Quanto mais Sunny aprendia sobre o Feitiço do Pesadelo, mais ele percebia o quão engenhoso e cruelmente eficaz ele era em ajudar… não, forçar as pessoas a se tornarem mais fortes, mais fortes, e ainda mais fortes – até que elas se elevassem o mais alto possível e além disso, ou morressem.

Com que propósito, ele não sabia.

Nephis suspirou.

“E a Transcendência?”

Ananke assentiu.

“A Transcendência é diferente. Não se trata apenas de acumulação… é um passo de transformação profunda, onde um mortal assume as primeiras qualidades do divino. A essência da alma tem que se tornar muito mais potente, o núcleo da alma tem que se tornar muito mais volumoso. Mais importante ainda, um Desperto tem que se tornar uno com o mundo e ser reconhecido por ele. Sua alma tem que ser… expandida além das fronteiras do corpo e fundida, em pequena medida, com o mundo. É… difícil de explicar com palavras, me perdoem.”

Sunny inclinou a cabeça, pensando. As palavras de Ananke soavam realmente vagas e esotéricas, mas ele sentia que entendia o que ela estava dizendo.

Era como quando a Santa Tyris apareceu e a luz do sol parecia se mover um pouco, como se desejasse estar perto dela. O próprio mundo respondia ao Transcendente e, às vezes, se curvava à sua vontade.

Mas, por outro lado, também respondia a algumas pessoas abaixo do Rank Transcendente… como Nephis, ou Jet, ou o próprio Sunny.

Isso era… peculiar.

Ananke deu um gole no chá e acrescentou, sua voz animada:

“Claro, a conexão entre um Transcendente e o mundo não é abrangente. Pelo contrário, é uma conexão com um ou, muito raramente, vários aspectos do mundo… seja água, vento, sombra, luz ou algo completamente diferente. E, portanto, o passo mais importante que um humano Ascendido tem que dar para alcançar a Transcendência é despertar seu Aspecto.”

Sunny e Nephis se olharam confusos.

“Despertar seu Aspecto? O que você quer dizer?”

A velha senhora tossiu.

“Uh… mas é exatamente isso que eu quero dizer? Que alguém deve possuir um Aspecto para Transcender?”

Sunny massageou as têmporas.

“Espere… todos os Despertos possuem um Aspecto?”

Ananke riu.

“Claro que não! Todo humano Desperto possui o potencial para realizar um Aspecto, mas existem muitos que nunca o fazem. Talvez até a maioria. No entanto, quanto mais alto você sobe no caminho da Ascensão, mais difícil se torna avançar sem reivindicar seu Aspecto, assim como seu Defeito. É impossível Transcender sem eles.”

Aquela informação era realmente chocante. Nem Sunny nem Nephis conseguiam digerir rapidamente. Despertos sem Aspectos? Existia tal coisa?

Sunny tentou lembrar de todos os humanos com quem lutou nos Primeiro e Segundo Pesadelos. Todos eles mostraram Habilidades de Aspecto? Ele realmente não conseguia se lembrar… ou melhor, não conseguia dizer com base em suas memórias.

Nephis, por sua vez, franziu a testa e perguntou, com voz cheia de contemplação:

“Por que apenas os humanos possuem Aspectos? Por que as criaturas… criaturas nobres… não têm também?”

Para os humanos do mundo desperto, tudo o que não era humano era uma Criatura do Pesadelo. Mas, é claro, Sunny aprendeu há muito tempo que isso não era verdade. Havia humanos e havia criaturas – como a Santa original ou o Pesadelo.

Foi somente depois de sucumbirem à Corrupção que as “criaturas nobres”, como Ananke chamava tais seres, se tornaram abominações. O problema era que só havia humanos no mundo desperto, enquanto todas as criaturas no Reino dos Sonhos já estavam corrompidas. Por isso, o conceito de algo que não era humano, mas também não era abominável, era difícil de aceitar.

No entanto… nos tempos antigos, humanos e criaturas nobres viviam lado a lado. No entanto, a diferença entre eles era a mesma – os humanos só podiam subir de Rank, mas possuíam Aspectos, enquanto as criaturas nobres subiam tanto de Rank quanto de Classe, mas não tinham Aspectos próprios.

Então, a pergunta que Nephis fez era realmente interessante.

Ananke sorriu.

“Bem, é porque as criaturas nobres foram criadas pelos deuses, enquanto nós humanos não fomos.”

Sunny piscou.

‘Huh?’

Ele sabia que criar seres vivos era uma autoridade exclusiva dos deuses – o que tornava a façanha de Nether de criar a Santa e seu povo tão notável.

Agora, ele descobriu que todas as criaturas eram resultado dos deuses exercendo essa autoridade.

Mas o que Ananke queria dizer quando disse que os humanos não foram criados da mesma forma?

Percebendo a confusão deles, ela riu.

“Os humanos não foram criados por ninguém, e sim simplesmente surgiram da mesma substância da qual os deuses nasceram. É apenas que… se os deuses eram a chama, então nós humanos éramos pequenas faíscas que foram lançadas quando a fogueira estava se apagando. No entanto, viemos da mesma fonte. É por isso que todos os humanos possuem o potencial de se tornar divinos, assim como a habilidade de despertar um Aspecto. Por que o caminho da Ascensão está aberto para nós.”

Sunny franziu a testa.

‘Havia um vazio em constante mudança, onde o Desejo nasceu. Dele veio a Direção, e os deuses…’

Ele ainda não entendia realmente o significado dessas palavras misteriosas, mas se Ananke estava falando a verdade – e não apenas contando mitos infundados – os humanos também vieram do “Desejo” e da “Direção”, assim como os deuses.

Ele balançou a cabeça.

“Ok… eu posso entender isso. Mas por que você disse que não é apenas um Aspecto que é necessário para Transcender, mas também o Defeito?”

A velha senhora suspirou.

“Porque um não pode existir sem o outro. A imperfeição também é uma lei absoluta, assim como a morte… e, portanto, nada é perfeito. Mesmo o próprio mundo é falho. Mesmo os deuses, que nasceram perfeitos, não são mais perfeitos. E assim, nós humanos também somos falhos.”

Ela sorriu e acrescentou, com a voz calma:

“Mas isso é algo bom. Coisas sem falhas são perfeitas e, portanto, nunca podem melhorar. Nunca podem crescer. Eles só podem permanecer parados e imutáveis, o que não é diferente de estar morto. Ser falho é a essência da vida, meu Senhor e minha Senhora. Também é a essência do crescimento. Afinal, o que é a vida se não uma luta constante para crescer e melhorar?”


Considere fazer uma Doação e contribua para que o site permaneça ativo, acesse a Página de Doação.

Comentários

5 1 voto
Avalie!
Se Inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar