Switch Mode
Participe do nosso grupo no Telegram https://t.me/+hWBjSu3JuOE2NDQx

Shadow Slave – Capítulo  60

Cume Ósseo

Traduzido usando o ChatGPT



Naquela época, levou alguns segundos para ele perceber do que ela estava falando.

“A torre da sua visão? A que tem sete selos?”

Cassie concordou com a cabeça.

“Sim. No meu sonho, parecia ser tão alta quanto uma montanha. Eu podia até vê-la das muralhas do castelo humano, pairando à distância como uma lança carmesim atravessando os céus. Quando o sol se põe, a vasta sombra da Torre cai sobre o castelo e se estende para o leste, até onde os olhos podem ver.”

Ela ficou em silêncio por um momento e acrescentou:

“A sensação que tive ao olhar para o Pináculo Carmesim foi muito semelhante à que você descreveu, só que muito mais intensa.”

Sunny franziu a testa, tentando lembrar as palavras exatas que Cassie usara para descrever sua visão. Sete cabeças decepadas guardando sete selos… um anjo moribundo sendo devorado por sombras famintas… sentimento de terror extremo e perda…

Qual era o problema com aquele Pilar, afinal?

“Ele é carmesim porque é feito da mesma coisa que o labirinto?”

O “coral” carmesim ao redor deles, na verdade, não era coral. Era apenas como eles chamavam com base em alguma semelhança, por uma questão de simplicidade. A natureza real do estranho material permanecia um mistério.

Cassie hesitou.

“Talvez seja o contrário. Talvez o labirinto seja feito do mesmo material que o Pilar.”

Em outras palavras, o Pináculo Carmesim poderia ter sido a fonte de toda essa loucura. Ainda assim, era apenas uma teoria — havia pouca informação para confirmá-la.

No entanto, Sunny sentia que o Pilar estava, de uma forma ou de outra, no centro de tudo que encontraram. Ele apenas esperava que não fosse seu destino final.

Conhecendo o motivo de sua inquietação, Sunny conseguiu suportá-la muito melhor. Ele até encontrou um benefício oculto nessa situação — enquanto sentisse a sombra do Pináculo Carmesim, ele poderia apontar a direção para o castelo humano, já que estava situado em algum lugar entre a localização deles e a fonte da sombra.

Em certo sentido, o Pináculo Carmesim se tornou sua bússola interna.

“Preparem-se.”

A voz de Neph tirou Sunny de seu devaneio. Sacudindo os pensamentos distrativos, ele se concentrou na tarefa em questão.

Eles estavam se aproximando do Cume Ósseo.

Este nome veio às suas mentes assim que puseram os olhos neste marco imponente pela primeira vez. Era visível de uma distância considerável, contrastando fortemente com o coral carmesim e o céu cinza em todo o seu esplendor marfim.

O Cume Ósseo era, de fato, feito de ossos. Os restos esqueléticos de um monstro marinho colossal repousavam em um enorme monte de coral que crescia caoticamente, com sua coluna arqueada projetando-se especialmente alto acima do solo. Era impossível dizer como a aterradora criatura parecia enquanto ainda estava viva, mas uma coisa era certa — era gigantesca, mesmo para os padrões do mar sombrio.

Este não foi o primeiro esqueleto gigante que viram durante a jornada. Na verdade, o labirinto estava repleto de restos de leviatãs mortos, seus enormes ossos formando arcos naturais e palácios por todo o lugar. Eles eram fáceis de encontrar porque as formações de coral eram especialmente altas e densas em sua vizinhança, como se tentassem enterrar qualquer sinal de brancura no mar de carmesim.

Sunny, no entanto, tinha a impressão de que a situação era, na verdade, invertida. Para ele, parecia que o coral estava realmente crescendo a partir dos ossos antigos e se espalhando em todas as direções, consumindo lentamente o mundo. Quando olhava para os montes carmesins em torno dos restos colossais, não podia deixar de vê-los como rios de sangue antigo e solidificado.

Ele tinha quase certeza de que, se cavassem o suficiente na lama negra para encontrar as raízes da floresta carmesim, encontrariam apenas camadas intermináveis de ossos.

Que imagem assustadora.

Independentemente do que Sunny pensava sobre a natureza do labirinto, a besta cujos restos formavam o Cume Ósseo era especialmente grande. Graças a isso, uma parte de sua longa coluna era alta o suficiente para permanecer acima da água durante a noite. Foi por isso que escolheram como a próxima parada em sua jornada.

Com a noite se aproximando, a próxima tarefa era crucial. Eles precisavam escalar o leviatã morto e ter certeza de que nenhuma outra criatura havia decidido se abrigar em seus restos.

Se algo estivesse lá, eles não teriam outra escolha a não ser tentar matá-lo, já que não havia tempo para recuar até seu refúgio seguro anterior.

O último passo era frequentemente o mais arriscado.

Chegando à base do monte de coral, o grupo se moveu ao redor dele, procurando um caminho conveniente para cima. Eventualmente, eles chegaram diante do crânio rachado e deformado da criatura. Com a mandíbula inferior ausente ou enterrada na lama, a parte superior formava uma caverna vasta e cavernosa.

Sentindo calafrios percorrendo sua espinha, Sunny passou por baixo da aterrorizante paliçada de dentes e entrou na caverna. Com sua sombra liderando o caminho, seguiram até a parte de trás do crânio da criatura e logo adentraram o vasto espaço oco de sua coluna.

Dentro da coluna, a superfície óssea sob seus pés era tão larga quanto uma estrada. Na verdade, parecia muito com uma rodovia passando por um longo túnel, com feixes nítidos de luz caindo pelas lacunas entre as massivas vértebras. O túnel estava inclinado para cima, a maior parte de seu comprimento escondida atrás da curva do teto.

Quando o Eco entrou na coluna, suas pernas quitinosas produziram um estridente e ressoante barulho.

Nephis fez uma careta.

“Algum movimento?”

Sunny verificou com a sombra e balançou a cabeça.

Estrela da Mudança olhou para frente e abaixou levemente o queixo.

“Vamos prosseguir.”

Apesar de a sombra não ter percebido nenhum perigo, eles ainda invocaram suas espadas antes de seguir em frente. Não era a primeira vez que eram emboscados à beira da segurança.

Felizmente, suas precauções mostraram-se desnecessárias. Nada estava escondido dentro dos restos gigantescos, então eles conseguiram alcançar o ponto mais alto da coluna sem ter que abrir caminho através de um número desconhecido de monstros.

Quando chegaram ao local seguro, o sol já estava se pondo. O mar escuro retornava, enchendo o interior da coluna do monstro marinho com o som ecoante da água corrente. Sunny tirou as bolsas de sela do Eco e o dispensou, fazendo com que o acampamento parecesse instantaneamente mais espaçoso.

Todos os três estavam desesperadamente necessitados de um banho. Deixando as meninas sozinhas para dar a elas a oportunidade de se lavarem, Sunny caminhou um pouco para longe e sentou-se, deixando seu corpo cansado descansar.

Sua sombra retornou às partes mais baixas da coluna, observando a água escura e sombria subir lentamente e devorar a brancura do marfim. Ele tinha que ter certeza de que nada sairia da água no último minuto.

Com metade de sua mente ocupada em observar a maré crescente, a outra metade estava livre para divagar. Sunny invocou as runas e verificou o número de fragmentos de sombra em sua posse.

Fragmentos de Sombra: [96/1000].

Nada mal… ele tinha apenas doze no começo de tudo isso. Em menos de um mês, a quantidade aumentou dramaticamente. Ele estava mais forte e mais rápido agora. Ele também estava mais experiente.

No entanto, isso ainda o deixava muito inferior aos mais fracos Pesadelos das Criaturas da Costa Esquecida em termos de força física bruta, mesmo com a ajuda da sombra.

‘Quanto tempo até eu conseguir lutar com um carniceiro com as minhas próprias mãos?’

A resposta era bastante óbvia, para não mencionar extremamente decepcionante – isso só aconteceria depois que seu próprio Núcleo de Sombra despertasse, o que só poderia acontecer após retornar ao mundo real.

Sunny suspirou.

Logo, foi a vez dele de se lavar. Pegando a Garrafa de Água Infinita da revigorada e rosada Cassie, ele voltou ao seu local isolado e dispensou o Manto do Titereiro.

Uma brisa fria tocou sua pele pálida, fazendo Sunny estremecer. Ele olhou para baixo, balançando a cabeça diante da quantidade de sujeira, suor e sangue seco que cobria seu corpo.

Ser um Desperto não era a profissão mais limpa.

Enquanto se lavava, Nephis usou o tempo restante antes do anoitecer para acender uma fogueira e cozinhar um pouco de carne. Hoje em dia, eles até tinham sal para temperar. A princípio, a ideia de usar o sal do mar deixado pelo mar escuro não parecia muito atraente, mas depois de um tempo, eles se acostumaram com isso.

O sal deixava todas as refeições que faziam muito mais saborosas.

Eles comeram em silêncio, com muita fome e cansaço para conversar. Logo, era hora de dormir.

Sunny ficou com o primeiro turno, planejando encaixar algum treino de espada antes de chegar a sua vez de descansar. Passando pelas ações básicas do kata, ele dividiu sua mente em duas. Uma parte se concentrava nos movimentos de seu corpo, enquanto a outra, menor, observava a superfície da água negra por meio de sua sombra.

Na ausência de vento, o círculo escuro cobrindo a parte inferior da coluna estava estranhamente calmo. Esta foi a primeira vez que ele viu a água negra sem a ondulação constante das ondas, com a superfície estranhamente plana e absolutamente parada.

Parecia um espelho gigante, feito de pura esacuridão.

Era hipnotizante de uma forma antinatural. De repente, ele sentiu um forte desejo de se aproximar e olhar seu reflexo.

No entanto, Sunny não se moveu.

Ele estava aterrorizado com o que poderia olhar de volta.


Considere fazer uma Doação e contribua para que o site permaneça ativo, acesse a Página de Doação.

Comentários

4.9 14 votos
Avalie!
Se Inscrever
Notificar de
guest
10 Comentários
Mais recente
Mais Antigo Mais votado
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
GreyD
Membro
Grey
1 mês atrás

Deveras interessante

LokinD
Membro
Lokin
1 mês atrás

se olhar para o abismo por muito tempo ele olhara para vc de volta

Shiba WhiteD
Membro
Shiba White
26 dias atrás
Resposta para  Lokin

Eu ia escrever isso kkk

MolartD
Membro
Molart
1 dia atrás
Resposta para  Lokin

Droga
Roubou minha ideia

BLACK X
Membro
BLACK X
2 meses atrás

Slk

カイキ
Membro
カイキ
2 meses atrás

Será que a neph quem vai ser a dona dele?

Yago
Membro
Yago
1 mês atrás
Resposta para  カイキ

Eu tenho quase certeza e nunca li essa história.

Leitor
Visitante
Leitor
1 mês atrás
Resposta para  カイキ

Espero q nn, esta ideia é mt ruim pra nn dizer péssima
Ser escravo de alguém

Fang yuan
Membro
Fang yuan
27 dias atrás
Resposta para  カイキ

Se o autor quiser estragar a obra provavelmente, mas duvido um pouco q aconteça.

Última edição 27 dias atrás por Gu yue fang yan
Joãomateus 3110
Membro
Joãomateus 3110
4 meses atrás

Kkkkkkkk neste lugar tudo dá medo

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar