Switch Mode
Participe do nosso grupo no Telegram https://t.me/+hWBjSu3JuOE2NDQx

Shadow Slave – Capítulo  32

Fazendo Uma Escolha

Traduzido usando o ChatGPT



Com o estômago vazio e a cabeça cheia de pensamentos, Sunny voltou para o centro da plataforma e sentou-se. Depois de um tempo, ele chamou sua sombra e disse:

“Me acorde se algo acontecer.”

Então, ele fechou os olhos e tentou dormir. Sua consciência rapidamente escorregou para o doce abraço da escuridão, dando a Sunny um descanso muito necessário.

No meio da noite, no entanto, um impulso repentino o despertou. Sunny pulou da cama, sua mente grogue cheia de apreensão tensa. Ele tinha medo de que o dono do tentáculo gigante tivesse voltado para terminar o trabalho.

Ou talvez algum outro horror das profundezas tivesse sentido sua presença e decidido fazer um lanche de carne humana.

No entanto, o mar estava calmo e quieto. Ele não ouviu nenhuma anormalidade em torno da estátua do cavaleiro.

“O que é?” sussurrou Sunny, dirigindo-se à sombra.

A sombra apontou silenciosamente para uma direção específica.

Virando a cabeça, Sunny semicerrou os olhos. Ele rapidamente entendeu por que era uma boa ideia acordar. Caso contrário, ele não teria sido capaz de ver…

Lá fora, na distância, a alguns quilômetros de distância, uma pequena luz laranja estava brilhando na escuridão. Seus reflexos subiam e desciam com o movimento das ondas.

Estava muito longe para distinguir quaisquer detalhes, então Sunny apenas a olhou por um tempo. Logo, a luz desapareceu.

“Outros Adormecidos? Fenômeno natural? Ou algum monstro armando uma armadilha?”

Memórias de criaturas profundas e aterrorizantes vieram imediatamente à sua mente.

Abanando a cabeça, Sunny deitou-se novamente e tentou voltar a dormir. No entanto, desta vez o sono estava escapando dele. As dores da fome ainda não eram insuportáveis, mas estavam lentamente se tornando mais intensas. A sede, no entanto, era pior.

No final, ele permaneceu acordado até o sol nascer novamente, mandando o mar escuro recuar.


Assim que a manhã chegou, os monstros de pinças rastejaram de volta de seus esconderijos e correram para o gigantesco cadáver para continuar sua festa.

Sunny os observou por um tempo e depois caminhou para o lado oposto da plataforma para dar uma olhada na direção onde havia visto a luz misteriosa na noite anterior.

A uma considerável distância da estátua sem cabeça, cerca de cinco ou seis quilômetros de distância, o chão se elevava naturalmente e formava algo parecido com uma colina. No topo daquela colina, um pilar de coral especialmente massivo se erguia até o céu.

Pelo que parece, os galhos superiores daquele coral eram apenas altos o suficiente para ficarem acima da água à noite.

Várias ideias invadiram a cabeça de Sunny, mas no final, apenas duas perguntas eram realmente importantes.

Em primeiro lugar, ele seria capaz de encontrar o caminho pelo labirinto e cobrir essa distância durante o dia? E o mais importante, ele deveria mesmo tentar? Afinal, não havia indicação de que a fonte da misteriosa luz fosse algo benéfico, em oposição a algo terrível e mortal.

Não tendo informações suficientes para fazer uma escolha, Sunny voltou a estudar os monstros. No entanto, enviou sua sombra para investigar o labirinto o máximo que a habilidade Controle de Sombra permitisse, esperando mapear pelo menos o início do caminho que poderia potencialmente levá-lo até aquela colina.

Logicamente falando, ele estava tão seguro no topo da estátua sem cabeça quanto provavelmente poderia estar neste lugar estranho. O único problema era que ele iria morrer em breve por sede ou fome.

Ambos os problemas poderiam ser resolvidos se ele se aventurasse abaixo. Ele poderia dessalinizar a água do mar de várias maneiras ensinadas por Professor Julius, com materiais que estavam presentes praticamente em todos os lugares no Reino dos Sonhos. Ele também poderia preparar armadilhas e caçar um monstro de pinça para comer. Com seu tamanho enorme, apenas um deles seria suficiente para alimentá-lo por semanas.

Ele poderia facilmente ver uma rotina assim: caçar durante o dia, retornar à estátua ao se aproximar da noite. Provavelmente era sua escolha mais segura.

No entanto, esse modo de fazer as coisas faltava um elemento vital: o potencial de melhoria. Era adequado para manter Sunny vivo, mas não tinha como dar-lhe esperança. Se ele estivesse destinado a passar o resto de sua vida na pequena área ao redor da estátua sem cabeça, devorando monstros e tremendo à noite com medo de ser devorado por algo maior em troca…

Bem, ele preferiria apenas pular e acabar com isso agora.

Isso basicamente significava que a única escolha que restava para ele era tentar chegar à fonte da luz laranja. E se Sunny realmente estava tentando fazer isso, ele tinha que fazê-lo antes que os monstros de pinça terminassem de consumir a carcaça gigante.

Dessa forma, pelo menos o segmento do labirinto ao redor estaria livre deles.

Firme em sua escolha, Sunny decidiu deixar a estátua sem cabeça na manhã seguinte. Ele passaria o resto do dia explorando caminhos pelo labirinto e se preparando mentalmente.

Com isso, ele fechou os olhos e concentrou sua percepção na sombra em movimento.


Durante a noite, uma tempestade repentina desceu sobre o mar escuro. Sunny foi acordado pela sombra a tempo de se preparar para os ventos fortes e a chuva forte.

Normalmente, a chuva sempre o colocava de mau humor. Mas desta vez ele estava muito sedento para pensar em qualquer coisa, exceto água doce. Mantendo-se baixo para não ser jogado sobre a borda da plataforma, Sunny juntou as mãos e esperou até que ficassem cheias de água da chuva. Então ele levantou as mãos para a boca e bebeu avidamente.

Raios iluminavam tudo acima do mar agitado. Se alguém visse Sunny agora, teria notado um largo sorriso em seu rosto.

A tempestade continuou a rugir por várias horas. Sunny agachado no meio da plataforma, suportando sua fúria. Mais de uma vez, uma grande onda se chocou contra o pescoço do cavaleiro sem cabeça, ameaçando levá-lo embora. Mas Sunny se agarrou aos sulcos profundos na superfície de pedra da plataforma, grudando-se nela como cola.

Ao amanhecer, quando a tempestade finalmente se dissipou, todos os seus músculos doíam.

Mas não havia tempo a perder.

Assim que os monstros voltaram para a carcaça, com alguns retardatários rapidamente seguindo atrás, ele deslizou sobre a borda da plataforma e começou a descer com agilidade.

Sunny teve que agradecer novamente às aulas de Sobrevivência na Natureza, já que lhe ensinaram os fundamentos da escalada em rocha. O professor Julius era enfático em dar a seu aluno um curso intensivo em todas as possíveis formas de travessia. Além disso, Sunny já havia procurado o caminho ideal para descer e memorizado os melhores pontos para agarrar com a ajuda de sua sombra.

Logo, seus pés finalmente tocaram o chão.

Apesar do fato de deixar a segurança da estátua sem cabeça o colocar em considerável perigo, Sunny instantaneamente sentiu seu humor melhorando. Permanecer passivo nos últimos dias não combinava bem com sua personalidade. Agora, mesmo que seu plano acabasse em fracasso, pelo menos ele iria fracassar fazendo algo que havia decidido fazer.

Tentar e falhar era melhor do que não tentar nada.

A lama negra era profunda o suficiente para diminuir sua velocidade, mas não tanto quanto ele havia temido. Com alguma prática, Sunny logo foi capaz de caminhar em uma velocidade aceitável. Além disso, desde que se mantivesse nas sombras, seus passos eram leves e silenciosos, sem produzir sons de esmagamento na lama.

Ele seguiu em direção a um dos caminhos que supostamente o levariam à colina distante e entrou na sombra fresca do labirinto carmesim.

Imediatamente, uma sensação estranha envolveu sua mente. Era como se o mundo além do labirinto não existisse mais, e tudo o que restava eram seus caminhos escuros e sinuosos.

‘Isso parece quase interminável.’

Abanando a cabeça, Sunny enviou a sombra para explorar adiante, esperando ser notificado de qualquer perigo latente antecipadamente, e começou a avançar. Sua vida agora dependia se ele alcançaria a colina distante antes do pôr do sol.

Ele nem queria pensar no que aconteceria se ainda estivesse dentro do labirinto quando o mar escuro voltasse em uma inundação imparável.

A sombra avançou à sua frente, não encontrando obstáculos. Às vezes, ela subia alto para explorar a direção de diferentes caminhos, permitindo que Sunny escolhesse a rota mais otimizada na maioria das vezes. No entanto, ele ainda teve que voltar atrás uma distância considerável uma ou duas vezes, acabando em um beco sem saída ou em um caminho que levava na direção errada.

Apesar disso, tudo parecia estar indo bem.

Sunny até teve tempo para estudar cuidadosamente o interior do labirinto, notando mais detalhes de sua composição, bem como uma quantidade assustadora de ossos não reconhecíveis escondidos na lama sob seus pés.

Devido ao quão bem as coisas estavam indo, ele baixou um pouco a guarda. Sua arrogância também contribuiu – com seus extensos preparativos e controle habilidoso do Explorador das Sombras, Sunny subconscientemente se parabenizou e assumiu que tudo ficaria bem.

Foi por isso que, quando a lama diretamente à sua frente começou a se mover, ele foi um décimo de segundo tarde demais para reagir.

No momento seguinte, uma pinça enorme saiu do chão e rasgou o ar, ameaçando cortar seu corpo ao meio com um único golpe esmagador.


Considere fazer uma Doação e contribua para que o site permaneça ativo, acesse a Página de Doação.

Comentários

4.8 13 votos
Avalie!
Se Inscrever
Notificar de
guest
6 Comentários
Mais recente
Mais Antigo Mais votado
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Shiba WhiteD
Membro
Shiba White
27 dias atrás

Vai ir de Go Jo

Fang yuan
Membro
Fang yuan
29 dias atrás

E aq terminamos essa incrível obra q foi Shadow Slave, foi bom enquanto durou…

Última edição 29 dias atrás por Gu yue fang yan
MolartD
Membro
Molart
3 dias atrás
Resposta para  Fang yuan

F. 😅

LokinD
Membro
Lokin
1 mês atrás

nuossa, vai le passar a pinça

Sunny
Membro
Sunny
3 meses atrás

Qual será a transformação do Sunny quando ele virar santo? Todo mundo fala sombra, impressionante

Jupiter
Visitante
Jupiter
1 ano atrás

Deu mole maluco, mantenha-se atento, valeu pelo cap

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar